junho 2022
D S T Q Q S S
« maio    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: ‘Pandemia de Coronavírus’

Veja as principais manchetes dos jornais deste domingo (21)

A Tarde

Governo da Bahia abre 10 novos leitos de UTI no Hospital do Oeste

:: LEIA MAIS »

Veja as principais manchetes dos jornais deste sábado (20)

Imagem

A Tarde
Corpo do prefeito Herzem Gusmão chega a Vitória da Conquista neste sábado

:: LEIA MAIS »

Confirmado: Grávidas vacinadas contra Covid-19 estão gerando bebês com anticorpos pelo mundo

Um bebê nasceu com anticorpos contra a covid-19 na cidade de San Luis Potosí, no México. Segundo informações do jornal El País, semanas antes, a mãe do recém-nascido tinha tomado a vacina da Pfizer/BioNTech, já que trabalhava em um hospital como nutricionista. O médico e presidente da Faculdade de Ginecologia e Obstetrícia de San Luis Potosí, Heriberto Díaz de León, disse que tanto a mãe quanto o bebê estão bem de saúde. A mulher pediu para ser vacinada e recebeu a primeira dose da Pfizer com 32 semanas de gravidez.

Cinco semanas depois, a segunda dose foi injetada, sem causar complicações. No dia 5 de março, a gestante deu à luz seu bebê. Após examinar o recém-nascido, os médicos concluíram que ele já apresentava os anticorpos necessários para se proteger contra a infecção por coronavírus. “Este é o primeiro caso no México em que os anticorpos foram detectados pela análise do sangue periférico sete dias após o nascimento, sugerindo que são defesas produzidas pelo próprio bebê e não por anticorpos maternos”, disse Díaz de León em um comunicado. No México, mais de 10 mil mulheres grávidas foram infectadas com o vírus e 281 morreram da doença desde o início da pandemia.

O subsecretário de Saúde do país, Hugo López Gatell, indicou que se trata de um acontecimento “de pouca relevância científica”, uma vez que se espera que os anticorpos de uma mulher grávida passem para o seu bebê ainda no útero. Mesmo assim, ele explicou que o fato de a mãe e o bebê estarem bem “é uma experiência”, mas que “pode ??haver outros casos” e que não se sabe quanto tempo vai durar a proteção do bebê. “A experiência de outros anticorpos para outras doenças é que eles duram de quatro a seis meses e começam a se degradar naturalmente, então não estarão mais protegidos”, disse López Gatell.

O subsecretário afirmou ainda que os anticorpos são produzidos pelas células da mãe e não pelo bebê. A amamentação também contribui para a passagem de anticorpos, segundo López Gatell. Ele também disse que as gestantes ainda não fazem parte do plano de vacinação do México, pois as voluntárias grávidas não foram utilizadas nos primeiros ensaios clínicos. “Ela foi vacinada porque era trabalhadora de saúde, não porque estava grávida”, enfatizou López Gatell. “Os ensaios clínicos sobre a segurança de vacinas em mulheres grávidas não foram concluídos. Por questões éticas, em geral prefere-se não ter mulheres grávidas nos ensaios clínicos iniciais pelo mesmo motivo que os menores não participam ”, acrescentou.

Caso da Flórida (EUA)

Mês passado, foi registrado o primeiro bebê nascido com anticorpos contra a covid-19, depois de a mãe receber a vacina durante a gravidez. Um estudo relatando o caso foi publicado no medRvix. Pesquisadores da Universidade Atlântica da Flórida (EUA) acompanharam uma profissional de saúde que recebeu a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus na 36ª semana de gestação. Três semanas depois de ser imunizada, ela deu à luz a uma bebê saudável. No momento do parto, foram detectados anticorpos IgG no sangue do cordão umbilical. Esse tipo de anticorpo ajuda a defender o organismo da SARS-CoV-2.

“Conseguimos demonstrar que os anticorpos IgG do SARS-CoV-2 são detectáveis na amostra de sangue do cordão umbilical de um recém-nascido depois de uma só dose da vacina. Portanto, existe a possibilidade de proteção e redução do risco de infecção com a vacinação materna”, escreveram os autores. O estudo publicado ainda é preliminar, ou seja, não foi revisado. Por isso mesmo, os próprios cientistas alertam para a importância de estudar mais a fundo sobre a segurança da vacinação em pacientes grávidas e como os bebês podem se beneficiar da vacinação durante a gravidez. No caso analisado, a mãe recebeu a segunda dose da vacina depois de 28 dias da primeira injeção, quando o bebê já havia nascido. “A duração da proteção de anticorpos nessa população ainda não é conhecida e podemos usar medições seriadas de anticorpos para determinar em quanto tempo essa proteção é esperada. Isso pode ajudar a determinar o melhor momento para começar a vacinação nos recém-nascidos de mãe que receberam a vacina para a SARS-CoV-2”, finalizam.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Veja as principais manchetes dos jornais desta sexta-feira (19)

A Tarde

Bahia registra maior número de óbitos por Covid-19 em 24h

:: LEIA MAIS »

Veja as principais manchetes dos jornais desta quinta-feira (18)

A Tarde

Bahia registra o 130 mortes por Covid-19 nas últimas 24h

:: LEIA MAIS »

Veja as principais manchetes dos jornais desta quarta-feira (17)

A Tarde

Bahia registra 4.608 novos casos de Covid-19 e mais 118 óbitos pela doença

:: LEIA MAIS »

Veja as principais manchetes dos jornais desta terça-feira (16)

A Tarde

Bahia registra 1.163 novos casos de Covid-19 e mais 102 óbitos pela doença

:: LEIA MAIS »

Conquista: Homem morre por Coronavírus no Hospital de Base; mais de 500 pessoas ainda estão com o vírus ativo

Segundo o Boletim Epidemiológico divulgado hoje pela Secretaria Municipal de Saúde, Vitória da Conquista registrou cinco novos casos de Covid-19. O número de confirmados passou para 21.519.

Até o momento, 20.664 pessoas receberam alta do tratamento, 512 seguem em processo de recuperação – 47 internados em Vitória da Conquista, cinco em outros municípios e 460 em tratamento domiciliar. O município registrou ainda 343 óbitos por complicações causadas pela doença.

A Secretaria Municipal de Saúde investiga 3.719 casos. Além disso, o número de casos notificados é de 78.205, sendo que 15.023 foram descartados.

Neste domingo (14), foi confirmado o óbito de um paciente do município por complicações em decorrência da Covid.

343º óbito – Homem de 76 anos, morador do bairro Guarani, com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica. Foi internado no dia 6 de março no Hospital Geral de Vitória da Conquista, onde veio a óbito no dia 13.

Ocupação de Leitos – Neste momento, 97 pacientes estão internados em parte dos 148 leitos disponíveis (78 enfermarias e 70 leitos de UTI) na rede SUS para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus. Além de moradores de Vitória da Conquista, também estão internados residentes dos seguintes municípios:

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Conquista: 5 pessoas são presas por descumprirem o toque de recolher

A Polícia Militar divulgou um relatório sobre a atuação em Vitória da Conquista, no período correspondente à noite do último sábado (14) e o início da manhã deste domingo (15), horário em que está em vigor o toque de recolher.

Foram realizadas 73 orientações direta ao público e foram averiguadas 67 denúncias anônimas de descumprimento do decreto feitas pelo 190.

Também foram feitas 5 prisões em flagrante por descumprimento ao decreto e uma intervenção policial em situação de aglomeração de pessoas.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Urgente: Conquista registra mais 4 óbitos por coronavírus; confira os números

Vitória da Conquista registrou, até este sábado (13), o total de 21.514 casos confirmados da Covid-19. Destes, 20.664 estão recuperados e 508 continuam em recuperação – 41 internados em Vitória da Conquista, cinco internados em outros municípios e 462 em tratamento domiciliar. Desde o mês de março de 2020, 342 pessoas foram a óbito por complicações causadas pela doença.

No momento, são investigados outros 3.654 casos notificados com suspeita de Síndrome Gripal/Covid-19, que aguardam por classificação final (definição de caso como positivo, descartado ou Síndrome gripal não especificada).

A Secretaria de Saúde confirmou também, neste sábado (13), o óbito de quatro pacientes por complicações causadas pela Covid.

339º óbito – Homem de 74 anos, morador do bairro Alto Maron, portador Diabetes Mellitus, Hipertensão Arterial Sistêmica e Insuficiência Cardíaca Congestiva. Óbito ocorreu em 9 de março e estava em investigação.

340º óbito – Homem de 84 anos, morador do bairro Brasil, portador de Diabetes Mellitus e Hipertensão Arterial Sistêmica. Óbito ocorreu em 9 de março e estava em investigação.

341º óbito – Homem de 68 anos, morador do bairro Boa Vista, portador de Diabetes Mellitus e Hipertensão Arterial Sistêmica. Óbito ocorreu em 12 de março.

342º óbito – Mulher de 79 anos, moradora do bairro Renato Magalhães, portadora de Doença Cardiovascular e Hipertensão Arterial Sistêmica. Óbito ocorreu em 12 de março.

Ocupação de leitos – Hoje, 93 pacientes estão internados em parte dos 148 leitos disponíveis (78 enfermarias e 70 leitos de UTI) na rede SUS para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus. Além de moradores de Vitória da Conquista, também estão internados residentes dos seguintes municípios:

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »