Um trágico incidente abalou a tranquilidade de um condomínio residencial em Cidade Nova, Serrinha, na tarde desta segunda-feira (13). Um soldado da Polícia Militar, Bruno de Oliveira Mota, de 40 anos, protagonizou um ato de violência inimaginável ao tirar a vida de sua própria filha, uma criança de nove anos.

Segundo relatos preliminares, Bruno, que havia iniciado tratamento psicológico no mesmo dia, atirou contra a menina antes de tirar a própria vida. A comunidade local está em choque diante dessa tragédia incompreensível.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !
WhatsApp oficial 77 98838-2781 
Participe do nosso Grupo no WhatsApp
Siga nosso Instagram
Curta nossa Pagina no Facebook
Com Informações do Vitória da Conquista Notícias

Ainda envolta em perplexidade, a investigação policial busca esclarecer os motivos que levaram o policial a cometer tal ato e entender as circunstâncias que envolveram a ausência da mãe da criança no momento da tragédia. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado para realizar a perícia no local e os corpos foram encaminhados para necropsia, enquanto a Polícia Civil assume a condução das investigações para desvendar os detalhes desse lamentável episódio.

Compartilhe: