Alcançou grande repercussão a ação promovida pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) no sentido de conscientizar motoristas a não estacionar veículos nas vagas destinadas a pessoas com deficiência. Em oito vagas de estacionamento da Praça Barão do Rio Branco foram colocadas cadeiras de rodas com frases como “só vou ali”, “é rapidinho”, “volto já” e outras desculpas apresentadas por motoristas que não têm direito, mas acabam utilizando as vagas.

Segundo a secretária de Mobilidade Urbana, Tônia Rocha, o propósito da campanha é a humanização do trânsito, conscientizando as pessoas a se colocarem no lugar do outro. “Muitos ocupam indevidamente vagas, que precisam realmente ser respeitadas”, enfatizou. A população aprovou a campanha. Vendedor na praça Barão do Rio Branco, Elenito Gomes vê muitos motoristas ocupando as vagas indevidamente. “Isso é muito chato, principalmente quando a pessoa que têm direito a vaga precisa vir ao banco fazer prova de vida e não encontra lugar para parar”.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Fabrício Mota, que também trabalha nas proximidades sugeriu que a campanha fosse feita mais vezes. “Por mim colocavam cadeiras de roda em toda a praça pois é chato quando as pessoas fazem as coisas erradas”. Ao utilizar as vagas da zona azul destinadas a pessoa com deficiência, o motorista deve ter em mãos o cartão de estacionamento para deficiente. Para ter acesso ao cartão, o interessado deve se dirigir à sede da secretaria munido de cópias do documento de identificação, comprovante de residência e laudo médico com código CID-10. // Secom-PMVC.