Na medida em que a vacinação contra Covid-19 no município avança, a taxa de ocupação hospitalar com pacientes de Vitória da Conquista cai e chega perto de zero. Na semana passada, seis conquistenses estava internados nos leitos SUS dedicados a pacientes com Covid-19 e nenhum em UTI do município. Com a queda nas internações, o Hospital de Clínicas de Conquista (HCC), contratado pelo Governo do Estado, já não consta da relação no painel online de Acompanhamento de Leitos Covid-19 da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

A mesma medida está sendo tomada pelo Município, que encerra, nesta terça-feira (28), o contrato com o Hospital São Vicente de Paulo, da Santa Casa de Misericórdia. No São Vicente, onde a Prefeitura mantém até esta segunda-feira (27) dez leitos de UTI e 20 de enfermaria, a ocupação total foi de seis pacientes entre o dia 22 e 26, sendo seis moradores de Vitória da Conquista na enfermaria e hoje apenas uma pessoa está internada.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Prefeitura contrata leitos do Hospital São Vicente para atendimento a pacientes com coronavírus - Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista - PMVC

Apesar de não ter ninguém internado na UTI do Hospital São Vicente de Paulo e apenas um paciente ocupando um dos leitos clínicos, a Prefeitura de Vitória da Conquista tinha a obrigação contratual de pagar R$ 480 mil mensalmente por cada um dos setores, no total de R$ 960 mil, ainda que os leitos não fossem ocupados. A forma de remuneração foi a solução encontrada para manter os leitos funcionando, depois que a Santa Casa anunciou que deixaria de prestar o serviço, em julho.

Prefeitura de Vitória da Conquista garante políticas de valorização para servidores municipais - Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista - PMVC

Considerando as duas situações, a queda nas internações, zeradas no caso da UTI e reduzida a um paciente na enfermaria, e o alto custo de manutenção da estrutura sem uso, o Município não manterá o contrato com a Santa Casa de Misericórdia a partir desta terça-feira (26). a instituição já foi informada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Com as decisões do Governo do Estado e da Prefeitura de descontinuar os contratos de aluguel de leitos para Covid-19, o boletim desta segunda-feira traz um aumento no percentual de ocupação, em razão da diminuição dos leitos do HCC e do São Vicente, restando o Hospital Regional de Vitória da Conquista (Hospital de Base), cuja capacidade instalada atende à atual demanda. // Secom-PMVC.