Um guarda municipal morreu em confronto com policiais da 38ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) na manhã deste domingo (25) em Serra do Ramalho, no Sudoeste da Bahia. Josevaldo Marques dos Santos, conhecido como “Meia-Noite” foi baleado por volta das 07h30, quando os policiais da Ronda Rural avistaram um homem em uma motocicleta em atitude suspeita.

Meia Noite estava em uma motocicleta Honda NXR Falcon, licença de Goiânia, Goiás, no momento em que os policiais deram voz de parada, contudo, Meia noite não obedeceu e iniciou uma perseguição. De acordo com os policiais, Meia-Noite parou o veículo e efetuou disparos de arma de fogo contra a guarnição, os quais revidaram à injusta agressão e acabou baleado o suspeito. O suspeito ainda foi levado para atendimento no Hospital Municipal de Serra do Ramalho, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Ainda de acordo com a polícia, com ele foi encontrado uma motocicleta Honda NXR Falcon, um celular, uma arma de fogo tipo revólver cal 38 com 5 cápsulas deflagradas, 70 g de maconha, 17g de crack e 12 g de cocaína . Segundo o site Vitória da Conquista Notícias apurou com o blog Folha do Vale, o veículo e o material apreendido foram apresentados na Delegacia de Bom Jesus da Lapa. O corpo foi encaminhado para ser necrpsiado no IML – Instituto Médico Legal. Meia-Noite tentou matar subcomandante da GCM, Florêncio Fulgêncio da Silva Júnior, em novembro de 2018. Em novembro de 2019, ele foi preso suspeito de atirar Willianderes Miranda dos Santos.