Logo após o assassinato dos policiais militares na data de ontem (13), um homem, posteriormente identificado como sendo um dos autores e pai de alguns dos outros participantes, deu entrada no Hospital de Base de Vitória da Conquista, com lesões provenientes de disparos de arma de fogo, onde permanece sob cuidados médicos e custodiado.

No período da tarde, uma guarnição da 92ª CIPM realizou a condução à DP (B.O. 109/21 – DH) de cinco familiares dos envolvidos, que se encontravam no local do crime, sendo destes, três mulheres, um homem e um adolescente, os quais à autoridade policial adotou algumas medidas legais.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Cigano suspeito de matar policiais morre em confronto com a PM em Vitória da Conquista

Ainda ontem, denúncias davam conta do paradeiro dos criminosos no distrito industrial e dentro da cidade de Vitória da Conquista, bem como da possibilidade de deslocamento para outros municípios do Sul e Sudoeste baiano. Durante buscas houve confronto armado no povoado da Lagoa das Flores, nesta, com um dos envolvidos, o qual foi alvejado e não resistiu aos ferimentos, e na manhã de hoje houve mais um confronto armado, dessa vez na cidade de Itiruçu – BA, com dois dos envolvido, que não resistiram aos ferimentos, estando de posse de um dos veículos automotores envolvido no crime. Outros veículos utilizados pelos perpetradores já haviam sido localizados e apresentados à DP, para adoção das medidas legais cabíveis.

Segundo denúncias via 190 e levantamentos, os demais envolvidos encontram-se homiziados na Zona Rural de Vitória da Conquista – BA, onde foram estabelecidos pontos de bloqueio e cerco policial, com apoio aéreo do GRAER e de aeronaves remotamente pilotadas – drones, e as buscas continuam.

Os Policiais Militares vitimados foram sepultados hoje, sendo o Ten PM Neves nas proximidades do povoado da Jibóia, nesta, e o Sd PM Robson Brito na cidade de Ibiassucê – BA, onde foi decretado luto oficial, devido ao ocorrido.

Desde o Crime foi estabelecido um gabinete de crise na sede do CPRSO para coordenação da operação.

Fonte: ASCOM/CPRSO

_PMBA, uma Força a serviço do cidadão!_