Um galo que havia tido uma faca presa ao corpo para participar de uma rinha ilegal no sul da Índia matou o próprio dono. O homem foi atingido na virilha pelo animal e morreu a caminho do hospital, depois de perder muito sangue. Segundo as autoridades, a ave estava sendo preparada para entrar em uma briga de galos quando tentou escapar.

O dono procurou agarrá-la e foi golpeado pela faca de cerca de 7 centímetros que havia prendido à perna do animal. A polícia agora busca pelo menos outras 15 pessoas que estariam envolvidas no evento, que ocorreu nesta semana no vilarejo de Lothunur, no Estado de Telangana. O animal foi mantido na delegacia antes de ser transferido para uma fazenda. Ele será levado ao tribunal como evidência quando o caso prosseguir na Justiça, conforme afirmou o policial B Jeevan ao jornal The New Indian Express.

Os envolvidos são acusados ??de homicídio culposo, de organizar rinhas ilegais e apostas irregulares, informou a agência de notícias AFP. Brigas de galo são ilegais na Índia desde 1960, mas ainda são relativamente comuns em áreas rurais do país, como Telangana. Muitas acontecem durante o festival hindu de Sankranti. Esta não é a primeira vez que o dono de um galo de briga é morto pelo animal. No ano passado, um homem em Andhra Pradesh foi morto depois de ser atingido no pescoço por um lâmina que havia amarrado à ave. De acordo com a rede de televisão CNN, o homem levava o galo para uma rinha quando o incidente ocorreu.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Curta nossa Pagina no Facebook

Galo usado em rinha ilegal na Índia mata o próprio dono | Mundo | G1