A Record pegou os bastidores da televisão de surpresa com um anúncio: a saída de Marcos Mion da emissora, após o sucesso estrondoso de A Fazenda 2020. Em busca de renovação, o canal optou pela mudança e rescindiu com o apresentador, que tinha contrato até o final de 2021.

O jornalista Flávio Ricco, colunista do Grupo Record, deu a informação na manhã desta quarta-feira (27), e informou que a direção do reality show busca uma “oxigenação” do formato, algo conquistado por Mion ao longo das últimas três temporadas. A direção do canal paulista entende que o famoso foi muito bem até a temporada 2020, mas que a renovação do formato passa também pela troca do apresentador. Nenhum nome foi especulado para substituí-lo. Com 12 temporadas ao longo dos últimos anos, a versão original de A Fazenda já contou com três apresentadores: Britto Jr, Roberto Justus e Mion. Rodrigo Faro comandou a versão “verão” do programa, em 2012.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Curta nossa Pagina no Facebook

 

Globo pensa em Marcos Mion para substituir Faustão, após futura saída da  emissora - Lauro Hoje

Marcos Mion entrou no canal de Edir Macedo em 2006, quando fez parte do elenco da novela Bicho do Mato. Em 2010, o famoso estreou o Legendários, com a promessa de fazer um humorístico diferente do que era visto na televisão. Na época, o Pânico e CQC bombavam na audiência. Ao longo dos anos, o humor foi ficando de lado e a atração acabou virando um programa de auditório, até ela ser extinta. O animador também esteve à frente dos realities Ídolos e A Casa, antes de assumir A Fazenda, que estava prestes a deixar a emissora. Nos últimos anos, Mion também tentou emplacar um novo formato na Record, mas o projeto foi engavetado.

Marcos Mion deixa a RecordTV após 11 anos; saiba o motivo | O TEMPO