Na manhã desta sexta-feira (04), policiais rodoviários federais faziam fiscalização na altura do quilômetro 429 da BR 116, trecho de Feira de Santana (BA), quando decidiram abordar um veículo VW/ Gol com placas de Brasília (DF). Inicialmente, foram solicitados os documentos de porte obrigatório do motorista e documentação pessoal da passageira, para consulta nos sistemas informatizados da PRF.

Em seguida, os agentes realizaram os procedimentos de fiscalização e após uma revista minuciosa no automóvel encontraram quatro filhotes de caninos em situação flagrante de maus-tratos. Assista:

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Os animais da raça shiz tzu estavam aprisionados em ambiente escuro, sem ventilação, exposto a temperatura elevada e bem debilitados. Eles saíram de Brasília (DF) e seriam comercializados em Feira de Santana (BA), um percurso de aproximadamente 1.400 quilômetros. Dada às circunstâncias, foi lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência e o casal responderá na Justiça por crime contra o meio ambiente previsto na Lei 9.605/98. Os filhotes foram entregues aos cuidados do Instituto Patruska Barreiro Arca de Noé, entidade que resgata e acolhe animais em situação de maus-tratos e abandono. A responsável pela ONG esteve presente na unidade policial da PRF e prestou os primeiros socorros aos animais. A PRF alerta que as denúncias nas rodovias podem ser realizadas através do telefone 191, que funciona em todo o Brasil. A ligação é gratuita e não é preciso se identificar. // Nucom-PRF.