WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
julho 2020
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: 30/jul/2020 . 13:54

Brasil, o país do podcast; São arquivos em áudio, disponibilizados em plataformas de streaming e em sites

Já sabemos que podcasts estão em alta. São arquivos em áudio, disponibilizados em plataformas de streaming e em sites. Funciona de forma bem parecida com um rádio, mas com a possibilidade de ouvir na hora que quiser, e usando a internet ao invés das ondas do rádio. Além disso, podcasts são mais segmentados sobre um tema. É fato de que é o queridinho do momento. O próprio Spotify considera o Brasil como “o país do podcast”, já que somos o segundo que mais consome o conteúdo em áudio, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, de acordo com a pesquisa Podcast Stats Soubdbites.

A grande novidade é que o Spotify, um dos streams líderes no ramo, agora está adicionando uma nova funcionalidade a seu serviço: os podcasts em vídeo, garantindo assim uma maior conexão entre o produtor e o consumidor de conteúdo. A funcionalidade ainda não está liberada para todos, apenas para produtores selecionados, mas em breve deve chegar para todos os assinantes.

É claro que, teoricamente, já existe podcast em vídeo, através do YouTube. Produtores de conteúdo gravam a produção do podcast e disponibilizam no YouTube. Mas a ferramenta Google tem alguns pontos negativos para os usuários comuns, e o principal é não poder ver o vídeo em segundo plano (quando você pode alternar entre os apps, minimizar a tela, bloquear a tela e mesmo assim continuar ouvindo e vendo a imagem mesmo que em miniatura), funcionalidade que o Spotify contemplará. No YouTube, a visualização em segundo plano só é disponibilizada para assinantes Premium.

Para os produtores de conteúdo em podcasts, fica a dica: com os vídeos, não se esqueça de respeitar a característica de podcasts, que é fornecer um conteúdo mais despojado e espontâneo. Então, nada de vídeos superproduzidos, faça com que seu ouvinte se sinta próximo de você através de seus conteúdos.

Para gravar podcast, não é preciso muita estrutura, e com vídeos não é diferente. Mas, é claro, é preciso gravar em um ambiente sem ruídos externos, com boa iluminação, bom enquadramento de câmera, além de usar microfone e câmera de boa qualidade.

Autores:

Maria Carolina Avis é professora do curso de Marketing Digital do Centro Universitário Internacional Uninter

Achiles Batista Ferreira Junior é coordenador dos cursos de Marketing e Marketing Digital do Centro Universitário Internacional Uninter

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Monja Coen está no Repórter Eco deste domingo

Repórter Eco deste domingo (2/8) traz uma entrevista exclusiva com a Monja Coen Roshi, considerada uma das maiores vozes do zen budismo no Brasil. A líder espiritual apresenta sua visão sobre as consequências da Covid-19 para a humanidade. O programa inédito ainda conta com reportagens que exploram a importância de materiais alternativos ao plástico e, também, a diversidade de peixes na Amazônia. Apresentado por Márcia Bongiovanni, vai ao ar às 18h na TV Cultura.

Momentos de crise, como o da pandemia de Covid-19, são difíceis de serem superados. Mas, de acordo com a Monja Coen, eles podem ser uma oportunidade rara de repensarmos nosso modo de vida e relações, inclusive com o meio ambiente. “Tantas coisas que nós vínhamos fazendo errado, mas que a pandemia tornou visível. Ela escancara as diferenças sociais, econômicas e o desrespeito à vida. Que não são só as armas de fogo, é o fogo que a gente bota na Amazônia, é o desmatamento da Mata Atlântica. Nossa gente, o que é isso? Acorda, desperta”, afirma a líder espiritual no Repórter Eco.

O programa ainda traz à luz um tema importante para a preservação das espécies brasileiras. Um novo estudo comprova que a bacia amazônica concentra a diversidade de peixes de água doce do mundo: são 2.257 espécies, ou seja, 15 por cento do total conhecido pela ciência. Mas o futuro dessas espécies é incerto em consequência dos desmatamentos. Para falar sobre isso, a repórter Cláudia Tavares entrevista a bióloga Gislene Torrente Vilara, que atua na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Ainda, o público confere uma matéria que mostra a corrida dos cientistas para encontrar soluções alternativas ao plástico convencional, que contamina mares e oceanos. Pesquisadores da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) criaram uma embalagem biodegradável e inteligente para alimentos, feita à base de amido de mandioca.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Veja as principais manchetes dos jornais desta quinta-feira (30)

A Tarde
Bahia ultrapassa a marca de 140 mil pacientes curados da Covid. Já são 157.334 contaminações e 3.321 vítimas

:: LEIA MAIS »

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia