A notícia divulgada pela TV Bahia de que o município de Vitória da Conquista poderia receber pacientes vindos das cidades de Itabuna e Ilhéus com Coronavírus que precisassem de leitos de UTI. A notícia foi recebida com preocupação pela população conquistense e pelas autoridades.

O município de Vitória da Conquista é tida como um pólo de saúde, que atinge cidades circunvizinhas, que, no total, representa um contingente de mais de 1 milhão de pacientes em potencial. Assim, o temor com a informação era de que os leitos de UTI fossem tomados por esses pacientes vindos de outras regiões, deixando a população de Vitória da Conquista e região desassistida.

A população conquistense se manifestou utilizando as redes sociais, compartilhando uma postagem em que afirma ser contrária a transferência:

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Através das redes sociais, o prefeito Herzem Gusmão se manifestou contrário à notícia, afirmando que era necessário o governo do estado abrir o diálogo com o município. Ele cobrou a publicação do contrato com o Hospital das Clínicas de Conquista (HCC):

Contudo, na noite desta quinta-feira (30), o Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde da Bahia (SESAB), se manifestou sobre a informação à qual classificou como uma “falsa”, “infundada” e “irresponsável”. A SESAB informou ainda que está desenvolvendo esforços para garantir a assistência a pacientes com Coronavírus na região Sul, trazendo mais de 100 leitos de UTI exclusivos.

Leia a nota na íntegra:

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) trabalha sempre no sentido de que qualquer paciente, de qualquer agravo, seja atendido em seu município/região.

O esforço de regionalização e descentralização da assistência observado em toda a Bahia e na região Sul, em específico, trará para a região mais de 100 leitos de UTI exclusivos para coronavírus (Covid-19), não existindo, portanto, previsão de transferências de pacientes para a região Sudoeste.

No entanto, cabe lembrar que o Sistema Único de Saúde (SUS) é universal e oferta atendimento a todos os brasileiros de forma irrestrita e, caso necessário, qualquer paciente, independente do agravo, pode ser atendido em qualquer localidade.

A divulgação infundada de que há um plano deliberado de transferência de pacientes da região Sul para a Sudoeste caracteriza notícia falsa e irresponsável. Aqueles que a difundem não possuem credibilidade e portanto devem ser desconsiderados.

Sobre a cobrança feita pelo prefeito Herzem Gusmão acerca da publicação do contrato com o Hospital das Clínicas de Conquista (HCC), a Sesab disponibilizou um link de acesso à página do Diário Oficial da Bahia onde foi publicado o extrato contratual com o hospital. Os antedimentos começarão a ser feitos a partir do dia 5 de maio. Confira o extrato clicandoaqui. Com formações do Blog do Sena