WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  


:: 11/fev/2019 . 5:57

Horror na Bahia: Irmãos são presos acusados de matar e carbonizar o próprio irmão

Os irmãos; Albertino Jesus de Andrade, vulgo “Marreta” e Lucilene Jesus de Andrade, conhecida como “Fia”, são acusados de terem matado o próprio irmão mais velho, na localidade de Pedra Grande da Tiririca, na região do povoado de Tiririca, na zona rural de Tucano.

De acordo com as informações da Polícia Civil, “Fia” foi presa quando se banhava nas águas do Rio Itapicuru, na própria comunidade. Já “Marreta”, foi localizado na casa de parentes, no povoado Sítio da Moça, no interior do município de Ribeira do Pombal.

De acordo com o coordenador da 25ª Coorpin de Euclides da Cunha, delegado regional, Paulo Jason de Melo Falcão, o homem e a mulher, vinham sendo investigados, desde o dia 17 de dezembro do ano passado, suspeitos de terem assassinado o próprio irmão Elisvaldo Jesus de Andrade, a golpes de faca e Machado, após se desentenderem, numa disputa, sobre quem seria o condutor de um veículo, comprado pela mãe dos mesmos.

Durante as investigações, a polícia civil descobriu que, após consumarem o crime, Lucilene e Albertino, pegaram o corpo do irmão, colocaram num carrinho de mão (galeota) e levaram até as margens da BA 395, que fica a poucos metros do local, onde aconteceu o assassinato e descartaram o cadáver encima de uma moita ( Mato seco e junto) e em seguida atearam fogo. Ainda segundo a polícia, os investigadores haviam recolhido na residência da mulher, os matérias que foram usados no crime, o que deu mais robustidade as investigações, levando a comarca de Tucano, expedir o mandado de prisão temporária, contra ambos.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Bahia: Mulher que presenciou assassinato de policial civil, é executada no trabalho

Em 28 de janeiro de 2018, Hilda Rodrigues de Oliveira presenciou a morte do policial civil Luiz Cláudio Batista Lopes, no bairro de Engenho Velho da Federação. Ele já tinha sofrido uma tentativa de homícidio um ano antes, mas saiu ileso. Na época do atentado, a polícia atribuiu o episódio a uma briga de facção na área. Lopes morreu ao ser surpreendido na porta de casa por quatro homens armados. O tempo passou e, um ano depois de ter visto a vida amigo ser ceifada pelo crime, Hilda Rodrigues de Oliveira, 52 anos, foi a vítima da criminalidade.

Por volta de 19h13 da noite deste sábado (9), Hilda foi foi alvejada por tiros no depósito de bebidas em que trabalhava. Ela era dona do estabelecimento localizado na Rua Apolinário de Santana, próximo ao Beco da Rabada. Por ter presenciado a morte do policial, era Hilda a principal fonte de informação que poderia levar a polícia aos responsáveis. E essa é a tese mais levantada pelos vizinhos. “Mataram ela por acharem que era uma informante da polícia”, relata um morador que era conhecido da vítima.

Assassinato de Luiz Cláudio

O policial civil Luis Cláudio Batista Lopes, 58 anos, chefe do Serviço de Investigação (SI) da Delegacia do Adolescente Infrator (DAI) de Salvador, foi morto a tiros na tarde 28 de janeiro de 2018, no Beco da Rabada, no Engenho Velho da Federação. Segundo informações da PM, policiais da 41ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Federação) foram acionados após uma suposta troca de tiros na Rua Apolinário Santana. O crime aconteceu na parte da tarde. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Luis Cláudio estava saindo de casa com a esposa quando foi surpreendido por um grupo armado.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Brejões e Amargosa: Incêndio que atingia mata é controlado após quase três dias

O incêndio que atingiu uma área de mata entre Brejões e Amargosa, no Vale do Jiquiriçá, foi controlado neste sábado (9) pelo Corpo de Bombeiros.

O fogo teve início na noite da última quinta-feira (7) e preocupava moradores, devido à aproximação de residências.

Segundo o G1, uma grande área de mata fechada foi atingida pelas chamas. Devido ao atual clima seco na região, a área segue monitorada para evitar novos focos.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia