WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘Segurança Publíca’

Conquista: Polícia Militar vai dar suporte a Prefeitura no combate ao transporte clandestino; ouça a entrevista

Foi batido o martelo. A Polícia Militar dará todo o apoio a Prefeitura de Vitória da Conquista e Ministério Público no combate ao transporte clandestino na capital do Sudoeste baiano.

“Já foi dado o aval do nosso Comandante Geral. A Polícia Militar está pronta, fazendo o que está dentro da lei, cumprindo o seu papel institucional. Quando somos solicitados o apoio nós sempre fazemos. No momento que a Prefeitura quiser realizar essa operação nós estaremos prontos. A fiscalização cabe aos agentes de trânsito, a Polícia cabe o apoio”, informou o Coronel Ivanildo da Silva, Comandante do Policiamento Regional do Sudoeste (CPRS).

Ouça a entrevista na íntegra concedida a repórter Mônica Cajaíba, via Rádio Clube FM:

 

‘Masculinidade’ é critério em avaliação psicológica para vaga na PM

A Polícia Militar do Paraná abriu nesta segunda-feira (13) concurso para preencher 16 vagas de cadetes na instituição. Os candidatos serão avaliados de acordo com 72 características psicológicas, entre elas a “masculinidade”.

Segundo o edital, o candidato deve ter a “masculinidade” maior ou igual a regular. De acordo com a instituição, ela é definida pela “capacidade de o indivíduo em não se impressionar com cenas violentas, suportar vulgaridades, não emocionar-se facilmente, tampouco demonstrar interesse em histórias românticas e de amor”.

A “emotividade”, por sua vez, deve ser média/diminuída: “expressão de vibrações, choques ou comoções interiores das funções psicológicas e fisiológicas”. A “depressão” também é um fator que não será bem visto nos candidatos, assim como a “vulnerabilidade”. Se o candidato tiver “amabilidade”, “ponderação/prudência” em dimensões baixas não será prejudicado.

A aprovação no exame de adequação psicológica é um dos requisitos básicos para a posse do cargo. O candidato deve ter no máximo 30 anos e ter concluído o ensino médio. Mulheres podem preencher até 50% das vagas, segundo a lei estadual 14.804/2005.

Segundo o edital, a avaliação psicológica tem como objetivo “selecionar os candidatos que possuam habilidades específicas e características de personalidade favoráveis às atribuições das diversas funções institucionais, de acordo com os parâmetros do perfil profissiográfico estabelecido para o cargo de cadete da Polícia Militar do Estado do Paraná”.

A inaptidão é constatada em análise conjunta de todos os testes. A “masculinidade” é uma característica do grupo C: o candidato deve atingir as dimensões mínimas em 2/3 dos itens para ser aprovado. Ou seja, ainda que não seja masculino o suficiente, não estará automaticamente eliminado.

OUTRO LADO

Em nota, a PM do Paraná afirma que a característica “masculinidade” tem essa denominação por opção do autor do instrumento de avaliação psicológica. “Todos os testes psicológicos (…) buscam o levantamento e síntese de informações, com base em procedimentos científicos e, necessariamente, são instrumentos aprovados pelo Conselho Federal de Psicologia”, diz o texto.

Segundo a polícia, o objetivo é avaliar a estabilidade emocional e a capacidade de enfrentamento, “aspectos extremamente necessários para o dia a dia da atividade policial militar”.

O órgão alega que a característica não avalia componentes de gênero e que não é este o objetivo do teste.

“A Polícia Militar do Paraná não compactua e não tolera comportamentos e posicionamentos discriminatórios de qualquer natureza.”

Bahia: Polícia apreende mais drogas em 7 meses do que em todo ano passado

Em pouco mais de sete meses, a polícia baiana apreendeu mais drogas do que em todo ano de 2017. Segundo dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), entre janeiro e o início de agosto, foram 17,5 toneladas de entorpecentes encontrados no estado. Em 2017 o número total foi de 16 toneladas.

As maiores apreensões de maconha aconteceram em plantações, nos meses de março, quando a Cipe Semiárido localizou 10 toneladas, na cidade de Xique-Xique, em maio com a COE achando 1,5 tonelada em Esplanada e, em junho, no município de Canarana, onde equipes da Rondesp Chapada e da Delegacia Territorial encontraram 1,5 tonelada. Além dos plantios, em Feira de Santana, no dia 4 de julho, 350 kg de maconha prensada foram retirados das ruas pela DTE.

Em duas ações conjuntas de forças estaduais e federais, dois grandes montantes de entorpecentes acabaram encontrados, na capital e na RMS. Em junho a COE (Canil) e PF, no Porto de Salvador, apreenderam cerca de 1,5 tonelada de cocaína, avaliada em R$ 22,5 milhões. Já na cidade de Simões Filho, em julho, o Batalhão de Choque, a Rondesp BTS e a PF descobriram 200 kg de pasta base de cocaína, avaliados em R$ 4 milhões, em um galpão.

Ainda no primeiro semestre, em abril, a DTE de Feira estourou um laboratório de refino de drogas. Uma carga de 40 kg de cocaína, com marca da Apple, foi localizada. O secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, destacou a atuação em conjunto com as forças federais.

“Parabéns a todos os policiais baianos pela dedicação 24h. O nosso foco principal é o combate às quadrilhas de traficantes e com as apreensões enfraquecemos as facções”, declarou.

Conquista: Fim de semana com 5 mortes em acidentes e um bandido morto em confronto com a Rondesp; ouça o plantão

Um fim de semana sangrento em Vitória da Conquista, com 5 mortes em acidentes na capital do Sudoeste baiano, além de um bandido morto em confronto com a Rondesp no Bairro Vila Elisa.

O repórter Ricardo Gordo detalha toda a movimentação das últimas 48 horas no Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep).

RN tem maior taxa de assassinatos do Brasil; Bahia tem redução, aponta anuário

O Brasil atingiu uma marca assustadora: mais de 200 brasileiros são mortos, por dia, de forma violenta. O dado foi fornecido pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública e é relativo a dados de 2017.

No ano passado, houve 64 mil assassinatos, 175 por dia, sete mortes por horas. As regiões mais atingidas foram o Norte e o Nordeste. O Rio Grande do Norte tem uma média de 68 crimes a cada 100 mil habitantes. A medalha de prata fica com o Acre, com 63,9, enquanto o Ceará vem em terceiro, com 59,1.

Outro índice mostrado foi de 60 mil estupros no ano e o crescimento da violência contra a mulher: mais de mil feminicídios apenas em 2017.

Bahia – Na Bahia, apesar do alto índice, foi registrada queda no número de mortes violentas. Em 2016 a taxa aferida era de 46,4. Com redução de 2,9 em um ano, caiu para 45,1. Outra diminuição mapeada no estado foi a de mortes a esclarecer. Em 2016 eram 417 casos e 2017 foram 353 – redução 15,7%.

Conquista: 78ª Companhia realiza operação com número maior de policias para combater a criminalidade na Zona Oeste

O Comandante da 78ª Companhia Independente de Polícia Militar, o Major Edimário, recebeu a imprensa de Vitória da Conquista na manhã desta quarta-feira (01) para falar do novo planejamento de trabalho dentro da corporação, que atende toda a Zona Oeste da cidade.

O Major assumiu o posto recentemente e reuniu com profissionais de comunicação para fazer um balanço e comemorar os investimentos recentemente, como a aquisição de novos veículos para a corporação.

:: LEIA MAIS »

Polícia Militar forma novos sargentos na capital e interior do estado

A cerimônia de formação de 181 sargentos da Polícia Militar da Bahia foi realizada na manhã desta quinta-feira (26), na Vila Militar, no bairro do Bonfim, em Salvador. Os policiais participaram do curso de formação e aperfeiçoamento de praças, que teve duração de 45 dias. Outros 56 sargentos foram graduados em Feira de Santana e 19 em Ilhéus. Ao todo, a Polícia Militar eleva a patente de 256 policiais militares do estado.

O subcomandante geral da PM, coronel Antônio José Barbosa Reis, destacou que a formação representa o reconhecimento pelos serviços prestados por cada um dos sargentos. “É um reconhecimento da corporação para esses policiais que estão na carreira há muitos anos, e, agora, recebem uma nova formação”.

O curso realizado foi voltado para cabos que tiveram disciplinas de policiamento ostensivo geral, direitos humanos, direito militar aplicado, legislação, polícia comunitária, tiro policial, policiamento de trânsito , entre outro temas. O comandante do curso de formação e aperfeiçoamento de praças, coronel Paulo Coutinho, explicou a contribuição do processo de aperfeiçoamento. “No curso é trabalhada a liderança, porque agora esses policiais passam a exercer a graduação de sargento, que representa o elo entre o comando e a tropa, que é fundamental para o exercício das atividade no dia a dia”.

Durante a cerimônia foi realizada uma homenagem ao sargento José Luiz da Hora, sequestrado e morto em junho deste ano, no bairro da Santa Cruz. José Luiz era cabo e integrava a turma de sargentos graduada nesta quarta-feira. A esposa do sargento, Eliana Eliza da Hora, esteve na cerimônia acompanhada por outros familiares para receber a honraria em memória do marido.

Fotos e vídeos mostram operação da Polícia Federal em cidades do Sudoeste baiano; confira

Polícia Federal de Vitória da Conquista, em conjunto com a Controladoria Geral da União, deflagrou, nesta terça-feira (24), a Operação Ciranda de Pedra, em oito cidades da Bahia. A ação tem como objetivo combater crimes de desvio de recursos públicos destinados a área da infraestrutura na cidade de Maiquinique, também no sudoeste do estado, nos anos de 2012 a 2017.

Vinte mandados de busca e apreensão e 14 mandados de intimação são cumpridos nos municípios de Maiquinique, Macarani, Itapetinga, Itamaraju, Teixeira de Freitas, Jequié, Mirante e Vitória da Conquista.

:: LEIA MAIS »

Conquista: Gestante é detida tentando entrar com droga no presídio

Uma jovem grávida foi flagrada na manhã de ontem (domingo) tentando entrar com drogas no novo presídio de Vitória da Conquista. Ela é companheira de um interno da unidade.

Ela estava com maconha e cocaína escondidas na roupa íntima e foi descoberta após revista pessoal.

A jovem informou a polícia que levou a droga porque estava sendo ameaçada pelo companheiro.

A grávida foi levada para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep).

Conquista: Com quatro assassinatos em 20 dias, julho caminha para ser o mês mais tranquilo dos últimos anos

Na noite de domingo, 15, no bairro Lagoa das Flores, um homem, identificado apenas como um ex-presidiário de prenome Rodrigo, que havia deixado a prisão em Jequié uma semana antes, foi executado com vários tiros na cabeça. Este foi o quarto homicídio registrado em Vitória da Conquista este mês. Outras duas mortes ocorreram em razão da violência que tem marcado o município nos últimos anos.

No dia 8 de julho, morreu no Hospital de Base, Ulisses Nascimento de Souza, de 70 anos, vítima de bala perdida. Segundo a filha dele, no dia 28 de maio, o portão da casa dele estava aberto e alguns rapazes entraram repentinamente, fugindo de outros homens que os perseguiam e que acabaram invadindo a casa de Ulisses, atirando contra os rapazes. Vários disparos acabaram acertando o idoso. O outro morto também se chamava Ulisses. Daniel Ulisses Santos, vulgo Nego, de 18 anos, foi morto depois de reagir a uma abordagem policial. O confronto foi com o Peto da 77a Companhia Independente de Polícia Militar, no dia 12, no conjunto habitacional Vila Bonita.

Até este momento, 17h35, do dia 20, nenhuma outra ocorrência similar foi divulgada, o que indica que este mês deve ficar bem abaixo dos índices registrados nos últimos cinco anos. Se for tomado como parâmetro a média de homicídios por mês, julho já é o mês menos violento dos últimos anos em Vitória da Conquista desde 2013. Uma autoridade policial ouvida pelo BLOG, optando por não ser identificada*, confirma os números e diz que não se trata de milagre ou coincidência, mas decorre de investimentos na estrutura policial, da melhora significativa do trabalho de inteligência das polícias civil e militar e de uma ação mais coordenada de identificação dos pontos mais propensos à violência e dos líderes de grupo e gangs criminosas, que são combatidos com maior efetividade.

Os dados oficiais deste ano, disponíveis no site da Secretaria da Segurança Pública (SSP), são apenas de janeiro a março. Segundo a SSP em Vitória da Conquista ocorreram 55 assassinatos nos três primeiros do ano, sendo 54 homicídios dolosos e um latrocínio. Na tabela abaixo os números de assassinatos no mês de julho desde 2013. Do Blog de Giorlando Lima

Julho de 2013

Julho de 2014

Julho de 2015

Julho de 2016

Julho de 2017

Homicídio doloso
10

Homicídio doloso
11

Homicídio doloso
13

Homicídio doloso
11

Homicídio doloso
11

 

Latrocínio
1

Latrocínio
1

 

Latrocínio
1

 

Lesão Corporal seguida de morte
1

Lesão Corporal seguida de morte
1

Lesão Corporal seguida de morte
1

 

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia