WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: ‘Política’

Flávio Bolsonaro falta a depoimento sobre caso Queiroz

Flávio Bolsonaro

O senador eleito pelo Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro (PSL), faltou ao depoimento que foi convidado a dar hoje (10) sobre o caso Queiroz no Ministério Público do Rio de Janeiro.

Com prerrogativa parlamentar, o filho de Jair Bolsonaro não estava obrigado a comparecer ao órgão nesta quinta, podendo reagendar o depoimento.

Nas redes sociais, o senador eleito se comprometeu a agendar novo dia e horário para prestar esclarecimentos. Ele disse que não é investigado, que ainda não teve acesso aos autos e que só foi notificado do convite do órgão na segunda-feira (7).

“No intuito de melhor ajudar a esclarecer os fatos, pedi agora uma cópia do mesmo para que eu tome ciência de seu inteiro teor”, escreveu.

Na terça (8), familiares de Queiroz também faltaram a oitiva no Ministério Público. Suas filhas, Nathalia e Evelyn, e a mulher, Marcia Aguiar, alegaram que estão em São Paulo acompanhando o ex-assessor em tratamento de um câncer intestinal.

De acordo com a Folha, relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) identificou que Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Rui anuncia que nomeação de professores aprovados em concurso vai ser publicada na próxima quarta

Foto : Tácio Moreira / Metropress

O governador Rui Costa anunciou hoje (10) que a nomeação dos professores aprovados no concurso público realizado em 2018 vai ser publicada no Diário Oficial do Estado na próxima quarta-feira (16).

Rui disse ainda que o calendário de pagamento dos servidores ativos, pensionistas e aposentados das administrações direta e indireta para o ano de 2019 vai ser publicado no Diário Oficial de amanhã (10). As datas de crédito vão ser mantidas sempre dentro do mês trabalhado. As declarações foram feitas no programa Bahia Meio Dia, da Rede Bahia.

De acordo com o governador, os profissionais vão atuar atuar nos 77 Núcleos Territoriais de Educação, em Salvador e outros 26 municípios da Bahia.

Ele ainda destacou que a publicação da tabela anual de pagamentos do servidor e o seu rigoroso cumprimento pelo Estado permite que os servidores organizem a vida financeira.

O pagamento vai ser realizado no último dia útil de cada mês. A tabela do servidor público poderá ser consultada por meio do Portal do Servidor.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Em agenda na Bahiagás, Fabrício discute implementação do gasoduto de Conquista

Nesta semana, o deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB) esteve na Bahiagás, ao lado do empresário José Maria Caires, e do diretor geral da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia/Sudesb, Elias Dourado, para discutir a implementação do gasoduto de Vitória da Conquista.

Durante o encontro com o diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Raimundo Gavazza, e membros da diretoria da empresa, o parlamentar falou sobre a importância do gasoduto para o município. “Vitória da Conquista é a terceira maior cidade da Bahia, e não tem como deixar de ser contemplada pelo projeto na região sudoeste. Vamos seguir lutando, pois sua vinda vai gerar mais emprego, renda e desenvolvimento para o município”, defendeu Fabrício.

O empresário José Maria Caires comemorou o resultado da agenda. “Ao lado da diretoria da Bahiagás, vamos fazer uma reunião com o empresariado conquistense para debater a viabilidade dessa fonte energética mais econômica, que certamente colocará nossa cidade na rota da competitividade”.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Bolsonaro nomeia genro de Léo Pinheiro, o delator de Lula, para presidência da Caixa

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) oficializou ontem (7) a nomeação de Pedro Guimarães como presidente da Caixa Econômica Federal (CEF).

O economista, que se especializou em privatizações nos Estados Unidos, é genro de Léo Pinheiro, ex-executivo da OAS, preso no âmbito da Operação Lava-Jato.

Pinheiro, acusado de pagar propina a políticos em troca de favorecimentos para a empreiteira, foi solto, após fechar um acordo de delação premiada para incriminar o ex-presidente Lula (PT).

No depoimento, que motivou o processo contra o petista, o ex-executivo afirmou que Lula era uma espécie de “proprietário oculto” de um apartamento triplex no Guarujá, em São Paulo.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

País: “Presidente dos governadores do Nordeste está em Curitiba”, ironiza Bolsonaro

Na entrevista que concedeu nesta quinta-feira (3) para o SBT Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) demonstrou irritação com os governadores do Nordeste que não foram à sua posse. Ele revelou que “ouviu dizer” que os adversários nordestinos não colocarão a foto oficial do presidente da República em seus gabinetes. “Espero que não venham pedir dinheiro para mim, que eu não sou o presidente deles”, reagiu. “O presidente deles está em Curitiba”, emendou, numa referência ao petista Luiz Inácio Lula da Silva, preso na capital paranaense desde abril, por conta da Operação Lava Jato.

O presidente assegurou que, mesmo assim, não tem a intenção de “declarar guerra” aos governadores da oposição para não atrapalhar a população. “O homem mais sofrido do país está no Nordeste, exatamente por essa mentalidade desses governadores”, ressaltou. Bolsonaro disse ainda que, junto com o ministro da Ciência e Tecnologia, o ex-astronauta Marcos Pontes, vai “mergulhar” para resolver “muitos problemas do Nordeste”. “Entre eles, obviamente, a questão da falta d’água e a da água para irrigação, vamos levar muita coisa para lá, definitivamente”, explicou. “Mas não podemos, repito, prejudicar o sofrido povo nordestino por questões políticas como a nossa”, encerrou.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Polícia prende suspeitos de ameaças a Bolsonaro

A Polícia Civil prendeu no dia 3 três suspeitos de colocarem uma mochila com uma bomba em Brazlândia, à 48 km de Brasília. Uma fonte que acompanha o caso contou ao Globo que os três fazem parte de um grupo que divulgava pela internet ameaças de ataque contra o presidente Jair Bolsonaro no dia da posse.

A relação entre os três e bomba deixada próximo à igreja Santuário Menino Jesus é investigada pela Polícia Civil. A bomba foi localizada e desativada por policiais militares.

Entretanto, integrantes do grupo chamado Maldição Acentral assumiram, na internet, a responsabilidade pela bomba e tinha a intenção de explodir e matar fiéis que iriam à igreja no Natal. Numa outra frente, a Polícia Federal abriu inquérito para investigar se o grupo fez ameaça e tinha mesmo planos de atacar Bolsonaro no dia da posse.

Servidores cobram da prefeitura de Mucugê salários atrasados

Servidores do município de Mucugê, na Chapada Diamantina, reclamam que a prefeitura não vem pagando salários do funcionalismo público regularmente. A informação foi confirmada ao BNews pela vereadora Núbia Magaly Novaes Silva (PSB), que emitiu uma nota de repúdio, em dezembro do ano passdo, por causa do “atraso salarial dos servidores municipais contratados, transporte escolar e o atraso dos subsídios dos vereadores”.

Em entrevista, a parlamentar disse que o prefeito Manoel Luz (PSD) já fez o repasse para Câmara, e pagou dois dos quatro salários atrasados aos servidores. “Ainda falta o pagamento de dois meses. Alguns servidores estão dizendo que vão recorrer à Justiça. Mas somente a partir do dia 10 que vamos saber se regularizou tudo mesmo. Infelizmente, tem sido comum esses atrasos. Desde 2017 que a população sofre com isso. Naquele ano, atrasava dois meses, depois passou a atrasar três. Agora, no ano passado, houve atraso de quatro meses. Na Câmara, por ser Lei Federal, deveria fazer o repasse até o dia 20, mas fecha o mês sem repassar o valor todo. O presidente da Casa paga 3 ou 4 dias depois da data devida”, disse.

Segundo a vereadora, a irregularidade nos pagamentos também atinge empresas que venceram licitações, fornecedores de gasolina, alimentos e internet. “O que mais me impressiona é como o Tribunal de Contas dos Municípios aprova as contas, sendo que existe esse desgaste com cobranças. Como houve aprovação do Tribunal diante dessa instabilidade que trava a economia do município?”, questiona.

A gestão do Executivo Municipal não é bem avaliada pela vereadora da oposição. “É péssima. Principalmente, porque não tem transparência com a comunidade para justificar o motivo dos atrasos. Até nas audiências públicas deixam a desejar, pois não respondem nossas perguntas”, lamenta.

A reportagem tentou contato com a prefeitura por meio de um telefone fixo disposto no site da Administração Municipal, mas as chamadas não foram atendidas, nem retornadas.

Ex-reitor da Ufba é cotado para comandar Secretaria estadual da Educação

O professor Naomar de Almeida Filho, ex-reitor das universidades federais da Bahia (Ufba) e do Sul da Bahia (UFSB), é cotado para assumir a Secretaria estadual da Educação no lugar do senador Walter Pinheiro (sem partido).

O nome foi levado ao governador Rui Costa (PT) por integrantes de seu próprio partido, que pressionam para indicar o novo comandante da pasta. Rui, entretanto, tem dito que a escolha não será por indicação política, mas técnica. Naomar foi reitor da Ufba de 2002 a 2010 e, em 2013, da recém-criada UFSB, onde ficou até setembro de 2017.

O posto foi oferecido por Rui à senadora Lídice da Mata (PSB), mas as conversas não avançaram. Contudo, o governador avisou: o convite é para Lídice, não para o partido.

Já Walter Pinheiro pode migrar para a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado (Secti). Ele é considerado um nome técnico da área e tem boa relação com Rui, embora o trabalho feito por ele na Educação tenha ficado abaixo do esperado pelo governo.

Marcelo Freixo anuncia candidatura à presidência da Câmara, em oposição a Rodrigo Maia

O deputado federal eleito pelo Rio de Janeiro, Marcelo Freixo (PSOL), anunciou nesta quinta-feira (3/1) sua candidatura para a Câmara. A atitude é uma reação da oposição, após o PSL, partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, anunciar apoio à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“Sou candidato à presidência da Câmara dos Deputados por um amplo campo republicano e democrático que lutará p resgatar o espírito da Constituição. Vamos enfrentar a agenda de Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia que aprofundará ainda mais as desigualdades no país”, publicou Freixo, em seu perfil no Twitter.

Freixo informou que irá tentar o apoio do PT, que não lançará nenhum candidato, do PDT, PCdoB e Rede. Maia teria suporte de alguns deputados da esquerda, no entanto, o anúncio do apoio do partido de Bolsonaro não foi bem recebido por esses parlamentares.

Acordo de Maia com o PSL causa mal-estar no Centrão e em siglas de esquerda

Para fechar o acordo com o PSL em torno de sua reeleição à presidência da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) desagradou partidos do Centrão e causou mal-estar entre siglas de esquerda.

De acordo com a coluna Painel, da Folha, ao incluir a legenda do presidente Jair Bolsonaro, ele ignorou pedidos do PP e do MDB, que patrocinaram sua ascensão ao comando da Casa. O primeiro chegou a reivindicar espaços ofertados ao PSL.

Já na esquerda, o acordo do partido com Maia causou alarde. Integrantes do PC do B afirmam que agora será necessário que o democrata traga o PT para o seu bloco, ou será visto como governista. Uma ala do PT estuda lançar uma candidatura de oposição ao democrata, enquanto o PSOL decidiu apresentar o nome de Marcelo Freixo (RJ) para a disputa.

A decisão de fechar o apoio a Maia, tomada pelo presidente do PSL, Luciano Bivar (PSL-PE), divide opiniões até mesmo dentro do partido. O democrata soube que o anúncio do acordo causou irritação no ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Uma ala do PSL ainda resiste a Maia e diz que o acerto pode manchar a imagem da sigla. No entanto, havia o risco de o partido ficar isolado e sem espaços na Mesa Diretora após a falha da tentativa de criar um bloco de oposição ao democrata com PP, MDB, PSD e PTB.

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia