WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: ‘Geral’

Veja as principais manchetes dos jornais desta quinta-feira (10)

A Tarde
Jornais internacionais inserem Salvador em lista de destinos para 2019

:: LEIA MAIS »

Botuporã: Conheça o Locutor que faz sucesso com canal no youtube

O canal Programa Almoço Alternativo, começou na rádio Alternativa FM 87,9 de Botuporã situado no Sudoeste Baiano. Agora estamos gravando a programação e editando as melhores matérias, pra você do YouTube também poder acompanhar. Aqui você terá muitas notícias de Botuporã, da Bahia, do Brasil e do mundo. Informação e interatividade de montão pra você.

:: LEIA MAIS »

Barragem do Catolé: autorizado início das obras em Vitória da Conquista com investimetos de R$ 166 milhões

Imagem relacionada

O Ministério das Cidades informou oficialmente nesta terça-feira (08) à Secretaria de Infraestrurura Hídrica e Saneamento do Estado da Bahia (Sihs), que a Autorização de Início de Objeto (AIO), documento que permite a construção da Barragem de Catolé está liberada. O empreendimento, a ser construído pela Empresa Baiana de Saneamento e Águas (Embasa), vai beneficiar cerca de 350 mil habitantes de Vitória da Conquista e região, alocando investimentos estimados da ordem de R$ R$ 166.850.371,28 e foi aprovado pelo MinC no dia 28 de dezembro do ano passado. 

A previsão de conclusão da obra, após iniciada, é de 33 meses. A Barragem ficará a jusante da confluência do Rio Catolé com o Ribeirão Água Fria formando o Rio Catolé Grande. “Esta obra é de extrema importância para a região de Vitória da Conquista e vai trazer segurança hídrica para toda a região. Por isso, o Governador Rui Costa tem se empenhado e exigido da Sihs e da Embasa todos os esforços para o alcance desta meta”, enfatiza o secretário Cássio Peixoto.

Entre os municípios e localidades beneficiados estão ainda Campinhos; Pé de Serra; Bate Pé; Iguá; Pradoso; Pé de Galinha; Cercadinho; São João da Vitória; Dantilândia; Tabatinga I e II; Choça; Veredinha; Inhobim; Cabeceira da Jibóia; Farinha Molhada I e II; Assentamento Casulo; Quatis do Fumaça; Batuquinho; Chácaras Guarany; Lagoa de Zé Luis; Lagoa do Torquato; Vereda; Tabuleiro da Baiana; Cabaceira; Vereda Grande; Lagoa do Boi; Corta-Lote; Distrito de Campo Formoso; Poço Verde; Vila Verde; Pau Ferro II; Barrocas; Assentamento Santa Marta; Cachoeira das Araras; São Joaquim II; Estiva; Laranjeiras; São Domingos; Pedra Branca; Tapirema; Formosa; Cafezal; Posto Fiscal; povoados de Tigre e Caiçara. Tremedal (sede); Grama; Tamanduá; Povoado do Capim e Carlos Muller, assim como Belo Campo (sede); Ouriçanga; Mandacaru; Pau de Espinho e Lagoa Suja também compõem a lista de cidades beneficiadas com a Barragem de Catolé.

A Bacia Hidrográfica vai ocupar uma área de 761,20 km2, com altura de 53 metros. A Barragem terá extensão de 347 metros com largura do vertedouro de 55 metros, volume máximo normal de 23,73 hm3 e vazão regularizada (100% garantida) de 670 litros por segundo.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Conquista: Ex-candidato a vereador é preso por estelionato

A Polícia Civil de Vitória da Conquista (BA), prendeu na noite deste domingo (6) o Ex-candidato a vereador do município de Malhada, Waldemar Farias Filho (Araújo), de 36 anos de idade. A ação foi efetuada em cumprimento a um mandado de prisão expedido em 14 de setembro de 2018, pela 1ª Vara Criminal de Guanambi, visando coibir a prática de crimes de estelionato. De acordo com a polícia, Waldemar tem várias passagens na Delegacia Territorial de Guanambi, incluindo uma prisão no dia 22 de março de 2016, quando tentou realizar um empréstimo utilizando dados de uma pessoa falecida. Os documentos era de um tio do funcionário da instituição financeira que à época percebeu a fraude. Segundo o portal Folha do Vale, em 2013 Araújo também foi preso, após uma servidora pública da cidade de Carinhanha denunciar que ele havia usado seus documentos para financiar um veículo. Conforme denúncias registradas na polícia, em Vitória da Conquista, ele é suspeito de aplicar diversos golpes se passando por empresário. Araújo foi apresentado no Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP), mas deverá ser reconduzido a Guanambi, onde responde ao processo criminal. Fonte: Policia Civil

Tristeza: Esposa do técnico do ABC é encontrada morta em casa, com sinais de suicídio

A paulista Ana Letícia Rezende Fernandes Queiros, de 39 anos, foi encontrada morta, na noite deste sábado (5), em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal. Ela era esposa do técnico do ABC, Ranielle Ribeiro, e mãe de um menino de 6 anos. O ITEP-RN (Instituto Técnico-Científico de Perícia) apontou que ela morreu por enforcamento. Agora o caso será acompanhado pela Polícia Civil, que já fez um pedido de perícia para investigação. O resultado deve sair em 30 dias.

Existem poucas informações sobre o caso por enquanto. O portal “OP9” apurou que Ana foi encontrada morta em casa, pelo irmão, que depois deu a informação a Ranielle. O velório e o sepultamento de Ana Leticia aconteceram neste domingo (6), no Cemitério Morada da Paz, em Emaús. O ABC declarou luto de 3 dias por causa da morte de Ana Leticia. Outros clubes também já se manifestaram para lamentar o ocorrido, inclusive o rival América-RN.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Sinistro: Garotas de programa de Luxo tentam matar idoso de 71 anos durante 7 dias de relações intensa

Um Idoso de 71 anos foi sequestrado e vítima de violência sexual em Belém-PA, interior do Pará, A vítima, que não teve seu nome e idade revelados pela polícia, foi sequestrado e estuprado por três garotas de programas durante sete dias. Uma fonte próxima da vítima informou para o portal de notícias local, que os parentes e irmãos da igreja ficaram preocupados quando a vítima teria faltado na igreja por mais de uma semana.

“Decidimos começar a procurá-lo porque ficamos preocupados depois de perceber que nosso irmão estava ausente nos cultos há mais de uma semana. Fomos até um pequeno mercado onde ele frequentava. A sua mãe veio da cidade de Chicó para acompanhar. Depois de ouvir que seu filho tinha desaparecido, as pessoas no mercado nos disseram que o tinham visto pela última vez com as três garotas de programas”, disse a fonte.

De acordo com a fonte, colegas e parentes foram até a casa das garotas de programas. Já na residência, uma das acusadas teria mentido, relatando que nem elas e nem as suas amigas teriam visto a vítima. Diante a situação, eles foram até a Polícia Civil, onde registraram uma ocorrência.
Ainda de acordo com a fonte, quando eles retornaram à casa das garotas de programas, desta vez outra mulher saiu e disse que estava com o idoso dentro da residência.

A polícia foi acionada. Quando os policiais chegaram ao local informado, às três garotas foram presas e encaminhadas para delegacia da cidade, por volta das 16 horas de terça-feira. De acordo com o portal de notícias local, às acusadas estavam mantendo relações sexuais com a vítima dia e noite durante os sete dias que ficou na residência.

“QUERIA APENAS TESTAR SE ELE IRIA AGUENTAR FAZER COM NÓS TRÊS…DEPOIS DE ALGUMA HORAS ELE PIROU E DISSE QUE SÓ SAIRIA DA CASA MORTO” disse a mulher.

Segundo fontes da Delegacia de Polícia Civil, duas garotas de programas foram liberadas na quarta-feira, pois as relataram em seus depoimentos que a vítima tinha se oferecido para ser sequestrado por elas e na verdade elas eram as vítimas. O caso está sendo investigado pela polícia da cidade.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Veja as principais manchetes dos jornais deste sábado (05)

A TARDE/SALVADOR
 
Texto da previdência sai este mês, diz Bolsonaro

:: LEIA MAIS »

Veja as principais manchetes dos jornais desta terça-feira (01)

A Tarde: Jair Bolsonaro: cerimônia de posse durará mais de seis horas em Brasília (online)

:: LEIA MAIS »

Veja as principais manchetes dos jornais desta segunda-feira (31)

A Tarde
Inscrições para os colégios e creche da PM começam na próxima quarta

:: LEIA MAIS »

Míssil faz Brasil entrar em grupo seleto de países de 1º mundo

Fazia sol e calor, um céu sem nuvens e mar calmo, muito calmo – “quase um lago”, diria depois um tripulante da corveta V34 Barroso. Nesse cenário a Marinha do Brasil lançou pela primeira vez o míssil nacional antinavio Mansup, de longo alcance. Foi há pouco menos de um mês, a 300 km do litoral sul do Rio de Janeiro. Disparado a partir da corveta, o míssil, que mede 5,7 metros e pesa 860 quilos, voou a 1.000 km/hora bem próximo da superfície, acompanhando o movimento da água do mar. Caiu no ponto central das coordenadas programadas. Havia um alvo, o casco do G-27 Marajó, um navio-tanque de 13 mil toneladas, desativado há dois anos. Era só uma referência na operação. Não houve explosão. O Mansup do teste levava uma carga de sensores eletrônicos para fazer medições de telemetria. Em um ataque real, estaria recheado com até 180 quilos de explosivos de alto rendimento – o suficiente para afundar, por exemplo, uma fragata de 5 mil toneladas.
O Mansup é o primeiro modelo de uma família. A sequência prevê o Mansub, lançado por submarinos submersos a partir do mesmo tubo dos torpedos, e o Manaer, para aviões de combate e helicópteros pesados. O arranjo mais ambicioso, diz um especialista do Centro de Tecnologia da Marinha, é o Mansub. O míssil é acomodado dentro de uma cápsula, ejetada por uma carga de ar comprimido. Quando chega à superfície, um sensor digital reconhece essa condição e faz a ignição do motor. Os quatro novos submarinos diesel-elétricos brasileiros da classe do S-40 Riachuelo – recebido pela Força há duas semanas – e a também a variante nuclear vão incorporar o sistema. O programa de desenvolvimento começou há apenas dez anos. Até agora consumiu R$ 380 milhões. No dia do ensaio, uma zona de exclusão com o dobro de extensão do alcance máximo do míssil fora declarada com vários dias de antecedência para garantir ausência de tráfego marítimo durante a prova. A bordo, na sala do controle de fogo, a tripulação seguiu os protocolos de uma situação real. Iluminação reduzida, proteção extra, times completos. No “zero’”da contagem de disparo, apenas uma palavra, “Mansup!”, seguida da abertura do tubo de lançamento e do rugido do motor primário. O Mansup funciona em duas fases: um acelerador, o “booster”, dinamiza a etapa do ganho inicial de velocidade por poucos e intensos segundos até que entre em ação o propulsor principal. A navegação e o direcionamento são estabelecidos por meio de uma caixa de guiagem inercial, com radar interno ativo na etapa final da trajetória para afinar a precisão em relação ao objetivo. O míssil não é de cruzeiro, busca um alvo marcado, ou seja, não faz navegação própria até o impacto. Todavia, há pesquisas em andamento nos EUA e na China para permitir alguma capacidade desse gênero aos modelos Harpoon e Dragão de Seda, expandindo as possibilidades de emprego. A Marinha pretende liberar o Mansup para vendas internacionais. O empreendimento, sob a direção de agências oficiais, está sendo executado por quatro empresas do setor privado. A expectativa é de que ao menos dez nações da América do Sul, África, Ásia e Oceania considerem a substituição dos antigos Exocet B1 e B2. O preço comercial do míssil ainda não foi definido. O domínio do pacote de conhecimento sensível necessário à produção de mísseis antinavio coloca a indústria brasileira de equipamentos de defesa, de emprego militar, em meio a um clube formado por dez países. Os mais influentes estão lá, como EUA, Rússia e China. França e Suécia, parceiros das Forças Armadas, também. O Mansup é inspirado nos modelos franceses, que custam até US$ 2 milhões. É aí que o Mansup vai ter de encontrar espaço no mercado. (Estadão)

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia