WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘Brasil’

Absurdo: Homem toca fogo na casa e no carro pensando que tinha acertado na Mega Sena

Um homem de aproximadamente 31 anos morador de Babaçu, interior do Maranhão, incendiou a casa e o único carro da família ao acreditar que tinha acertado as seis dezenas da Mega Sena que estava acumulada em mais de 200 milhões.

O comerciante Adailton Feliciano fez uma única aposta e ao conferir o volante disse que não acreditou quando viu os números sorteados ficou muito eufórico e resolveu botar fogo na casa e no próprio carro e aos gritos avisava a todos os vizinhos “Chega dessa merda desse barraco e desse carro velho! Amanhã estarei andando de Camaro!”O filho do comerciante conta que o pai chegou em casa gritando eufórico, colocou todo mundo para fora de casa e ateou fogo em tudo e dizendo que tinha acertado e estava rico, foi quando sua mãe chegou ao local muito abatida e contou que havia esquecido de fazer a aposta como Feliciano havia pedido ao sair de casa pela manhã. Adailton Feliciano não se conteve e teve uma crise nervosa.

Após saber de todas a história o Delegado da 5º Regional do Maranhão resolveu não indiciar Adailton ao saber que ele havia incendiado a casa e o próprio carro em via pública.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

População LGBT é retirada das diretrizes dos Direitos Humanos por MP assinada por Bolsonaro

A população LGBT foi retirada da lista de políticas e diretrizes destinadas à promoção dos Direitos Humanos pela Medida Provisória de nº 870/19, assinada hoje (2) pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

A MP destrincha as mudanças na estrutura dos ministérios, incluindo o novo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado pela ministra Damares Alves. A edição foi publicada no Diário Oficial da União de hoje.

Nas políticas e diretrizes destinadas à promoção dos direitos humanos foram incluídos explicitamente as “mulheres, criança e adolescente, juventude, idoso, pessoa com deficiência, população negra, minorias étnicas e sociais e Índio”. Antes citadas nas estruturas da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa da Pessoa Idosa, a comunidade LGBT foi excluída.

Seis secretarias nacionais existem na estrutura do novo ministério: Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres; Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente; Secretaria Nacional da Juventude; Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial; Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Helicóptero cai e mata pedestre em São Paulo

Um helicóptero, modelo R44 PR-RMZ, que levava três pessoas caiu por volta das 11h desta terça-feira (1º) no bairro Itaguá em Ubatuba, litoral de São Paulo.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, um pedestre morreu após ter sido atingido na queda da aeronave. Duas pessoas que estavam no helicóptero tiveram ferimentos leves e foram socorridas para a Santa Casa da cidade. Eles eram passageiros da aeronave, que fazia voos panorâmicos com turistas.

Segundo o hospital, um homem e uma mulher deram entrada no atendimento e o estado de saúde deles é estável. Ainda não há informações sobre o socorro prestado ao piloto do helicóptero.

De acordo com os bombeiros, o piloto perdeu altitude e fez um pouso forçado. Houve vazamento de combustível da aeronave e uma viatura fez a contenção do líquido. Nenhuma residência foi atingida na queda.

O acidente ocorreu no cruzamento entre as ruas Rodrigues de Abreu e Carlos Asseburgo. A Força Aérea Brasileira (FAB) informou em nota que investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa IV) darão início às investigações sobre o acidente com a aeronave PR-RMZ.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Governo Bolsonaro: Ministro confirma pagamento de 13º do Bolsa Família no fim deste ano

O deputado Osmar Terra (MDB-RS), ao assumir o Ministério da Cidadania nesta quarta-feira (2), disse que o governo deverá pagar 13º salário para beneficiários do Bolsa Família no fim de 2019. A pasta da Cidadania, criada pela gestão do presidente Jair Bolsonaro, reúne atribuições do antigos ministérios da Cultura, Esportes e Desenvolvimento Social. De acordo com Terra, o investimento no 13º do Bolsa Família seria de R$ 2,5 bilhões, valor que é destinado mensalmente para o benefício. Ele afirmou ainda que, ao mesmo tempo em que tenta viabilizar o 13º, o ministério deverá ampliar a identificação de eventuais fraudes no programa.

“São R$ 2,5 bilhões. O que nós temos que fazer é reforçar o orçamento, que nos deram um orçamento de perna curta nessa área. E, ao mesmo tempo, ampliar o pente-fino para realmente separar o joio do trigo”, disse Terra. O ministro, que comandou o Desenvolvimento Social na gestão do ex-presidente Michel Temer, afirmou ainda que pretende modificar o Bolsa Família para aumentar a inclusão de jovens de famílias beneficiárias no mercado de trabalho. “Reforçar com a inclusão produtiva e ter pelo menos um jovem por família com a oportunidade de fazer um curso técnico ou de receber microcrédito”, afirmou.

De acordo com o novo ministro, as atribuições dos três ministérios fundidos na Cidadania deverão ser mantidas. Ele apresentou os secretários dedicados a cada área dentro da pasta. “[A junção] não vai tirar a força que cada ministério tem. O Ministério da Cultura vai continuar com todos os seus componentes. Ele vai se fortalecer com ações integradas com as áreas social e do esporte”, afirmou Terra. Sobre Jair Bolsonaro, Terra disse que “será um presidente preocupado em fazer com que as coisas aconteçam, também na área social”. Na área da Cultura, Terra falou em “democratizar a Lei Rouanet”. Ele disse que 80% do dinheiro é destinado para Rio de Janeiro e São Paulo. “O Nordeste precisa ter patrocínio, a cultura popular”, completou.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Subsídio chega ao fim e diesel sobe 2,5% nas refinarias no dia 1º

A Petrobras anunciou hoje (31) que o preço médio nacional de comercialização de diesel em suas refinarias subirá 2,5%, passando a ser R$1,8545 por litro. O novo valor entra em vigor a partir de 0h de amanhã (1º). O aumento decorre do fim do subsídio pactuado entre o governo federal e os caminhoneiros que lideraram a paralisação ocorrida no final de maio. Na ocasião, milhares de veículos ficaram estacionados nas estradas e não distribuíram mercadorias, provocando desabastecimento de vários itens em todo o país, como combustível e alimentos.

Para superar o impasse, um dos pontos do acordo foi uma redução de R$0,46 do preço diesel nas refinarias. Desse valor, R$ 0,16 foram obtidos por meio de redução de tributos, R$ 0,30 foram assegurados por meio do programa de subvenção que seria válido inicialmente por 60 dias. Posteriormente, o governo federal decidiu prorrogá-lo até o fim do ano. De acordo com nota divulgada pela Petrobras, apesar do aumento, o custo praticado nas refinarias será ainda 11,75% mais baixo do que era em 31 de maio, quando foi anunciado o último valor antes do subsídio entrar em vigor. “Esta alteração é consequência da variação do câmbio e do preço internacional do diesel no período”, informou a estatal.

Já considerando o reajuste, o preço médio do diesel comercializado pela Petrobras acumula queda de 2,1% em 12 meses. O valor cobrado nas refinarias da estatal está atrelado, entre outras variáveis, a cotações internacionais do combustível e do câmbio. Já o valor pago pelo consumidor nos postos de combustível agrega outros fatores como a incidência de tributos e as margens de lucro dos distribuidores e revendedores.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Bolsonaro saúda ministra que mandou cancelar contrato milionário na Funai

Ministra Damares Alves, titular da pasta de Mulher, Direitos Humanos.

O presidente Jair Bolsonaro publicou há pouco uma mensagem em sua página do Twitter cumprimentando a ministra Damares Alves (Mulher, Direitos Humanos) por haver determinado a suspensão de contrato, sem licitação, no valor de R$44,9 milhões realizado pela Funai (Fundação Nacional do Índio) nos últimos dias do governo de Michel Temer (MDB).

Em razão desse contrato, a Universidade Federal Fluminense (UFF) foi contratada para “dar apoio institucional ao desenvolvimento do projeto ‘Fortalecimento Institucional da Funai’”. O contrato foi assinado em 28 de dezembro.

“Este e muitos outros virão” – exultou Bolsonaro no Twitter – “os estudos estão sendo feitos e serão divulgados um a um!”

A Funai era controlada pelo deputado André Moura (PSC-SE). Em ofício ao presidente do órgão, a ministra escreveu nesta quarta-feira (2): “Considerando a vultosa quantia e os documentos que instruem o processo, solicita-se a imediata suspensão do instrumento [contrato]”. Conteúdo: Diário do Poder

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Número de acidentes graves nas rodovias federais da BA tem redução de 44%, diz PRF

Um levantamento feito nas rodovias federais da Bahia mostra que 41 acidentes de trânsito foram registrados da última sexta (28) até essa terça-feira (1º). Esse número registra uma redução de 40,58%, considerando o balanço da virada do ano de 2017 para 2018, em que 69 ocorrências foram notificadas.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal na Bahia (PRF-BA), na Operação Ano Novo 2018/2019, 14 ocorrências foram classificadas como graves, numa redução de 44% em relação ao último ano. Já o número de óbitos reduziu 20%, com oito pessoas mortas.

Por outro lado, a PRF aponta crescimento no número de veículos flagrados acima do limite de velocidade permitido. Enquanto no ano passado, foram capturadas 2.121 imagens da infração, de 2018 para 2019, 5.064 infrações foram registradas, num aumento de 138,76%.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Vitória troca lateral por meia do Coritiba até o fim de 2019

O Vitória acertou hoje (2) a troca do lateral-direito Fabiano pelo meia Ruy, que atualmente defende o Coritiba. A negociação foi encerrada após tratativas sobre o período de contrato. O atleta do time paranaense vai defender as cores do Leão até o fim de 2019, data que também vai durar o empréstimo de Fabiano. O defensor foi contratado durante a temporada e disputou apenas 12 jogos pelo Leão, balançando as redes apenas uma vez. Ele tem 28 anos e tem contrato com o Vitória até dezembro de 2020.

Aos 29 anos, Ruy se destacou no Coritiba em 2009 e acumula passagens por diversos clubes, como Vilhena, GD Ribeirão-POR, Arapongas, Maringá e Operário Ferroviário. De 2015 para cá, quando retornou ao Coxa, o atleta teve uma sequência de duas temporadas: entrou em campo 47 vezes e marcou apenas quatro gols.

No ano passado, Ruy foi emprestado ao América-MG, clube que defendeu em 24 oportunidades e marcou seis vezes. Um novo empréstimo ao time mineiro aconteceu em 2018, ano em que ele disputou 25 jogos e fez um gol.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Acidentes com escorpiões aumentam e causam alerta; risco é maior em crianças

Imagem ilustrativa

Após notar aumento no número de ocorrências, o Ministério da Saúde emitiu um alerta sobre os riscos da picada de escorpiões. Em parceria firmada com o Instituto Butantan, o governo federal pretende orientar profissionais da saúde e prefeituras sobre como evitar a proliferação do aracnídeo.

Em 2016 foram notificados 91.701 casos no país. Desses, 120 resultaram em morte. Em 2017, o número de registros subiu para 124.903 (uma alta de 36,2%) e o de mortes para 143 (crescimento de 19%).

Neste ano, até setembro, 90.382 pessoas já haviam sido picadas por escorpiões, segundo dados do Ministério da Saúde. O número de óbitos ainda não foi fechado.

Para o aracnólogo do Instituto Butantan, Rogério Bertani, o escorpião foi se adaptando a viver próximo ao homem. “A espécie amarela está se tornando cada vez mais um problema urbano. O escorpião consegue viver, por exemplo, em galerias de águas pluviais, que estão espalhadas por toda cidade.”

Segundo Bertani, o combate ao escorpião é difícil, pois não há inseticida eficaz. “Ele se esconde quando percebe produto químico.” O aracnólogo ainda explica que o verão é a época de maior incidência de picadas, pois os escorpiões são obrigados a deixar seus esconderijos.

“Com o calor, as presas que o escorpião gosta de capturar, como baratas e pequenas aranhas, ficam mais ativas. Além disso, as fortes chuvas de verão ajudam a desalojá-los.”

RISCO MAIOR EM CRIANÇAS
As mortes por envenenamento causado por picada de escorpião são mais comuns em crianças. Segundo os especialistas, a maioria dos acidentes desse tipo é causada pelo escorpião Tityus serrulatus (o amarelo).

“A picada de escorpião é muito perigosa para crianças abaixo de sete anos, pois o veneno é bastante potente. A dica para quem mora em áreas de infestação é colocar em cada pé da cama ou do berço um frasco de vaselina ou óleo de cozinha para impedir que ele suba”, explica Rogério Bertani.

O especialista ainda recomenda que lanternas com lâmpadas ultravioletas sejam usadas para iluminar cômodos da casa. “O escorpião tem uma substância na pele que faz com que fique fluorescente. Assim, ele fica visível à noite.” Leia mais AQUI.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Brasileiro quer juntar dinheiro para pagar dívidas, diz pesquisa

Pesquisa divulgada hoje (2) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que as principais metas financeiras do brasileiro para 2019 são juntar dinheiro para pagar dívidas.
Segundo a pesquisa, 51% do total dos entrevistados pretende juntar dinheiro em 2019 e 37% e “sair do vermelho”. Sete em cada dez entrevistados (72%) dizem estar otimistas com a economia neste ano e que a vida financeira será melhor, enquanto 8% do total revela pessimismo, dizendo que a economia vai piorar.

“À medida em que o novo governo anuncia seus projetos para o país, aumenta o clima de otimismo com a retomada da economia, que deve começar a ser percebido a partir do segundo semestre”, disse José César da Costa, presidente da CNDL.

Entre os otimistas, as perspectivas para este ano são manter os pagamentos das contas em dia (69%), fazer reserva financeira (59%) e realizar algum sonho de consumo (57%).

Foram entrevistadas 702 pessoas, entre os dias 27 de novembro e 10 de dezembro de 2018, de ambos os sexos e acima de 18 anos, de todas as classes sociais, em todas as regiões brasileiras.

Crise
Seis em cada dez entrevistados (58%) acreditam que os efeitos da crise terão impacto ainda neste ano. Para evitar o impacto dela no cotidiano, os entrevistados dizem que pretendem organizar ou controlar mais as contas da casa (51%), pesquisar mais os preços (50%), aumentar a renda com trabalho extra e bicos (44%) e evitar o uso do cartão de crédito (44%).

Temores

Entre os principais temores para este novo ano foram citados: não conseguir pagar as contas (61%), não guardar dinheiro (45%), abrir mão de determinados confortos no dia a dia (34%), não obter um emprego (28%) e perder o emprego (20%).

“Apesar de os brasileiros continuarem sentindo os efeitos da crise, a possibilidade de crescimento da economia impõe novos desafios para o sucesso de projetos pessoais, que passará pela capacidade do consumidor de controlar o orçamento, planejar e poupar”, disse Roque Pellizzaro Junior, presidente do SPC Brasil.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia