WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  


:: ‘Brasil’

Luto nacional: “Pior dia da minha vida”, lamenta viúva de Ricardo Boechat no Instagram

“Pior dia da minha vida”. Com essas palavras e uma foto em preto e branco, a jornalista Veruska Seibel lamentou a morte do marido, o âncora Ricardo Boechat, que estava em um helicóptero que caiu nesta segunda-feira (11) no Rodoanel, em São Paulo, ao voltar de um evento em Campinas. Os dois se casaram em 2005 e tiveram juntos duas filhas, Valentina, 12, e Catarina, 10. O jornalista tinha ainda quatro filhos do primeiro casamento. Muito abalada, Veruska falou com a TV Globo e contou que Boechat tinha planos de almoçar com ela hoje.

“Ele queria almoçar em casa”, contou. O helicóptero deveria pousar no heliponto da própria Band às 12h15, no horário de Brasília. Ainda hoje, o apresentador participaria do “Jornal da Band”. A Band esperou mais de uma hora após ter a confirmação da morte de Boechat para noticiar que seu principal âncora estava no acidente fatal em seus canais. O motivo foi por respeito a Veruska, também jornalista do grupo, que ainda não sabia da morte. A notícia do acidente com dois mortos no Rodoanel, em São Paulo, foi dada pela rádio Band News, antes da confirmação de que Boechat estava envolvido.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceb

:: LEIA MAIS »

Veja as principais manchetes dos jornais desta terça-feira (12)

A Tarde
Policial é preso suspeito de extorsão e sequestro em Salvador

:: LEIA MAIS »

Ricardo Boechat: Vídeos mostram última transmissão na rádio e choro de Datena ao noticiar morte

Colegas do jornalista Ricardo Boechat se emocionaram na tarde desta segunda-feira (11) ao anunciar ao público o falecimento do apresentador da TV Band. Em uma entrada ao vivo no canal em que Boechat trabalhava, o apresentador José Luiz Datena se comoveu e chorou ao noticiar o acontecido. “Até os inimigos respeitavam Boechat. Porque era muito difícil contestá-lo”, comentou. Assista:

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Luto na TV: Confirmada a morte de Ricardo Boechat na queda de helicóptero em São Paulo

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo. O jornalista estava em helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil” e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo.

Ele ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro e atuou em alguns dos principais veículos e canais do país. Boechat estava dando uma palestra em Campinas, no interior do estado, e retornava a São Paulo nesta segunda, de acordo com jornalistas da TV Band. Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo.

Acidente

O chamado de socorro foi feito às 12h14. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco. De acordo com a CCR Rodoanel Oeste, que administra o Rodoanel, houve uma terceira vítima com ferimentos, o motorista do caminhão. Segundo informações iniciais, o helicóptero saiu do hangar Sales, no Campo de Marte, na Zona Norte da capital paulista, que ficou destelhado após um vendaval nas últimas semanas. Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local. A Polícia Rodoviária Estadual informou que a alça de acesso do Rodoanel à Rodovia Anhanguera precisou ser interditada. Já a rodovia não teve bloqueio.

Carreira

Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo. O perfil de Boechat no site da Band News FM informa que ele era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA). Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Flamengo manterá salários das vítimas do incêndio

A diretoria do Flamengo comprometeu-se a manter o pagamento dos salários às vítimas do incêndio em um dos alojamentos do clube, no Ninho do Urubu, como é conhecimento popularmente o Centro de Treinamento Presidente George Helal.

“Neste momento, o clube, de pleno, assume o compromisso de manter a remuneração paga aos atletas vítimas do incêndio, sem qualquer prejuízo de outras ações adicionais de apoio que estão sendo implementadas”, diz a nota divulgada ontem (10).

Em outro trecho da nota, a diretoria do Flamengo ressalta que, de acordo com a empresa NHJ, responsável pelo alojamento de contêiner, a espuma usada no isolamento térmico e acústico não era inflamável.

Hoje (11), representantes do clube devem participar de uma reunião no Ministério Público (MP) para tentar esclarecer o que ocorreu no Ninho do Urubu. Também estarão presentes à reunião representantes de diversos outros órgãos da Justiça e da prefeitura do Rio.

STF julga nesta semana ação para criminalizar homofobia

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar nesta quarta (13) uma ação protocolada pelo PPS para criminalizar a homofobia, que é a discriminação contra as pessoas LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). O processo tramita na Corte desde 2013 e será relatado pelo ministro Celso de Mello.

Na sessão, os ministros devem definir se cabe ao Supremo criar regras temporárias para punir agressões motivadas por homofobia, devido à demora da aprovação da matéria no Congresso Nacional. Pelo atual ordenamento jurídico, a tipificação de crimes cabe ao Poder Legislativo, responsável pela criação das leis.

O crime de homofobia não está tipificado na legislação penal brasileira. Nos casos de agressões contra homossexuais, a conduta é tratada como lesão corporal, tentativa de homicídio ou ofensa moral.

Número de mortes em Brumadinho sobe para 165

O número de mortos pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho subiu para 165, informou hoje (10) a Defesa Civil de Minas Gerais. De acordo com o órgão, ainda há 160 desaparecidos.

As buscas chegaram ao 17º dia. Os trabalhos foram retomados pelos bombeiros com o auxílio de 35 máquinas pesadas e 11 aeronaves. A busca tem como foco a usina de Instalação de Tratamento de Minério na parte administrativa, a área administrativa e os locais de acúmulo de rejeitos.

Desastre: Ônibus que seguia para Governador Valadares cai em ribanceira e deixa dois mortos

Duas pessoas morreram e várias ficaram feridas em um acidente envolvendo um ônibus e um carro no final da tarde deste domingo (10) na RJ-220, na altura de Natividade, no Noroeste Fluminense. Segundo o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), o ônibus colidiu com um carro e caiu em uma ribanceira às margens da rodovia. Ainda de acordo com o BPRv, estava chovendo muito na hora do acidente.

O BPRv informou também que os feridos estão sendo socorridos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para unidades de saúde de Natividade e Itaperuna. Em nota, a Auto Viação 1001 informou que o ônibus fazia a linha de Campos dos Goytacazes para Governador Valadares e estava com 27 passageiros. A empresa divulgou também que está no local para atendimento às vítimas e se coloca à disposição das autoridades para auxiliar nas investigações. As causas do acidente serão investigadas na 140ª Delegacia de Polícia de Natividade.

Jovem adquire infecção e fica paraplégica após colocar piercing no nariz

Uma jovem brasiliense de 21 anos adquiriu uma infecção após colocar um piercing no nariz e acabou ficando paraplégica. Layane Dias relatou a revista Ana Maria que colocou o piercing em junho de 2018 e cerca de um mês depois é que os problemas começaram a aparecer. Segundo Layane, um caroço vermelho apareceu no nariz e ela achou que fosse uma espinha, alguns dias depois o caroço sumiu e ela começou a sentir dor nas costas que só pioravam com o passar do tempo.

A jovem contou ainda que foi algumas vezes a um posto de saúde, tomou injeções para dor, mas o efeito dos medicamentos não durava muito tempo e ela voltava a sentir dores.

A brasiliense acabou internada para fazer exames que pudessem explicar o que estava acontecendo com ela. O exame de sangue indicou infecção e uma ressonância mostrou pus na medula espinhal da jovem. Layane foi submetida a um processo cirúrgico de emergência mas acabou perdendo os movimentos das pernas.

De acordo com o infectologista Felipe Tuon, professor do Adjunto de Infectologia da Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR), casos como o de Layane são raros, mas podem acontecer por uma série de fatores, como as condições de higiene do estúdio onde ocorreu a perfuração e o próprio organismo da pessoa. “Muito provavelmente ela já possuía uma grande quantidade dessas bactérias no nariz e, ao furar o local, elas encontraram uma forma de chegar até a corrente sanguínea e se proliferarem”, explicou o médico.

Veja as principais manchetes dos jornais desta segunda-feira (11)

A Tarde
Mulher e mais oito suspeitos são presos em festa do pó em Jacuípe

:: LEIA MAIS »

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia