WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘Bizarro’

Ciúmes: Durante briga, namorada atira 6 vezes em delegado e depois comete suicídio. VÍDEO

O delegado da Polícia Civil de São Paulo, Paulo Bilynskyj, foi encontrado baleado na manhã desta quarta-feira (20), em seu apartamento, junto com a namorada Priscila Delgado. A modelo foi encontrada com um tiro na lateral do corpo e morreu no local. Paulo está internado em estado grave, pois foi atingido por seis tiros.

Investigadores acreditam que a mulher tentou matá-lo e em sequência se suicidou, mas não descartam a hipótese de feminicídio. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Em um vídeo gravado no hospital, Paulo diz que a namorada atirou por ciúmes, após ver uma mensagem de outra mulher em seu celular. Assista:

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Covid-19: Havan inclui arroz e feijão nas prateleiras para se enquadrar como atividade essencial

A rede de lojas Havan, conhecida por vender itens de utilidade para o lar, passou a incluir alimentos como arroz, feijão, macarrão e óleo em suas prateleiras e briga na Justiça para ser considerada atividade essencial durante a pandemia do novo coronavírus. A nova linha de produtos é adotada no momento em que o presidente Jair Bolsonaro conclama empresários a “jogar pesado” contra as medidas de restrição decretadas por prefeitos e governadores. A rede Havan pertence ao empresário Luciano Hang, aliado do presidente.

Além da inclusão de alimentos da cesta básica em seu portfólio, a estratégia da empresa para se manter operando, enquanto estados e municípios decretam distanciamento, inclui ações judiciais e protestos de funcionários nas portas de prefeituras. A Folha apurou com funcionários da Havan que alimentos como arroz e feijão passaram a figurar nas prateleiras da loja há cerca de duas semanas, já em meio à pandemia e à determinação do fechamento de serviços não essenciais. O estoque disponível nas lojas, contudo, é sempre baixo. Na unidade de Ribeirão Preto, ao lado do setor de produtos de acampamento, havia nas prateleiras, nesta segunda-feira (18), 20 pacotes de feijão, 18 de arroz, 12 garrafas de óleo, 21 de milho verde, 17 de ervilha, 12 de molho de tomate e cinco de salsicha.

Na gôndola ao lado, itens como detergente e papel higiênico estavam à disposição dos clientes, mas, no período em que a reportagem esteve na loja, nenhum consumidor sequer parou para olhar os produtos que ali estavam. Estes produtos também não estão disponíveis para venda no site da Havan. Os únicos alimentos vendidos na loja virtual são chocolates e cápsulas de café. A venda de alimentos da cesta básica reforça um argumento que a Havan tem levado a diversos tribunais pelo país: o de que é um hipermercado e não uma loja de departamentos. E, por isso, deve ser considerado serviço essencial. Ao todo, das 143 lojas da rede, apenas 16 estão fechadas. A maioria das lojas abertas está em Santa Catarina e Paraná, estados que flexibilizaram a abertura de determinados setores do comércio, mas com horário reduzido. As lojas fechadas estão em São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Pará e Acre.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Tragédia: Estudante morre atropelada em rodovia, enquanto pedia ajuda após cair da moto

Uma jovem de 21 anos morreu atropelada enquanto pedia ajuda após sofrer um acidente de moto na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em Itanhaém, no litoral de São Paulo. O motorista do veículo que a atingiu disse à Polícia que teve dificuldade de enxergá-la. Segundo apurado pelo G1 nesta terça-feira (19), o acidente ocorreu na pista sentido Peruíbe. A moto da estudante Nayara da Silva foi encontrada embaixo da defensa metálica do acostamento. Segundo testemunhas, o trecho da via onde ela morreu, na altura do km 325, não é iluminado.

De acordo com informações obtidas pelo G1, após o primeiro acidente, Nayara conseguiu se levantar e correu até a pista da rodovia para pedir ajuda. Por conta da má iluminação, o motorista de um carro não viu ela a tempo e acabou a atropelando. A auxiliar de enfermagem Eliane Morais, de 45 anos, foi a última pessoa a ter contato com a jovem no local do acidente. A profissional estava passando pelo trecho quando um carro parou abruptamente e notou uma pessoa caída na pista. “Imediatamente peguei minhas luvas, desci do carro e fui ver o que estava acontecendo. Foi difícil chegar até o local, estava muito escuro”, relata.

Quando chegou à vítima, ela diz que sentiu a pulsação, mas Nayara já estava inconsciente. “Tirei o cabelo do rosto dela. Tinha pulsação fraca, estava respirando ainda. O abdômen dela tinha uma abertura grande. Acionamos o Samu e fiquei ali, com a mão dela, esperando o resgate chegar”. “Lembro que cheguei perto dela e disse: ‘vai em paz, fica tranquila’. Foi minha única reação como pessoa. Não é uma coisa que acontece rotineiramente. Não pude fazer nada a não ser ficar ao lado dela. É triste parar para prestar socorro e sentir a pessoa no último fio de vida”, desabafa.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Absurdo: Jovem faz selfie sem máscara ao lado da mãe internada e causa polêmica

Um jovem viralizou nas redes sociais após publicar uma selfie ao lado da mãe internada no hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí (SP), e ironizar que não ia usar máscara mesmo estando na unidade. Na postagem feita no domingo (17), o rapaz chegou a afirmar que não ia “se curvar ao Globalismo” e dirigiu ofensas à Organização Mundial da Saúde (OMS).

A publicação recebeu mais de três mil comentários no Twitter e causou indignação em milhares de internautas, que criticaram a atitude por ir contra as determinações dos órgãos reguladores de saúde para evitar a disseminação da Covid-19. Segundo a reportagem do G1 apurou, após denúncias de outros acompanhantes sobre a falta de máscara, o jovem foi abordado pela equipe de segurança do hospital e orientado a colocar o equipamento de proteção. Horas após a repercussão negativa, o jovem apagou a foto e fez uma publicação pedindo desculpa pela atitude.

“Reconheço que agi de maneira imprópria. Me desculpe os que se sentiram agredidos com isso. Temos que tomar cuidados necessários. Mas sem exageros. Me expressei mal. Me desculpem mais uma vez”, afirmou. Em nota, o Hospital São Vicente afirmou que o rapaz chegou ao local sem máscara e foi orientado sobre a necessidade do uso, recebendo o item na recepção. Durante a permanência no hospital, ele retirou a máscara e recolocou após nova orientação da equipe de segurança. O G1 tentou entrar em contato com o jovem, mas não obteve retorno até a publicação da reportagem. // TV Tem.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Veja as principais manchetes dos jornais deste domingo (17)

A Tarde
Quatro policiais são presos suspeitos de matarem dois irmãos em Camaçari

:: LEIA MAIS »

Horror: Jogador mata filho de 5 anos, no hospital, ao saber que o garoto contraiu Covid-19

Um caso de assassinato chocou toda a Turquia. Cevher Toktas, um zagueiro de 32 anos que atua no Bursa Yildirim, das divisões semiprofissionais do país, se entregou à polícia e admitiu, nesta terça-feira, que assassinou o próprio filho, de cinco anos, em um hospital. No dia 23 de abril, Cevher levou o filho, Kasim, para o hospital. O menino apresentava febre e problemas respiratórios e, por isto, foi internado e isolado em um hospital com suspeita de coronavírus.

O garoto morreu poucas horas depois de ter dado entrada no estabelecimento e o Covid-19 foi apontado como a causa da tragédia. Contudo, neste mês, Cevher contou a verdade do caso. Quando a sala que Kasim estava internado ficou vazia, o jogador o sufocou até a morte, como o próprio afirmou em documento divulgado pelo jornal “Daily Sabah”. – Coloquei uma almofada na cabeça do meu filho, que estava deitado de costas. Pressionei por 15 minutos sem parar. O meu filho resistiu durante algum tempo. Quando parou de se mexer, levantei a almofada. Então, chamei os médicos para que não suspeitassem de nada – admitiu.Como o menino estava internado com suspeita de COVID-19, o vírus foi apontado, de primeira, como a causa da morte de Kasim. Como não houve autópsia, Cevher saiu do hospital sem levantar nenhum tipo de suspeita.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Viralizou: Observatório Nacional e Aeronáutica negam “OVNIs” filmados em Magé. VÍDEO

Um vídeo que mostra uma suposta queda de OVNI (objeto voador não identificado) em Magé, no Rio de Janeiro, intrigou usuários nesta quarta-feira (13). Moradores da cidade relataram nas redes sociais sobre um objeto estranho emitindo luzes e ruídos no céu. O assunto é um dos mais comentados no Twitter nesta manhã. Assista

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Caixão é abandonado em via pública e assusta moradores no Centro de Itabuna

Na tarde deste sábado (09), uma cena inusitada ocorrida no Centro de Itabuna chamou à atenção de populares, e com repercussão em redes sociais.

Um caixão foi abandonado na Rua Antônio Muniz, nas imediações da Santa Casa de Misericórdia. As informações preliminares apontavam para o fato de que uma pessoa teria morrido de Covid-19, e um senhor, familiar do suposto falecido, empurrava o caixão sozinho, até não suportar mais e abandoná-lo em via pública.

Contudo, o que aconteceu, efetivamente, de acordo com  blog Políticos do Sul da Bahia, foi que um funcionário de uma funerária ali perto, conduzia o caixão vazio até ao necrotério da Santa Casa, mas ele teria esquecido a roupa do morto, por isso deixou o caixão ali por um tempo, e foi buscar o material esquecido. Tempo suficiente para as especulações ganharem as redes sociais, e assustar moradores da região.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

“Feijão cura Covid”: MPF entra com notícia-crime contra o apóstolo Valdemiro Santiago

O Ministério Público Federal (MPF) viu indícios de estelionato por parte do pastor Valdemiro Santiago de Oliveira, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus (IMPD), que apareceu em vídeo divulgado na internet anunciando sementes de feijão com supostos poderes de curar a Covid-19. A Procuradoria Regional da República da 5ª Região, no Recife (PE) pediu nesta sexta-feira (8) que o Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) apure o caso e denuncie o pastor.

Segundo o procurador federal Wellington Cabral Saraiva, “está claro” no vídeo que o pastor “usa de influência religiosa e da mística da religião para obter vantagem pessoal (ou em benefício da igreja), induzindo vítimas em erro, pois não há evidência conhecida de cura da Covid-19 por meio de alguma divindade nem por ingestão ou plantação de feijões mágicos”. “O noticiado não fala explicitamente em pagamento, pois emprega a palavra-código “propósito”. As vítimas não fariam pagamentos, mas “propósitos”. A despeito do disfarce linguístico, o ardil está claro: os fiéis devem pagar valores predeterminados para obter feijões mágicos que os poderão curar da Covid-19, mesmo em casos graves”, afirma Wellington Cabral Saraiva.

No vídeo, o pastor Valdemiro Santiago fala da planta e pede o “propósito de R$ 1 mil” por ela. “Na última reunião de bispos e pastores, apresentando com exame, com laudo médico, gente curada de coronavírus. Em estado terminal, podemos dizer assim. Gravíssimo, num estado muito avançado. E Deus operou e fez maravilha. E tá ali o exame, para quem quiser. Seria bom uma reportagem na Globo, na Bandeirantes, na Record, no SBT, na Redetv, para mostrar ao povo o poder de Deus. Aí você vê como é importante a semente, a semeadura. Então o povo obedeceu a José e semeou na terra. E a terra deu o retorno. Toda família se fartou e conseguiu venceu a crise, a epidemia”, diz o pastor.

‘Deboche da boa-fé’

Na notícia crime enviada aos promotores de São Paulo, o procurador do MPF também afirma que o pastor Valdemiro Santiago “praticamente debocha da boa-fé de seus seguidores, informando que as sementes germinarão e na planta estará escrito ‘Sê tu uma bênção’”– que é o slogan místico-publicitário da organização religiosa comandada por ele. “Não se pode, a título de liberdade religiosa, permitir que indivíduos inescrupulosos ludibriem vítimas vulneráveis e firam a fé pública. Não se trata de coibir as pessoas em geral de professar a fé que desejarem e de cultuar as divindades de sua preferência, na forma de sua escolha. Trata-se de impedir que determinados indivíduos se valham desse conjunto de crenças para obter vantagem econômica ilegítima, valendo-se da crendice alheia, mediante sofisticados esquemas publicitários, psicológicos e tecnológicos”, argumenta o procurador.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Mulher que zombou do “fique em casa” lamenta morte do marido por Covid-19

Por meio de vídeo, uma comerciante da cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa, lamentou a morte do marido – um sargento reformado da Polícia Militar (PM) – diagnosticado com Covid-19Ela, que se mostrava contrária ao isolamento social como forma de prevenção à disseminação do novo coronavírus, fez um alerta em que implora para que todos fiquem em casa

“Há 15 dias eu escutava essa palavra ‘fique em casa’ e até cheguei a zombar. Cheguei na loja, fiz um vídeo dizendo ‘fique em casa, mas quem vai pagar nossas contas no final do mês?’. Hoje eu digo, ‘fique em casa, literalmente’”, afirmou Silvana Cunha.

*Metrópoles

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia