WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


:: ‘Bizarro’

Horror: Jovem é morta pelo irmão durante cobrança de dívida. Ele pediu desculpas no Facebook

D’Avila Vitória Lima Vieira, de 19 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça pelo próprio irmão, identificado como Ítalo Venâncio Lima Vieira.

A Polícia Militar registrou na noite dessa sexta feira, 06, um trágico caso de homicídio envolvendo irmãos. De acordo com o boletim policial, D’Avila Vitória Lima Vieira, de 19 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça pelo próprio irmão, identificado como Ítalo Venâncio Lima Vieira, 18 anos, durante discussão por causa de dívida. A vítima estava deitada quando o irmão chegou cobrando uma dívida.

O fato aconteceu em uma residência localizada na Rua Cabo Verde, bairro Três Marias, zona leste de Porto Velho. Após o crime o suspeito evadiu-se do local do delito. O SAMU foi acionado pelo próprio irmão. Consta ainda da ocorrência que dois jovens que teriam ido ao local pegar a arma usada no crime acabaram sendo detidos por populares e encaminhados à Central de Polícia. Ítalo foi localizado horas depois no mesmo bairro, na casa da namorada.Nas redes sociais, o acusado publicou uma foto da irmã pedindo desculpas e dizendo que a amava.

Prisão

Policiais Civis prenderam na madrugada deste sábado 07, Italo Venâncio de Lima Vieira, de 18 anos, acusado de matar com um tiro na testa a própria irmã, D’Avila Vitória Lima Vieira, de 19 anos, durante discussão por dívida em uma residência localizada na Rua Cabo Verde, bairro Três Marias, zona leste de Porto Velho. Segundo o site Rondonotícias, Ítalo foi preso na casa da namorada no bairro Três Marias e a prisão foi feita por policiais civis e militares após denúncia feita por populares. Nas redes sociais, logo após o crime, o acusado pediu desculpas da irmã. Ele foi levado para a Central de Flagrantes e ficou à disposição da justiça.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Brasil: Garota de programa é presa em flagrante ao se passar por apresentadora de TV no Ceará

Uma mulher foi presa em flagrante por se passar por uma apresentadora de TV em Fortaleza para oferecer serviços como garota de programa. A suspeita usava fotos da apresentadora Jack Lima, da TV Diário, emissora do Sistema Verdes Mares, em um site de pornografia para atrair clientes e cobrava R$ 200 pelo encontro.  Ela foi autuada em flagrante quando acertava atendimento com um homem no estacionamento de um supermercado, na noite desta quinta-feira (5).

Segundo a apresentadora vítima da fraude, a mulher, chamada de Grace Kelly, a seguia nas redes sociais e chegou a dizer, no momento da prisão, que as pessoas costumavam comentar sobre a semelhança entre as duas. Jack Lima estava presente no momento do flagrante policial e conta que a suspeita pediu desculpas e afirmou que fazia aquilo “para pagar a faculdade”. De acordo com a apresentadora e com o delegado Jaime de Paula, responsável pelo flagrante, a garota de programa é casada e tem filhos.

“Quem sou eu pra julgar? Longe de mim fazer julgamentos. Agora, eu acho assim, se você quer fazer, arque com as consequências, coloque a sua cara. Sempre na minha vida, todos os meus erros, meus acertos, eu sempre enxerguei, fui eu que fiz. Eu trabalho desde pequena, nunca fui filha de gente rico. Tudo que tenho hoje foi graças ao meu trabalho. Nem homem, nunca tive homem que me desse nada. Até porque eu nunca quis isso, sempre tive medo desse tipo de relação, que homem segurasse na mão”, desabafou a apresentadora em suas redes sociais.

:: LEIA MAIS »

Brutal: Mulher chama homens de “cornos” em áudios no WhatsApp e acaba assassinada

Uma mulher que enviava áudios para grupos de WhatsApp chamando homens de corno foi morta a tiros no município de Brejo do Cruz, sertão da Paraíba, na última segunda-feira (26). Nenhum suspeito do crime foi preso ainda. Rosália Maia, de 32 anos, foi assassinada enquanto voltava para casa, já na rua em que ela morava. Ela pilotava uma moto quando foi baleada e morreu. A polícia trabalha com a linha de investigação de vingança, pois Maia tinha muitos desafetos. Ela costumava enviar mensagens para grupos de Whatsapp chamando homens de corno e praticando injúrias.

Em um dos áudios, Maia fala nomes de supostos homens que estavam sendo traídos por suas mulheres e relata como os adultérios ocorreriam. O caso foi registrado pela Delegacia de São Bento, responsável pelo plantão, e repassado à Delegacia de Brejo do Cruz, que agora está à frente das investigações. A polícia informou que está analisando os áudios para descobrir os mandantes e executores do assassinato.

A delegacia de Brejo do Cruz informou que há vários procedimentos policiais registrados contra Rosália Maia pelo crime de injúria e difamação. “Ela era falastrona e enviava áudios nos grupos atingindo a honra das pessoas e uma das que se sentiu ofendida mandou executar. A princípio, não estamos tratando como feminicídio. É homicídio comum mesmo”, disse um investigador da Polícia Civil. Testemunhas contaram à polícia que ouviram seis tiros; quando foram olhar o que tinha acontecido, encontraram Maia caída na rua, já sem vida. Elas não relataram se viram quem foi o autor dos disparos, nem como ele alcançou a vítima, que pilotava uma moto.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Bafão: Após cantora sertaneja ser agredida pelo ex, irmãos dela o agridem e o atropelam

A cantora sertaneja Adriana Regina, da dupla Patrícia e Adriana está envolvida em uma confusão familiar com ex-namorado, Elso Neves Alves, de 29 anos. Ela registrou um boletim de ocorrência por agressão contra ele. Por outro lado, Elso também procurou a polícia e disse que os irmãos de Adriana agrediram e atropelaram ele. Os dois estão separados há 2 meses e namoraram por 1 ano.

Segundo o advogado da cantora, Rafael Rodrigues, no dia 13 de agosto, Elso pulou o muro da casa dela em Campo Grande, alegando que havia um homem dentro da residência. Adriana se escondeu no banheiro até o ex ir embora. Ainda de acordo com o advogado, a cantora foi até a casa dele para tentar resolver a situação, mas foi agredida. “Ela foi na casa do Elso para por um ponto final nessa história, tentar resolver numa boa, para ele parar de persegui-la, mas ele foi agressivo, a agarrou pelo pescoço e deu socos e dois chutes nela. Para não apanhar mais minha cliente foi embora. Sempre tiveram relacionamento conturbado de idas e vindas”, explicou.

No mesmo dia, Adriana registrou um boletim de ocorrência na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), contra o ex por agressão. No dia 14, a família de Elso também procurou à polícia para relatar agressão e atropelamento supostamente cometidos pelos irmãos da cantora. De acordo com o boletim de ocorrência, os irmãos de Adriana foram até a casa de Elso após o carro da cantora amanhecer riscado, amassado, com vidros e retrovisores quebrados. Os homens bateram no portão e tiveram uma discussão com a mãe do ex, e cobraram a reparação dos danos no veículo. A mulher teria sido ferida na cabeça pelos homens.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Bizarro: Mulher foi assassinada após simular ser “preso de facção” para namorar a amiga

A Polícia Civil de Poços de Caldas (MG) divulgou nesta sexta-feira (16) detalhes da morte da balconista Deisiele de Cássia Roque, de 33 anos. A mulher, que estava desaparecida desde junho, teria usado um perfil falso na rede social para enganar uma das suspeitas do crime. As duas eram amigas. Segundo o delegado que investiga o caso, Cleyson Brene, na rede social, Deisiele usava o nome falso de Luciano Leandro. Ela fingia ser um homem preso, que fazia parte de uma facção criminosa.

Nas conversas com a suspeita do crime, elas começaram um namoro virtual. “Esse suposto namorado, Leandro, que seria membro da facção criminosa, pedia dinheiro à Mislaine (suspeita) e esse dinheiro era pra ser entregue via a amiga Deisiele, que faleceu”, detalhou o delegado. Ainda conforme o delegado, a farsa foi descoberta. “Em uma das viagens juntas, porque as duas eram amigas, a suspeita visualizou uma notificação dessa rede social no aparelho da Deisiele”.

Apesar de desconfiar da notificação, a suspeita não comentou sobre o caso. Com essa informação, a mulher entrou para uma facção criminosa e pediu a morte de Deisiele diretamente ao comando. O corpo dela foi encontrado na quarta-feira (14) enterrado em uma área de difícil acesso, na Serra do Selado, zona rural de Poços de Caldas. Os militares do Corpo de Bombeiros retiraram o corpo do local. A balconista era procurada desde junho. Ainda segundo o delegado, Mislaine e uma outra mulher, que também teria participado do crime, foram presas em Passos (MG) e levadas para o presídio de Poços de Caldas. “Elas estão presas por uma prisão temporária, com um prazo de 30 dias, e ao final dessas prisões, nós vamos avaliar a necessidade da conversão em prisão preventiva”, afirma o delegado.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

VÍDEO: Homem de muletas é atingido em mesa de bar, por roda que se soltou de carro

Um homem de muletas que estava sentando em uma distribuidora foi atingido por uma roda que se soltou de um carro em movimento, em Goiânia. O vídeo acima mostra o momento do acidente. O paciente foi socorrido, hospitalizado e teve alta oito dias depois. Na gravação é possível ver quando a vítima está sentada a uma mesa com outras pessoas, aparentemente conversando. Um carro aparece na rua atrás dele, no canto superior esquerdo da imagem, e uma roda se solta. Assista:

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Horror: Após matar a esposa e a filha, homem se atira de prédio e também morre

Um duplo homicídio seguido por suicídio foi registrado na noite desta terça-feira em Ibirama, no Alto Vale do Itajaí. De acordo com informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros Voluntários da cidade (CBVI), um homem de 39 anos teria matado a esposa de 32 e a filha de 11 anos e na sequência se jogado do quinto andar de um prédio no bairro Bela Vista. A ocorrência foi registrada por volta das 22h30min.

Inicialmente os bombeiros foram acionados para atender uma queda de altura em um dos apartamentos. Ao chegar no local, os socorristas tentaram reanimar o homem, porém sem sucesso. Durante o trabalho, segundo relato dos bombeiros voluntários, uma vizinha avisou que havia duas pessoas esfaqueadas no corredor de um dos prédios. Ambas já estavam mortas quando a guarnição chegou. Testemunhas informaram às autoridades que minutos antes do fato foi possível ouvir uma briga no apartamento. Por volta da 0h de quarta-feira, o Instituto Geral de Perícias (IGP) recolheu os corpos. A investigação do caso ficará a cargo da Polícia Civil.

Vítimas tentaram fugir do apartamento

Mulher e filha encontradas mortas na noite desta terça-feira em Ibirama estavam tentando fugir do apartamento onde moravam, na Rua Getúlio Vargas, no bairro Bela Vista, de acordo com informações da Polícia Militar. A cabo Soiane da Polícia Militar de Ibirama, que atendeu o chamado pelo 190, relatou a reportagem do Santa que um vizinho ligou informando que um casal estava discutindo em um apartamento. Em seguida encaminhou uma viatura até o local. Logo depois outra chamada informando que havia uma mulher ensanguentada.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Absurdo: Estelionatárias presas usaram criança autista para darem golpe de R$ 50 mil

Equipes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Itanhaém, no litoral de São Paulo, prenderam duas mulheres que vendiam ‘terrenos fantasmas’ na cidade. Segundo a polícia, elas chegaram a usar uma criança autista na intenção de sensibilizar as vítimas para facilitar o crime e ficaram conhecidas na região como ‘musas do estelionato’. Em um dos casos, ambas chegaram a extorquir mais de R$ 50 mil em uma única venda.

Maria Celene Luiz dos Santos, e Letícia Donner Brandão, foram localizadas, segundo informações divulgadas pela polícia neste domingo (11), quando investigadores da DIG cumpriram mandado de prisão expedido contra as duas, que já tinham passagens pela polícia e ainda respondem outros processos por estelionato. Um dos crimes originou a denúncia acatada pelo Ministério Público do Estado (MP-SP). As duas agiram juntas: enquanto Letícia apresentava-se como corretora de imóveis, anunciando lotes de terrenos nas redes sociais, Maria Celene fingia ser a dona do imóvel, justificando vendê-lo por um menor preço para arcar com as custas do tratamento de saúde do marido.

De acordo com a polícia, nenhuma levantou suspeita. Elas forjaram um contrato particular de compra e venda para dar veracidade às ações. Letícia assinou como testemunha e reconheceu firma em cartório, ao lado de um comparsa, e Maria Celene assinou como vendedora. Só neste, R$ 20 mil foram recebidos como sinal. Além de alegar o tratamento do marido como justificativa da venda do terreno por um preço menor, Maria Celene chegou, de acordo com a decisão da Justiça, a encontrar-se com a vítima junto de uma criança autista, na intenção se sensibilizar a vítima e assim conseguir finalizar a negociação.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Trágico: Durante beijo, casal se desequilibra, cai de ponte e morre. Vídeo registrou o acidente

Uma morte trágica chocou a cidade de Cusco, Peru, nessa segunda-feira (5). Um casal estava aos beijos e abraços em uma ponte da cidade quando ela resolveu se sentar na estrutura do local. Com o calor dos amassos, Maybeth Espinoza Flores, 34 anos, então, se desequilibrou e acabou derrubando também Héctor Yulino Vidal López, 36. Assista o acidente trágico:

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

VÍDEO: Fã casada que beijou Thullio Milionário no palco pedirá indenização ao cantor

Luciene Borges reclama que virou motivo de piada na cidade de Mauriti, no Ceará, e pretende entrar na Justiça para ser indenizada.

A influenciadora Luciene Borges vai entrar na Justiça contra o cantor Thullio Milionário e sua banda. Em entrevista para a TV Cidade Web, ela disse que esteve no camarim do cantor no show realizado na cidade de Mauriti, no Ceará, dia 16 de julho, para tirar foto com ele e depois foi convidada a subir ao palco. Ela afirma que não conhecia o cantor nem tampouco a prática de beijar as meninas que aceitam subir ao palco.

“Thullio Milionário me chamou e eu inocentemente fui. Aí a gente começou a dançar e ele me pediu para beijar. Eu falei que não e mesmo assim ele me beijou. Pegou na minha cabeça e acabou que, quando me vi ali, já estava beijando”, disse ela. Luciene disse que pediu diversas vezes para tirar o vídeo do ar, mas seus pedidos não foram atendidos. Assista o depoimento de Luciene:

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia