Uma mulher identificada apenas pelo prenome Gorete morreu e outras três pessoas ficaram feridas na noite desta sexta-feira (26) em uma colisão entre duas motos na Avenida Lomanto Júnior, no cruzamento entre a ponte Carlos Daltro e a Avenida João Fraga Brandão, no centro de Jacobina.

Segundo versão de testemunhas, um dos motociclistas avançou o sinal vermelho e atingiu a moto em que a mulher estava com o marido. Segundo apurado pelo site Vitória da Conquista Notícias, com o impacto, ela não resistiu e morreu no local. O condutor da moto que causou o acidente não teria habilitação e deve ser preso por crime de trânsito. Ele e outras duas pessoas, entre elas o marido de Gorete, também tiveram ferimentos e foram socorridos para o Hospital Municipal Antônio Teixeira Sobrinho (HMATS). Após ser liberado pelos médicos, o motoqueiro suspeito de causar o acidente será conduzido para a delegacia.

Gorete trabalhava justamente no HMATS, no setor de higienização, e havia acabado de deixar a unidade com o marido após mais um dia de plantão. O casal tem dois filhos. Nas redes sociais, muitas pessoas lamentam pela sua morte e demonstram revolta com a irresponsabilidade de muitos motoqueiros em Jacobina. A profissional não chegará em casa por causa da irresponsabilidade de um motoqueiro que tirou a vida dela. Ao invés disso, a família vai buscar seu corpo no IML. Isso é revoltante, as autoridades precisam tomar providência com esses irresponsáveis assassinos, disse um internauta ao Jacobina Notícias. Após o trabalho dos peritos do Departamento de Polícia Técnica, o corpo dela será encaminhado para Instituto Médico Legal.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Curta nossa Pagina no Facebook