WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
outubro 2020
D S T Q Q S S
« set   nov »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: 15/out/2020 . 17:29

Com menor reprovação desde 2019, Bolsonaro lidera intenções de voto para 2022

[Com menor reprovação desde 2019, Bolsonaro lidera intenções de voto para 2022]

  Por: Reprodução/Marcos Corrêa/PR  Por: Redação BNews  0comentários

Levantamento da XP Investimentos em parceria com o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) divulgado nesta quinta-feira (15) revela que, não só a reprovação do governo de Jair Bolsonaro recuou ao menor nível desde maio de 2019, como o atual presidente lidera as intenções de voto para as eleições de 2022.

De acordo com informações do portal Terra, a pesquisa aponta que 31% dos entrevistados consideraram o governo ruim e péssimo, mesmo porcentual daquele mês do ano passado. Há um ano, em outubro de 2019, essa fatia era de 38% e, no mês passado, de 36%.

Outros 39% avaliaram o governo como ótimo ou bom, estável ante setembro e maior índice desde os 40% de fevereiro de 2019. Uma fatia de 28% considera o governo regular, ante 24% em setembro.

Para 39%, a perspectiva para o restante do mandato do presidente é ótima e boa, enquanto é ruim e péssima para outros 32% dos entrevistados. O levantamento também aponta que 26% esperaram um resto de governo como regular.

A publicação ressalta, contudo que, apesar da melhora, a variação nos quesitos entre os levantamentos de setembro e outubro está dentro da margem de erro da pesquisa: 3,2 pontos, para mais ou para menos.

Eleições 2022

Quando o assunto é reeleição, Bolsonaro lidera na pesquisa estimulada feita pela XP/Ipespe, aparecendo com 31% das intenções de voto. Na sequência aparecem o candidato petista derrotado em 2018, Fernando Haddad (14%) e o ex-ministro da justiça – e ex-juiz – Sérgio Moro (11%).

Outros nomes apresentados aos entrevistados foram Ciro Gomes (PDT), com 10%; Luciano Huck, com 5%; João Amoêdo (Novo), com 3%; o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), com 3%; e o governador de São Paulo João Doria (PSDB), com 3%. O porcentual dos que disseram que não sabem, não responderam ou pretendem votar branco ou nulo foi de 20%.

Na série histórica da pesquisa estimulada, iniciada em setembro de 2019, a leitura de outubro de 2020 trouxe a maior intenção de voto em Bolsonaro. Na comparação com a leitura de setembro, Sérgio Moro e Ciro Gomes cresceram um ponto porcentual, dentro da margem de erro, enquanto Haddad caiu um ponto porcentual, também dentro da margem.

Nas pesquisas para o segundo turno, o atual presidente é favorito na maior parte dos cenários. Bolsonaro tem 43% das intenções de voto caso o oponente seja Haddad (35%), 42% caso o adversário seja Luciano Huck (28%), 43% contra Ciro Gomes (35%) e 42% se o oponente for Luiz Henrique Mandetta (30%). Apenas em uma disputa com Sergio Moro o presidente aparece pior: com 35% das intenções contra 36% do ex-ministro.

Já na pesquisa espontânea – quando os nomes dos candidatos não são fornecidos ao entrevistado – Bolsonaro também aparece na frente, com 25% das intenções de voto, seguido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 7%; e Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT), com 2% cada.

Neste cenário, Sérgio Moro aparece com apenas 1% das intenções de voto e todos os outros candidatos somados têm 3%. Na pesquisa espontânea, 13% dos eleitores disseram que pretendem votar branco, nulo ou em ninguém, e 46% não responderam. O levantamento teve abrangência nacional e ouviu mil entrevistados, por telefone, entre a última sexta-feira (8) e o domingo (11).

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Ministério da Educação vai treinar 300 mil professores através de cursos online

[Ministério da Educação vai treinar 300 mil professores através de cursos online]

  Por: Reprodução/Isac Nóbrega/PR  Por: Redação BNews  0comentários

O Ministério da Educação vai oferecer 300.000 vagas em cursos na modalidade de ensino a distância, gratuitos, de capacitação on-line abrangendo as novas tendências educacionais – com temas voltados para o ensino mediado por tecnologias.

De acordo com informações da coluna Radar, da revista Veja, o projeto tem como público alvo professores da educação básica e alunos de licenciatura. A pasta pretende ofertar, ainda esse ano e ao longo de 2021, cursos que totalizam 220 horas/aula. O período de inscrição tem início nesta quinta-feira (15) e se estenderá por 30 dias corridos – ou até o esgotamento das vagas.

“A pandemia de Covid-19 afetou a maioria das instituições de educação do país, levando os professores a adaptar as aulas presenciais para a modalidade virtual. O objetivo dos cursos, portanto, é auxiliar os profissionais de educação com uma capacitação voltada para novas tecnologias e principalmente às novas didáticas”, avalia Milton Ribeiro, titular da pasta.

O primeiro curso será “Como Produzir Videoaulas”, com 25 horas de duração. A capacitação ensinará aos profissionais as técnicas básicas para a produção de aulas.

“Mediação em EaD”, será o tema do segundo curso que, em 30 horas apresentará os aspectos relativos ao trabalho da tutoria na educação a distância, as funções do professor e as competências e habilidades imprescindíveis para a função.

O terceiro curso será “Desenho Didático para o Ensino On-Line” – com 50 horas -, e a quarto capacitação oferecida chama-se  “Multimeios em Educação”. Já último curso do projeto tem como tema “Psicologia na Educação”. Os dois últimos têm carga de 60 horas.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

“Tenho um passado limpo”, diz ex-vice-líder do governo Bolsonaro, flagrado com dinheiro escondido na cueca

[

  Por: Jane de Araújo/Agência Senado  Por: Redação BNews  0comentários

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR), ex-vice-líder do governo Bolsonaro, se pronunciou sobre a situação embaraçosa em que foi envolvido após ser flagrado pela Polícia Federal com R$ 30 mil escondidos na cueca, parte do valor, inclusive, estava entre as suas nádegas.

“Tenho um passado limpo e uma vida decente”, garantiu o parlamentar. “Nunca me envolvi em escândalos de nenhum porte. Se houve processos contra minha pessoa no passado, foram provados na Justiça que sou inocente”, completou em nota divulgada.

Segundo o democrata, que corre risco de ser punido também pelo partido, conforme disse o prefeito de Salvador e presidente da sigla, ACM Neto, a PF cumpriu o seu papel com a operação e que acredita piamente na justiça divina.

“Digo a quem me conhece: fique tranquilo. Confio na justiça e vou provar que não tenho nem tive nada a ver com qualquer ato ilícito. Não sou executivo, portanto não sou ordenador de despesas e, como legislativo, sigo fazendo minha parte, trazendo recursos para que Roraima se desenvolva. Que a justiça seja feita e que, se houver algum culpado, que seja punido nos rigores da lei”, concluiu. As informações são da CNN.

Apoiador ferrenho do Jair Bolsonaro, Chico se atencipou para evitar desgastes no Palácio do Planalto e pediu a saída da vice-liderança do governo. O despacho com a sua dispensa foi assinado pelo presidente e publicado em edição extra do Diário Oficial.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Olavo de Carvalho nega título de “guru” do governo Bolsonaro: “Se eu fosse, nada disso aconteceria”

[Olavo de Carvalho nega título de

  Por: Reprodução/Youtube  Por: Redação BNews  0comentários

O escritor Olavo de Carvalho negou, em entrevista ao programa Morning Show, da Jovem Pan, o título de “guru” do governo Bolsonaro. “O pessoal diz que eu sou guru do governo; se eu fosse, nada disso estaria acontecendo”, disse o autointitulado filósofo.

Ainda durante a conversa, Olavo afirmou que o presidente Jair Bolsonaro já fez concessões demais. “Ele já fez concessões demais, é educado demais, bonzinho demais, e nem precisa de tudo isso”, reclamou o escritor.

“Nos primeiros meses de governo, ele tinha um poder extraordinário nas mãos porque o inimigo estava totalmente desorientado. Mas perdeu a chance e deu tempo para o inimigo se rearmar, e agora amarram as mãos dele”,analisou.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

TV: Bruno Gissoni deixa a Globo após dez anos

[Bruno Gissoni deixa a Globo após dez anos]

  Por: Divulgação  Por: Folhapress  0comentários

O ator Bruno Gissoni, 33, é mais um dos famosos a deixar a Globo, após dez anos. Ele mesmo confirmou que seu contrato fixo com a emissora, que termina em novembro, não será renovado. “Agora vai ser por obra, se rolar alguma coisa”, afirmou ele ao canal Rap 77, no YouTube.
A saída de Gissoni faz parte das “novas dinâmicas de relação da Globo com seus talentos”, que já levaram à dispensa de outros nomes, inclusive do primeiro escalão da emissora, como Glória Menezes e Tarcísio Meira, Antônio Fagundes, Miguel Falabella, Malu Mader e Carolina Ferraz.
“Meu contrato acaba agora em novembro depois de dez anos. Mas é muito por causa de uma modificação do mercado. Eu tinha um contrato fixo, durante dez anos, e agora vai ser por obra, se rolar alguma coisa. Mas a gente fica mais livre para escolher outras coisas também”, afirmou ele.
Gissoni começou sua carreira de ator na Record, em 2006, na novela infantojuvenil “Alta Estação”. Sua estreia na Globo foi na 18ª temporada de “Malhação”, em 2010, e seu último trabalho foi uma participação em “A Dona do Pedaço” (2019). Atualmente, ele está na reprise de “Flor do Caribe (2013).
O ator está passando a pandemia do coronavírus em Minas, onde está construindo uma casa. A realização de um sonho, segundo ele, que é casado com a atriz Yanna Lavigne, 30, e é pai da pequena Madalena, de 3 anos.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Flagrado com R$ 30 mil na cueca, senador deixa vice-liderança do governo

[Flagrado com R$ 30 mil na cueca, senador deixa vice-liderança do governo]

  Por: Roque Sá/Agência Senado  Por: Redação BNews  0comentários

Flagrado pela Polícia Federal com R$ 30 mil na cueca, – parte escondide entre as nádegas – o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) comunicou a sua saída da vice-liderança do governo Bolsonaro.

Para evitar maiores desgastes, o presidente Jair Bolsonaro assinou o despacho que pede a dispensa do parlamentar da função. A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, no fim da manhã desta quinta-feira (15).

Chico Rodrigues é investigado no âmbito da Operação Desvid-19, que apura desvios de recursos destinados ao enfrentamento do novo coronavírus no estado de Roraima.

A quantia de R$ 30 mil foi encontrada durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência do então vice-líder do governo, que ganhou visibilidade após empregar Léo Índio, amigo pessoal de Carlos Bolsonaro, em seu gabinete.

Presidente nacional do DEM, o prefeito de Salvador ACM Neto não descarta punir o senador, que integra o partido. O departamento jurídico da legenda já foi acionado, segundo ACM Neto, que garantiu que caso seja comprovado o “envolvimento do parlamentar em atos ilícitos”, ele sofrerá sanções previstas no regimento interno.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Mulher leva idoso morto ao banco para tentar sacar benefício

[Mulher leva idoso morto ao banco para tentar sacar benefício]

  Por: Reprodução/Google Street View  Por: Folhapress  0comentários

A Polícia Civil de Campinas (93 km de SP) investiga uma mulher que levou um idoso morto, a uma agência bancária, para tentar sacar o benefício dele. A tentativa de fraude contra a previdência do estado de São Paulo ocorreu no último dia 2. A mulher havia levado o cadáver em uma cadeira de rodas.

Um laudo, concluído e entregue à Polícia Civil nesta quinta-feira (15), indica que o idoso, um escrivão de polícia aposentado de 92 anos, tinha morrido cerca de 12 horas antes de seu corpo ser levado pela mulher, de 58 anos, até uma agência do Banco do Brasil, na região central da cidade. Ela era companheira do aposentado.

“A causa da morte foi natural, mas vamos indiciar a companheira do idoso por estelionato e vilipêndio de cadáver [desprezar ou humilhar corpo]”, explicou ao Agora o delegado Cìcero Simões da Costa, do 1º DP de Campinas.

Em decorrência da conclusão do laudo, acrescentou o policial, funcionários do banco, além da ex-companheira do idoso, serão ouvidos novamente em depoimento.

No último dia 2, guardas-civis de Campinas foram acionados para irem a agência do Banco do Brasil, pois no local o escrivão de polícia aposentado “estaria passando mal.”

Ao chegar na agência, segundo relatado pelos guardas à polícia, uma equipe de bombeiros civis já atendia o idoso, que chegou ao local, por volta das 10h, em uma cadeira de rodas, empurrada pela mulher de 58 anos, que se identificou como companheira dele, e afirmou estar desempregada.

Em seguida, ainda de acordo com os GCMs, uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), também chegou à agência e socorreu à vítima.

Um dos socorristas levantou dúvidas sobre a morte do policial aposentado, “que aparentava estar morto há mais tempo, devido ao estado cadavérico em que se encontrava e ao inchaço dos pés”, diz trecho de boletim de ocorrência.

A mulher que acompanhava o escrivão aposentado afirmou à polícia manter uma união estável com ele, há cerca de dez anos. Ela teria dito aos guardas, segundo registrado pelo 1º DP, que levou o companheiro ao banco porque ela movimentava as contas do idoso.

Porém, a desempregada alegou ter perdido a senha de letras do companheiro, com a qual receberia a aposentadoria – cujo valor não foi informado.

Contradições

Apesar das alegações, a mulher não apresentou nenhuma procuração que a autorizava a movimentar as contas do idoso. Ela também, segundo a polícia, entrou em contradição ao afirmar duas histórias sobre a última vez em que falou com o então companheiro.

Em uma delas, garantiu ter falado com o idoso, na manhã em que o levou ao banco. “Porém em outro momento, questionada pelos guardas de quando teria conversado com [o escrivão aposentado] pela última vez, afirmou que havia falado com seu companheiro na data de ontem [1º de outubro]”, afirma trecho de boletim de ocorrência.

Ao chegar na agência, a desempregada teria tentado ser atendida rapidamente, passando a afirmar que o idoso estava passando mal, fazendo com que testemunhas acionassem o Samu.

Por causa das duas versões contadas pela mulher, além da suspeita de o idoso ter sido levado já morto ao banco, situação confirmada nesta quinta por meio de laudo, os GCMs decidiram apresentar o caso no 1º DP de Campinas. O Agora tentou entrar em contato com a desempregada, mas não havia conseguido até a publicação desta reportagem.

Resposta

A Spprev (São Paulo Previdência), da gestão João Doria (PSDB), afirmou contar com um núcleo de investigações previdenciárias com o qual detecta e investiga casos de supostas fraudes previdenciárias. “Todos os pensionistas e aposentados civis e militares devem manter seu cadastro atualizado para continuar recebendo os benefícios”, diz trecho de nota.

O órgão acrescentou que o recadastramento deve ser feito, obrigatoriamente, pelo próprio pensionista e aposentado civil e militar, uma vez ao ano, em seu mês de aniversário.

A prova de vida por ser feita em qualquer agência do Banco o Brasil, ou em alguma agência presencial da Spprev. “No caso de pensionistas universitários, o recadastramento deverá ser realizado semestralmente, nos meses de janeiro e julho”, explicou. Sobre o caso mencionado nesta reportagem, o órgão afirmou que o benefício “foi suspenso e será extinto.”

O banco do Brasil afirmou usar recursos como identificação do cliente, por meio de senhas, além de cartão e biometria para “mitigar o risco de fraudes nos pagamentos de benefícios previdenciários”.

“O BB esclarece ainda que cumpriu com todos os protocolos no caso da ocorrência registrada em uma de suas agências em Campinas, o que inclui a apresentação de procuração ou a presença do beneficiário na agência”, afirma o banco em nota.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Luto: Morre o jovem empresário Rangel Porto, aos 29 anos, vítima de grave acidente com moto

O empresário Rangel Porto, de 29 anos, morreu em um acidente na tarde desta quarta-feira (14). Ele seguia de moto por uma estrada rural entre os municípios de Itabela e Porto Seguro, quando, segundo testemunhas, houve uma colisão frontal com um carro. Com o impacto, Rangel foi lançado a vários metros de distância. Ele chegou ser socorrido por uma equipe do Samu, mas morreu ao dar entrada no Hospital Municipal Frei Ricardo, em Itabela.

O motorista do carro não ficou ferido. A polícia vai abrir inquérito para apurar as causas do acidente. Rangel morava em Itabela e voltava de Caraíva, litoral sul de Porto Seguro, onde estava construindo uma casa. “Ele estava indo com frequência ao lugarejo acompanhar as obras”, disse o presidente da CDL de Itabela, Neílton Carvalho. Segundo pessoas próximas, há cinco anos Rangel deixou o emprego de chefe de bar em uma casa de shows em Arraial d’Ajuda para abrir o próprio negócio em sua cidade.

O Hashtag RestoBar era muito frequentado, principalmente pelos jovens, que foram em massa às redes sociais lamentar a tragédia. Artistas como Paulo Damasceno e Fabiano Araújo, que já fizeram apresentações ao vivo no Hashtag, também manifestaram pesar pela tragédia. “Vamos orar pelo Rangel”, disse a cantora Paula Damasceno em sua conta no Instagram. “Meus sentimentos à todos da família. Rangel Porto era pessoa honesta e humildade. Estou muito triste”, escreveu o cantor Fabiano Araújo, no Facebook. Há muitas mensagens de apoio também nas redes sociais do pai de Rangel, o vereador Renaldo Porto (PROS), que disputa o quarto mandato nas eleições municipais deste ano.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Cancelados: Fim da linha para William Corin e Nêgo Rony, mortos em confronto com a PM

Durante abordagens nessa semana, dois indivíduos envolvidos em crimes em Itapetinga foram mortos durante operações realizadas pela Polícia Militar. Willian Ferreira Souza, o Côrin, morador da Rua João Alves Feitosa (Rua da Viúva), no Clodoaldo Costa, com passagens por furtos, arrombamentos e assaltos… E o vulgo NÊGO RÔNI, morador do Bairro Cassiano Gonçalves (Abacatão), com passagens por tráfico de drogas. A Polícia Militar de Itapetinga tem intensificado o combate ao tráfico de drogas e a crimes contra o patrimônio na cidade.

No domingo (11) WILLIAN FERREIRA SOUZA, CÔRIN, 20 anos, com passagens pela delegacia por assaltos, foi morto durante uma operação na Rua JOÃO ALVES FEITOSA, conhecida como Rua da Viúva, no Bairro Clodoaldo Costa. Segundo informações, uma guarnição verificava denúncias de prática de crimes na rua, quando WILLIAN efetuou fuga, adentrando uma residência. Os policiais informaram que foram recebidos a tiros, pelo indivíduo, no revide ele acabou sendo atingido. Socorrido ao Hospital Cristo Redentor, acabou não resistindo vindo a óbito.

Na noite dessa terça (13) durante abordagens na localidade conhecida como Bairro Cassiano Gonçalves, vulgo ABACATÃO, Policiais militares foram informados de um intenso tráfico de drogas no local, com indivíduos ostentando armas de fogo e ameaçando moradores. Segundo informações, um indivíduo de Vulgo NÊGO RÔNI efetuou disparos contra a guarnição polícia, entrando em confronto, ele acabou sendo atingido. Foi socorrido para o hospital Cristo Redentor, porém acabou vindo a óbito. // Itapetinga Agora.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Tragédia: Encontrado em área de mata o corpo da dentista desaparecida desde sábado

O corpo da dentista Bárbara Machado Padilha foi encontrado nesta quarta-feira (14), em Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. Ela foi localizada em uma área de mata, de difícil acesso, próximo de onde a Polícia fez buscas no dia anterior. “Bárbara foi encontrada morta e parece, por ora, que se trata de um suicídio. A bolsa não foi encontrada”, diz o delegado Sandro Meinerz.

O Instituto Geral de Perícia foi acionado e os peritos fazem a necropsia no Posto Médico Legal, para confirmar a causa da morte. Segundo o delegado, Bárbara tinha marcas de arranhão, provavelmente causadas pelos galhos, já que a mata na região é fechada.

“O celular não foi encontrado. O último sinal de celular foi às 5h32 de domingo e foi nessa posição. Acreditamos que o celular ela perdeu na mata”. A dentista era considerada desaparecida desde sábado (10), quando foi vista pela última vez. Bárbara morava em Tupanciretã, mas viajou até Santa Maria no sábado, a cerca de 90 km, com um carro de aplicativo. Imagens das câmeras de segurança mostram a dentista comprando uma garrafa de água e chocolates em uma loja de conveniência, após desembarcar.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia