WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: 15/out/2020 . 17:44

Tristeza: Corpo do ex-policial civil Fabiano Maia é encontrado dentro de sua casa, em Jequié

O ex policial civil, Fabiano Maia Souza, foi encontrado morto em sua casa, no Habitacional Parque das Algarobas, em Jequié, nesta quinta-feira. Segundo informações, Fabiano teria cometido suicídio. É o segundo caso de suicídio na cidade de Jequié em menos de 24 horas. Fabiano integrou o corpo da Polícia Civil da Bahia durante vários anos e teria sido exonerado da função há algum tempo. Uma de suas paixões era o motocross.

Fabiano, trabalhou por muito tempo na 9º Coorpin em Jequié, passou também pelas cidades de Teixeira de Freitas, Feira de Santana e onde trabalhou por último foi a cidade de Brumado. O clima entre os colegas e amigos é de luto. Fabiano “bronca”, como era conhecido, deixa filho adolescente e muitos amigos na corporação da polícia civil da Bahia. Nós do Jequié Urgente, deixamos os nossos sentimentos para todos os familiares e amigos. Com a morte de Fabiano, já é o segundo suicídio em Jequié em menos de 24 horas. O corpo foi encaminhado para o IML.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Ministro das Comunicações anuncia que está com covid-19 e diz estar se tratando com hidroxicloroquina

[Ministro das Comunicações anuncia que está com covid-19 e diz estar se tratando com hidroxicloroquina]

  Por: Cléverson Oliveira/Ministério das Comunicações  Por: Redação BNews 0comentários

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, anunciou, em vídeo publicado nas redes sociais nesta quinta-feira (15), que está contaminado com o novo coronavírus. Seguindo a linha bolsonarista, afirmou estar se medicando com hidroxicloroquina.

“Fiz o teste do dedo, deu negativo, depois fui ao hospital, fiz o exame de sangue, saiu hoje, e deu negativo. Mas o PCR deu positivo”, disse, no vídeo.

Ele afirmou que testou positivo após participar de um jantar na semana passada em que outras pessoas também testaram positivo para a doença. “Estou muito bem, saúde boa. A dor de cabeça foi embora. Ontem mesmo comecei o tratamento com a hidroxicloroquina e azitromicina. Vou incluir corticóide e anticoagulante; estou com ‘zero sintoma’. Estou praticamente assintomático”, afirmou o ministro.

Ele é o 11º ministro do governo Jair Bolsonaro (sem partido) a contrair o coronavírus.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Repercussão nacional: Foragido, prisão do agressor covarde de Ilhéus é priorizada pela SSP-BA. VÍDEO

O homem que foi filmado agredindo uma mulher com socos no rosto, na cidade de Ilhéus, cidade do sul da Bahia, já responde por outros 10 crimes de violência contra mulheres. O caso desta semana é o 11º registro de agressão na ficha de Carlos Samuel Freitas Costa Filho. Ele é procurado pela polícia.

De acordo com a titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Ilhéus, Márcia Rezende, que investiga os casos, o histórico de agressões dele é contra ex-namoradas e contra mulheres da própria família. Assista com cautela . Imagens fortes:

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Eleições 2020: Bruno Reis acusa Major Denice de omitir nome do PT e utilizar recurso irregular em propaganda

[Bruno Reis acusa Major Denice de omitir nome do PT e utilizar recurso irregular em propaganda]

  Por: Divulgação  Por: Henrique Brinco  0comentários

A guerra de ações na Justiça Eleitoral durante a corrida pela Prefeitura de Salvador continua. Após sofrer derrotas, a defesa do candidato Bruno Reis (DEM) acusa a campanha da Major Denice Santiago (PT) de irregularidades nas propagandas eleitorais. A petista sofreu duas derrotas nesta semana: uma por omitir o Partido dos Trabalhadores (PT) das peças publicitárias e outra por utilizar bonecos nos vídeos – recursos de desenhos animados são vedados pela lei das Eleições.

Na primeira ação, Denice teve a propaganda suspensa “por ter sido omitido o nome de sua legenda partidária, durante todo o período em que esteve no ar, mesmo tratando-se de eleição majoritária”. A decisão foi do juiz Almir Pereira de Jesus, da 10ª Zona Eleitoral de Salvador. O magistrado determinou a regularização da propaganda, sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil.

Em outra ação, a defesa de Bruno acusa Denice de utilizar um recurso irregular em campanhas eleitorais. Em um programa exibido no último sábado (10), a postulante contou a história de uma mulher que sofria agressão doméstica. O relato foi encenado utilizando bonecos, ferindo o trecho da lei eleitoral que veda o uso de animações nas campanhas. A veiculação também foi suspensa por decisão da juíza Maria Martha Goes Rodrigues de Moraes, da 2ª Zona Eleitoral, sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil e limitada a R$ 10 mil em caso de descumprimento.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Sudoeste: Motoqueiro morre após sofrer acidente em estrada vicinal. Vítima identificada

Conforme apurado junto a Polícia Militar, Valdomiro Santos da Silva de 40 anos seguia sozinho por volta das 20h30min dessa quarta-feira (14) em uma vicinal entre a sede do município de Iuiú e o povoado de Veredinha, quando nas proximidades de um local identificado por Capelinha sofreu um acidente e ficou com ferimentos graves.

O homem por estar sozinho ninguém soube informar se estava ou não com capacete, mas as maiores lesões foram localizadas na cabeça. Conforme populares, uma equipe do SAMU foi acionada e conduziu a vítima para o Hospital Municipal, já por volta de 01h30min de hoje foi a óbito. O homem é do município de Guanambi. O corpo permanece no hospital municipal a espera do rabecão para ser levado para o IML de Guanambi.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Acusado de espancar mulher em Ilhéus afirma que vídeo é antigo e que ex era agressiva: “Tinha muito ciúmes de mim”

[Acusado de espancar mulher em Ilhéus afirma que vídeo é antigo e que ex era agressiva:

  Por: Reprodução // Instagram  Por: Redação BNews  0comentários

Acusado de espancar a ex-namorada em Ilhéus, sul da Bahia, Carlos Samuel Freitas Costa Filho concedeu entrevista ao programa Balanço Geral Tarde. Carlos, que já tem outras 10 denúncias de agressão familiar contra ex-namoradas e familiares mulheres, disse que o vídeo é antigo e se defendeu das acusações, apesar de reconhecer que não há justificativa para o ato.

“O vídeo é antigo, tem uns quatro meses. Estávamos bebendo. Anteriormente ela tinha feito agressões contra mim, tentou me dar murro, me dar facada. Ela tinha muito ciúmes de mim. Ela não podia ver ninguém passar do meu lado que queria me dar tapa na cara. Depois desse dia aí, no outro dia pedimos desculpa”, afirmou ao apresentador José Eduardo.

Ainda durante a entrevista, o acusado alegou que nunca foi preso e relatou que das queixas que constam contra ele na polícia, muitas são sobre outros assuntos, como acidente de trânsito e uma briga com um primo.  “Eu vou prestar depoimento, já está tudo marcado”, disse ele ao responder se a polícia estaria atrás dele em Ilhéus.

Calos, que está solto e disse estar trabalhando, já havia sido condenado por ter agredido uma ex-namorada em 2015.

Matérias relacionadas:

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Justiça do Rio determina soltura de Cristiane Brasil e Pedro Fernandes

[Justiça do Rio determina soltura de Cristiane Brasil e Pedro Fernandes]

  Por: Gilmar Felix/ Câmara dos Deputados  Por: Agência Brasil  0comentários

A Justiça determinou a soltura da ex-deputada federal Cristiane Brasil e do ex-secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro Pedro Fernandes.

A decisão, tomada nesta quinta-feira (15), é da 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ) do Rio de Janeiro. Os desembargadores decidiram, por unanimidade, substituir a prisão preventiva por medidas cautelares, incluindo recolhimento noturno e entrega de passaportes. A decisão também alcançou o empresário o empresário Flávio Salomão Chadud.

A ex-deputada e Chadud tiveram a prisão preventiva decretada no mês passado, em operação que também levou à prisão o então secretário estadual de Educação Pedro Fernandes.

No caso de Fernandes, que apresentou, no momento da prisão, o exame confirmando que estava com covid-19, a medida cautelar foi convertida de preventiva para domiciliar. Porém, no dia 30 de setembro, após cumprir quarentena, ele foi levado para o presídio de Bangu 8.

Cristiane Brasil, Flávio Chadud e Pedro Fernandes foram presos na segunda fase da Operação Catarata, por supostos desvios nos contratos de assistência social, entre 2013 e 2018, que custaram quase R$ 120 milhões aos cofres públicos.

A ex-deputada Cristiane Brasil é filha do presidente do PTB, Roberto Jefferson, e estava pleiteando uma vaga de candidata à prefeitura do Rio, quando veio a decisão da prisão, o que acabou inviabilizando seus planos políticos.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Homem flagrado agredindo mulher em Ilhéus já foi condenado por cárcere privado

[Homem flagrado agredindo mulher em Ilhéus já foi condenado por cárcere privado]

  Por: Reprodução  Por: Yasmin Garrido  0comentários

Já são onze passagens pela Delegacia da Mulher, sob a acusação de agressão, sendo que, em pelo menos uma delas, o caso foi levado à Justiça. Carlos Samuel Freitas Costa Filho foi condenado a um ano de reclusão e quatro meses de detenção, em regime aberto, por ter agredido uma ex-namorada em 2015.

A sentença foi expedida em 18 de março de 2019, e já houve apelação do réu, com trânsito em julgado do processo, tendo permanecido somente a condenação por cárcere privado, enquanto as demais, de ameaça e lesão corporal, já prescreveram.

O acórdão, com a decisão da Segunda Câmara Criminal da Primeira Turma do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) é de 6 de agosto de 2020. Portanto, o mesmo homem flagrado agredindo uma mulher em Ilhéus, na noite desta terça-feira (13), já tem condenação a um ano de reclusão, em regime aberto, por agredir outra ex-namorada.

O caso judicializado
A denúncia feita pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) foi recebida pelo TJ-BA em 21 de março de 2016, e se refere a um episódio de agressão de autoria de Carlos Samuel, ocorrido em 2015, quando uma ex-namorada tentou terminar um relacionamento de cinco anos com ele.

Na peça do órgão estadual consta que L.S.B, à época com 22 anos, foi mantida em cárcere privado na casa do réu durante todo um fim de semana, sem acesso a comunicação externa. Ainda segundo a denúncia, a vítima contou que também foi agredida nos braços, e que o ex-namorado tentou atear fogo em uma geladeira, ameaçando ela de morte.

No depoimento, a vítima ainda disse que a mãe, avó e primo de Carlos Samuel estavam em casa e presenciaram todas as agressões. Ela afirmou que, além de ter sido mantida em cárcere privado, o ex-namorado colocou uma navalha no pescoço dela por diversas vezes, como ameaça de morte. Após soltar a vítima, ele ainda ameaçou L.S.B e a família dela por meio de mensagens enviadas nas redes sociais.

“Os depoimentos colhidos, as declarações da vítima em sede policial e em juízo, o depoimento das testemunhas e a prova pericial não deixam dúvidas quanto a autoria e materialidade dos delitos narrados na denúncia, impondo-se a condenação do réu”, escreveu o juíza de primeiro grau Emanuele Vita Leite Armede, ao proferir sentença condenatória contra Carlos Samuel.

A sentença, de março de 2019, foi apelada em dezembro do mesmo ano ao segundo grau de jurisdição do TJ-BA, quando a defesa do réu questionou as condenações impostas contra ele, alegando que, muito embora tenham se comprovado as lesões corporais na vítima, a autoria do fato não restou demonstrada

“Não obstante tenha restado comprovada a materialidade do crime de lesões corporais, a autoria não restou demonstrada, assim como nos demais delitos, permanecendo na sentença “a quo” a presunção absoluta da palavra da suposta vítima, sem prova concreta e motivação idônea para respaldar um decreto condenatório”, escreveram os advogados no recurso de apelação.

Ao apresentar contrarrazões ao recurso de apelação, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) alegou que “o réu apresentou perante a autoridade policial uma versão totalmente divorciada das provas produzidas nos autos, não sendo interrogado em juízo por mera liberalidade, já que mudou de endereço sem prévia comunicação” (…), aliado ao fato de “que a defesa não produziu nenhuma prova idônea capaz de deslegitimar os depoimentos da vítima e das testemunhas, tampouco da prova pericial, colhidos sob o crivo do contraditório e da ampla defesa”.

Ao julgar o recurso, a segunda instância do TJ-BA determinou a prescrição dos crimes de ameaça e lesão corporal, mantendo, em agosto deste ano, a condenação de Carlos Samuel somente pelo crime de cárcere privado.

Agressão filmada
O mesmo Carlos Samuel Freitas Costa Filho voltou a ter o rosto estampado no noticiário ao ser flagrado agredindo com socos uma mulher em Ilhéus, na noite desta terça-feira (13). De acordo com a delegada que investiga o caso, ele já tem 11 passagens pela polícia relativas a crimes semelhantes.

Nas imagens obtidas pelo BNews é possível ver a jovem conversando com o namorado próximo a um veículo, enquanto uma vizinha filma a cena. No vídeo, a mulher diz chorando ao ex-namorado: “Me solte, vá embora. Você acha que é amigo de polícia. Vou dar queixa de você. Minha boca está do jeito que está. Acabou, desencosta de mim. Pegue sua moto e vá embora. Eu vou dar uma queixa de você”.

As ameaças continuam até o momento em que a namorada não correspondeu a uma tentativa de beijo e ele começou a desferir uma sequência de socos contra o rosto da vítima, que, após a sessão de espancamento, caiu na rua.

Outras acusações
Carlos Samuel é um velho conhecido da polícia. De acordo com informações obtidas pelo BNews, a primeira queixa registrada contra ele foi em outubro de 2014. A vítima foi uma ex-namorada que tentava terminar o namoro.

Já em 2015, teve o caso apurado pelo BNews e que rendeu a condenação em segunda instância pelo crime de cárcere privado. Dois anos depois, em 2017, ele foi acusado pela própria mãe de extorsão. De acordo com a polícia, ele ficou preso e, quando ganhou liberdade, passou a ameaçava a genitora de morte caso ela não conseguisse dinheiro emprestado com agiotas.

Em fevereiro deste ano, Carlos Samuel se envolveu em um acidente de trânsito, quando conduzia uma motocicleta e atropelou uma mulher, que sofreu fratura no punho.

*Com o intuito de preservar a identidade da vítima de iniciais L.S.B, o BNews não anexou à matéria as sentenças condenatórias de primeiro e segundo graus expedidas contra Carlos Samuel.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Guedes tira salário extra de R$ 21 mil de Marinho com aval de Bolsonaro

[Guedes tira salário extra de R$ 21 mil de Marinho com aval de Bolsonaro]

  Por: Reprodução / Agência Brasil  Por: Folhapress  0comentários

Com aval do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ministro Paulo Guedes (Economia) retirou nesta quinta-feira (15) o salário extra, no valor de R$ 21 mil mensais, do ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional).A decisão ocorre um dia após reportagem da Folha de S.Paulo mostrar que Marinho é o ministro que, até então, mais se beneficiou da prática de acumular cargos e, assim, inflar o contracheque.

O ministro ocupava um cargo no Conselho Fiscal do Sesc (Serviço Social do Comércio) desde fevereiro de 2019. Por 20 reuniões do colegiado, ele recebeu mais de R$ 200 mil nesse período. No lugar de Marinho, foi escalado o ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo). Com isso, os jetons (gratificação por participar do conselho) passam a ser pagos a Ramos, que, segundo integrantes do Ministério da Economia, vem desempenhando bom trabalho na articulação política.

Após assumir a pasta do Desenvolvimento Regional, Marinho passou a travar embates (alguns públicos) com Guedes. Os dois divergem sobre os rumos da política econômica, já que Marinho passou a articular com o Congresso maneiras de burlar o teto de gasto, regra que impede o crescimento das despesas públicas acima da inflação.

Na mais recente disputa, Bolsonaro se irritou com Marinho, por, em reunião com economistas, fazer críticas a Guedes.
Diante do desgaste e da extensão dos “penduricalhos” no salário do ministro do Desenvolvimento Regional, Guedes e o Palácio do Planalto chegaram a um acordo para transferir o “bônus” a Ramos. Com isso, Marinho perde os jetons, que elevavam o contracheque dele há vinte meses a patamares acima do teto salarial do funcionalismo público (R$ 39,2 mil). A troca foi feita em portaria publicada nesta quarta no Diário Oficial da União.

Desde março, o governo Bolsonaro deixou de divulgar supersalários de alguns ministros. Marinho, Onyx Lorenzoni (Cidadania) e Tarcísio Freitas (Infraestrutura) receberam neste ano gratificações (jetons) de R$ 21 mil por mês do Sistema S. Esse valor é um “extra” no salário bruto deles, que pode chegar a R$ 30,9 mil mensais.

Como os jetons não são considerados salário, eles não entram na conta do limite máximo que um funcionário público federal pode receber, equivalente ao de um ministro do STF (Supremo Tribunal Federal).Até o início do ano, os jetons do Conselho Fiscal do Sesc e do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) eram publicados no Portal da Transparência.No contracheque do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que antecedeu Tarcísio no conselho do Senac, constava o recebimento do honorário até abril.

A partir de maio, quando Tarcísio assumiu a vaga e Onyx entrou no colegiado do Sesc, a informação sobre os jetons de R$ 21 mil por mês não foram mais publicadas no site, criado para divulgar informações públicas. No caso de Marinho, que estava no Conselho do Sesc desde fevereiro de 2019, a informação sumiu a partir de março de 2020.

O Sesc informou que Onyx e Marinho participaram das reuniões mensais e, portanto, receberam os jetons no período.
Tarcísio confirmou que recebe o pagamento mensal do Senac e atribuiu à CGU (Controladoria-Geral da União) a falta de divulgação dos dados. Procurada desde terça-feira, a CGU, responsável pelo Portal da Transparência, ainda não se manifestou. Onyx e Marinho também não responderam aos questionamentos, mas uma conselheira do Sesc confirmou que os valores (jetons) estão sendo depositados.

Sesc e Senac são entidades do Sistema S, que é irrigado com recursos públicos. A contribuição obrigatória ao Sistema S somou, no ano passado, R$ 20,5 bilhões, de acordo com dados do Tesouro Nacional. Diante do aperto no Orçamento de 2021, Guedes ressuscitou o plano defendido desde o início do governo de fazer um corte nas contribuições do Sistema S. A ideia em estudo é reduzir esse encargo pago pelos patrões sobre a folha salarial dos funcionários.

Os cargos em conselhos, apesar de representarem um adicional nas tarefas, são usados para ampliar a remuneração de ministros e servidores. É comum servirem também para atrair profissionais da iniciativa privada, onde podem ganhar mais. Há posições de assessoramento no serviço público que não precisam de concurso e, portanto, são abertas a técnicos que atuam em empresas privadas. A remuneração máxima é de aproximadamente R$ 17 mil por mês. Por isso, com a gratificação de conselhos (jetons), é possível burlar esse limite e inflar o contracheque.

O Ministério da Economia, que tem um departamento sobre coordenação e governança das empresas estatais, afirma que “os conselheiros são selecionados sob critérios rigorosos e sua aprovação corresponde à adequação da qualificação e capacidade de contribuir na missão da gestão pública.”

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

Polícia prende homem suspeito de mandar matar dona de casa noturna em Jequié

[Polícia prende homem suspeito de mandar matar dona de casa noturna em Jequié]  Por: Reprodução  Por: Redação BNews  0comentários

A polícia prendeu, nesta quarta-feira (14), um homem suspeito de ser o mandante da morte de Girlane de Jesus, dona de uma casa noturna em Jequié, no sudoeste baiano. Ela foi morta a tiros dentro do estabelecimento, no dia 12 de junho, por dois homens armados. De acordo com a polícia, o suspeito tem envolvimento com tráfico de drogas e mais 11 homicídios na região.

Câmeras de segurança da boate registratam o momento do crime. Nas imagens, é possível ver dois homens na piscina, uma mulher sentada em uma espreguiçadeira e a dona do estabelecimento em pé, ao lado da piscina. Um dos vídeos mostra os dois suspeitos chegando de moto. Eles descem e continuam com o capacete. Um dos suspeitos saí do alcance da primeira câmera e é possível ver algumas pessoas correndo quando os disparos são realizados. Outra filmagem mostra o momento em que os homens saem da piscina e são surpreendidos pelos atiradores. A mulher cai ao ser baleada e a outra sai correndo, assim como um dos homens. O outro pula na piscina e o suspeito continua atirando.

Após os crimes, os homens fogem com a mesma moto com que chegaram ao local. Assista:

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

:: LEIA MAIS »

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia