Lindomax Almeida dos Santos, pulou muros das casas laterais, tendo sido alcançado pelas autoridades, quando atirou e morreu no revide.

Um suspeito de assassinato morreu e dois foram presos durante uma operação da Polícia Civil com apoio do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da 43ª CIPM na tarde desta terça-feira, 13 de outubro, em Itamaraju. Ação aconteceu por volta das 13 horas, quando a polícia deflagrou a operação para cumprimento de quatro mandados de busca, todos relacionados a investigações que apuram prática de homicídios na cidade.

Durante as buscas, denúncias apontaram que o responsável/proprietário de uma das casas alvo de mandado de busca, estaria residindo a maior parte do tempo a Rua 05 de Outubro. Com a chegada da polícia no local, três pessoas que estavam no primeiro cômodo da casa fugiram para os fundos do imóvel e pularam muros, mas foram perseguidos pelos policiais. Assista:

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

 

Na rua de trás, foi preso o Lucas Almeida de Souza (alvo de um dos mandados de busca), o outro suspeito identificado como, Lindomax Almeida dos Santos, pulou muros das casas laterais, tendo sido alcançado por policiais. ‘Max’ portava uma arma calibre 38 e no momento da abordagem, atirou contra os policiais que revidaram. O suspeito foi atingido e socorrido, mas acabou não resistindo.

A terceira pessoa conseguiu fugir inicialmente, mas foi presa logo em seguida. A detida é a Eliane Jesus de Araújo, que seria esposa do ‘Max’, moradores da casa alvo da ação, onde foram apreendidos, aproximadamente 1200 gramas de material similar ao entorpecente cocaína, além de três balanças de precisão e certa quantidade de dinheiro, além de embalagens variadas. O material e os detidos foram encaminhados para a delegacia onde o resultado da operação foi apresentado. // Sulbahia News, com imagens do Itamaraju Noticias.

Criminosos invadem casa, faz família refém e na ação policial um é morto e  outro preso | Verdades Políticas