O advogado e candidato a prefeito de Dom Eliseu, município do sudeste do Pará, pelo Solidariedade, Adriano Sousa Magalhães não resitiu aos ferimentos de disparos de arma de fogo recebidos, quando ele estava lanchando numa barraquinha, no centro da cidade. Ele morreu logo depois do ataque nesta noite de quarta-feira (7).

Relatos de testemunhas informam que o candidato a prefeito foi atingido na região da cabeça, por ocupante ou ocupantes de um carro branco que se aproximou dele, e de dentro do veículo dispararam um tiro certeiro. “Foi quando eu ia passando, chegou um carro, abriram a porta e atiraram nele. Ele estava de costas, tentou correr e ainda atravessou a pista e caiu”, contou uma testemunha. O homicídio chocou moradores de Dom Eliseu. Dezenas de pessoas correram para o local do assassinato. A Polícia Civil investiga a motivação do assassinato.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

 Com informações do// O Liberal.

Disputa política ou vingança: quem matou e por quê o candidato a prefeito  de Dom Eliseu?