https://i.imgur.com/UKCW9as.jpg

O corpo de uma vítima de feminicidio é encontrado debaixo de uma cama, na casa do namorado, no Bairro Vila Caraípe em Teixeira de Freitas, na manhã desta quarta-feira, 12 de fevereiro. Segundo informações, os investigadores do SI da DEAM deram início a uma investigação, em busca de encontrar a vítima, após familiares terem registrado uma ocorrência, na tarde desta terça-feira (11), acerca do seu desaparecimento, desde o último sábado (8), quando ela teria saido para ir ao encontro do namorado.

Os Policiais Civis iniciaram os trabalhos de investigação, que os levaram até ao apartamento (tipo kitnet) do namorado da vítima, situado na Rua Alquimia, no referido bairro, quando encontraram o corpo da vítima imprensado debaixo de uma cama box, com uma sacola na cabeça. A vítima foi identificada como Norma Célia Fárias Carvalho, de 45 anos. Os investigadores comunicaram o fato à delegada adjunta da DEAM, Kátia Guimarães, que se deslocou para o local do crime, solicitando ao DPT uma perícia no local.

Após a perícia e o levantamento cadavérico, o corpo removido para o IML, onde passou por necropsia, sendo liberado posteriormente para os familiares. Policiais Militares do PETO tomaram conhecimento do fato, e em seguida receberam Informações através de denúncia anônima, que o principal suspeito, o namorado da vítima, estaria em um local próximo ao Shopping Pátio Mix. Os militares se deslocaram rapidamente para averiguar a denúncia, que foi confirmada, e o suspeito preso.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

A prisão se deu no momento em que os trabalhos de perícia e levantamento cadavérico, ainda estavam sendo realizados no local do crime. A delegada Kátia solicitou aos PMs que o suspeito fosse conduzido para a DEAM. Trata-se de Valmir dos Santos, 32 anos, que segundo informações levantadas pela nossa equipe de reportagem, ele teria assumido ter cometido o crime, que aconteceu no final da manhã de domingo (09), após uma discussão com a vítima, por ciúmes, momento que ele a teria agredido com socos e posteriormente, a teria asfixiado, e colocando-a debaixo da cama. O suspeito alega ainda que teria colocado a sacola na cabeça da vítima, na data de ontem (terça-feira), devido ao odor que já estaria se alastrando no apartamento. No momento da abordagem dele pelos PMs, ele teria falado que estaria vindo do Vale do Amanhecer, que fica situado na BR 101, onde ele trabalha de caseiro, e também é membro daquela Instituição Espírita.

A nossa equipe esteve na DEAM, onde obtivemos informações que o suspeito será ouvido nesta tarde, e que mediante a sua confissão, sendo mantida em depoimento, a delegada, irá representar pela sua prisão preventiva, ainda nesta tarde, ao Poder Judiciário, para que ele possa ser preso por força de Mandado de Prisão, devido não estar em estado de flagrante, pois o crime aconteceu no domingo. Ele deverá responder por feminicídio, com agravante de ocultação de cadáver.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, sentado, texto que diz "Norma Célia"