Neste domingo (12), o Domingo Espetacular, da Record TV, exibiu imagens inéditas das câmeras de segurança do prédio onde moravam o sertanejo Victor Chaves e Poliana Bagatini, em Belo Horizonte (MG). A empresária, que estava grávida, acusou o cantor de agredi-la em fevereiro de 2017 e quase três anos depois, o jornalístico teve acesso ao circuito de imagens após a juíza do caso decretar o fim do segredo de Justiça. Assista a reportagem:

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Como o exame de delito da vítima deu negativo, na época do caso, o irmão de Leo Chaves foi condenado à pena de 18 dias de prisão simples em regime aberto, que acabou convertida em trabalho comunitário. De acordo com o jornalístico da emissora da Barra Funda, a briga do casal foi ocasionada pela mãe de Victor, Dona Marisa, que morava no andar de baixo do casal.

Resultado de imagem para cantor victor

Nas imagens veiculadas pela atração, Poliana vai até o elevador social e tenta digitar o código de segurança para subir ao apartamento, onde estava a filha junto à cunhada, Paula Chaves. Na sequência, o ex-jurado do The Voice Brasil Kids puxa as duas para fora do elevador e Poliana cai no chão. Em seguida, é possível observar uma perna de Victor na direção da esposa, que na ocasião do depoimento, alegou não lembrar se sofreu um empurrão ou se foi chutada.

Resultado de imagem para cantor victor

A reportagem contou, ainda, que atualmente Poliana, que está separada do cantor, vive em Campinas, e não quis se pronunciar sobre o caso. Já Victor, explicou à produção que está com a consciência tranquila. Em nota, ele afirmou: “desde o início do processo, arquei com os ônus de manter silêncio para preservar minha família. Diante disso, prefiro nada comentar.” Nas redes sociais, internautas repercutiram o caso, mostrando-se decepcionados com o sertanejo. // Observatório da TV.