Um casal foi interrompido após um teste de DNA negativo. A confusão parou na delegacia depois que um homem bateu na sua mulher.

De acordo com informações da polícia, João descobriu que o filho que ele criou durante 2 anos, era do irmão dele. No depoimento, o marido disse que pediu ou testou após encontrar o menino que parecia com o irmão.

Segundo Joana, esposa de João, nunca teve relações sexuais com garoto de apenas 17 anos. Mas, ela alegou ao policial que acredita que o gravou depois de usar o mesmo sabonete que o menino foi usado após se masturbar. Onde, segundo ela, continha uma grande quantidade de espermatozóides.

O outro irmão de João, ficou revoltado com a situação e defendeu uma mulher ainda na casa. Foi aí que começou a briga entre os pais e a Polícia Militar precisou de conduzir todos à delegacia. Ninguém ficou preso e João se comprometeu a continuar criando a criança. O caso ocorreu em Camaçari.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook