O mecânico Rogério Xavier, de 35 anos, morreu de forma trágica dentro de uma oficina no bairro Umbará, em Curitiba, na madrugada desta quinta-feira (3). Acontecia o reparo em um carro usado para arrancada quando uma peça se desprendeu e atingiu fatalmente a cabeça da vítima. O investigador Lima, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), falou à Banda B sobre o atendimento no local. Assista com cautela . Imagens fortes:

WhatsApp oficial 7798838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

“Ali é uma oficina que prepara carros para arrancadas e, a vítima, era conhecida dos mecânicos. Quando aceleraram o carro, se desprendeu uma peça do motor e atingiu este rapaz. Ele estava a uma certa distância, foi algo realmente bem trágico”, lamentou. Ainda de acordo com o investigador, a peça era um pouco maior que um prato e que atingiu a cabeça da vítima. “Quando chegamos, não havia o que fazer. A morte foi realmente fulminante. Os amigos ficaram chocados”, disse. Assista a reportagem:

Após tragédia na madrugada, oficina não abriu durante o dia. A morte do mecânico parece não ser real para os familiares e amigos. Rogério, que deixa viúva a esposa grávida, estava na expectativa do nascimento do filho e fazendo uma das coisas que mais gostava. “Nós recebemos a notícia de madrugada e abalou muito a gente. Ele era um cara humilde, muito dez. Não tenho nem o que falar dele, é um cara sem palavras. A vida dele era o carro, a vida dele era estar em um carro”, conta Rodrigo, cunhado da vítima.

Resultado de imagem para mata mecanico

Resultado de imagem para mata mecanico