A Delegacia de Homicídios (DH) investiga o motivador do crime de assassinato, que tirou a vida de Júlio César Santos Novaes. Informações apuradas junto à imprensa local indicam que ele foi morto e um suposto acerto de contas com o tráfico. A vítima descia com sua bicicleta pela avenida Itambé, quando teria sido chamado por dois elementos, que gritaram seu nome.

Segundo testemunhas ele teria parado e, em questão de segundos, recebeu vários disparos de um dos indivíduos, que sacou uma pistola. A maioria dos tiros atingiu Julio na cabeça. Ele caiu sobre a bicicleta, morrendo em poucos minutos. Não houve chances de socorro, já que o SAMU apenas constatou o óbito ao chegar no local. O corpo segue no IML onde familiares já aguardam a liberação. Até o momento não houve flagrante. Assista:

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook