Jovem foi agredido após assistir jogo do Brasil na Ondina, em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Bahia

O jovem de 19 anos que foi agredido no bairro de Ondina, em Salvador, após assistir ao jogo entre Brasil e Argentina, pela Copa América, em uma festa com amigos, teve alta médica, na tarde desta segunda-feira (8). Cayan Lima Silva Santana estava no Hospital do Exército, desde o dia 3 de julho. O jovem deixou o hospital por volta das 16h15, com o pai Ary Santana e os advogados Ari Guarisco e Kaio Abreu. A vítima sofreu traumatismo craniano.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Jovem agredido após assistir jogo do Brasil deixa hospital em Salvador — Foto: João Souza/G1Jovem agredido após assistir jogo do Brasil deixa hospital em Salvador — Foto: João Souza/G1

Jovem agredido após assistir jogo do Brasil deixa hospital em Salvador — Foto: João Souza/G1

Segundo informações de Ary Santana, o garoto, que é estudante de direito e do Núcleo Preparatório de Oficiais do Exército (NPOR) do Exército Brasileiro, está conseguindo falar e se alimenta bem. “Está falando um pouco confuso, mas já conseguiu se alimentar e a família está muito feliz em poder reintegrá-lo ao seio familiar. É um milagre de Deus. A plena recuperação de Cayan se deu por causa das orações”, disse o pai do jovem.

Jovem foi agredido após assistir jogo do Brasil na Ondina, em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Bahia

Jovem foi agredido após assistir jogo do Brasil na Ondina, em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Bahia Ary Santana informou que o filho vai voltar ao Hospital do Exército após 15 dias, para a realização de novos exames. Os pais de Cayan pretendem levar o jovem para Jequié, município onde moram, para que ele se recupere perto da família. De acordo com os advogados Ari Guarisco e Kaio Abreu, Cayan deve prestar depoimento na Delegacia do Rio Vermelho, nos próximos dias. “Hoje a gente teve a primeira reunião com o doutor Davi Gallo, na promotoria do Núcleo de Atuação do Júri de Salvador. Nós apresentamos a ele a tese defensiva que é de homicídio tentado, uma vez que Cayan estava no chão, desacordado e sem chance de defesa”, contou o advogado Kaio Abreu.

A defesa de Cayan aguarda resposta do Ministério Público da Bahia. O caso segue em investigação feita pela Polícia Civil.

Caso

Vídeo mostra agressão a jovem de 19 anos, no bairro de Ondina; veja as imagens
Bahia Meio Dia – Salvador

–:–/–:–

Vídeo mostra agressão a jovem de 19 anos, no bairro de Ondina; veja as imagens

Vídeo mostra agressão a jovem de 19 anos, no bairro de Ondina; veja as imagens

O crime aconteceu na madrugada do dia 3 de julho, após a partida entre Brasil x Argentina pela Copa América. Cayan assistia à partida em um telão, no Bahia Othon Palace, no bairro de Ondina, em Salvador.

O rapaz foi agredido ao tentar separar uma briga entre um amigo e dois homens, na área verde do Othon. Depois da discussão, ao sair da área externa, Cayan foi surpreendido com pancadas, socos e pontapés, segundo relatos das testemunhas que estiveram no local.

Um vídeo gravado por testemunhas mostra a briga generalizada que acabou com o jovem Cayan Santana, ferido gravemente. [Assista acima]

Nas imagens, é possível ver uma confusão entre um grupo de pessoas, na Avenida Oceânica, até que Cayan é derrubado. Já no chão, o jovem é agredido com vários socos por um homem que está sem camisa e com bermuda preta. O agressor, então, atravessa a pista e, em seguida, várias pessoas se aproximam de Cayan.

O jovem foi socorrido por uma equipe do Samu e foi internado na unidade de terapia semi-intensiva do Hospital Geral do Estado (HGE) e depois, transferido para o Hospital do Exército.

Investigações

Suspeito de agredir jovem no bairro de Ondina presta depoimento; delegada comenta o caso
Jornal da Manhã

–:–/–:–

Suspeito de agredir jovem no bairro de Ondina presta depoimento; delegada comenta o caso

Suspeito de agredir jovem no bairro de Ondina presta depoimento; delegada comenta o caso

Um dos suspeitos de agredir Cayan prestou depoimento à polícia na noite de quarta-feira (3). O rapaz foi identificado como Guilherme Machado, de 21 anos. Ele foi ouvido pela delegada Lúcia Maria Jansen, titular da 7ª Delegacia Territorial do Rio Vermelho, na capital baiana, responsável por investigar o caso, e foi liberado.

De acordo com a delegada, Guilherme relatou que estavam todos na festa, em grupos separados. Ele disse que Cayan teria agredido um adolescente que estava no mesmo grupo que ele.

Ainda em depoimento, Guilherme relatou que, ao sair da festa, resolveu tomar satisfação com Cayan. A polícia não detalhou se o jovem assumiu que agrediu a vítima. A versão do suspeito será investigada pela polícia.

Jovem foi agredido após assistir jogo do Brasil na Ondina, em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Bahia