O fim de semana na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), foi violento. Só no último sábado (6), cinco pessoas foram assassinadas, de acordo com o boletim diário da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP-BA). Entre as mortes, há, inclusive, um triplo homicídio. Três homens foram mortos na localidade conhecida como Parque Real Serra Verde, na Cascalheira, às 14h. Até a manhã deste domingo (7), a identidade dos três constava como ignorada pela polícia.

CLIQUE AQUI, imagem forte.

Segundo o Departamento de Comunicação Social da Polícia Militar, policiais militares da 12º Batalhão (Camaçari) foram acionados após receber a informação de que três homens tinham sido vítimas de disparos de arma de fogo. Duas das vítimas estavam caídas no chão, enquanto o terceiro homem estava dentro de um Chevrolet Blazer. No local, os policiais isolaram a área até a chegada do Departamento de Polícia Técnica (DPT) para remoção.

Mais cedo, Anderson dos Santos Almeida, 22 anos, foi morto na Estrada da Cetrel, em frente à barraca Point do Coco, em Abrantes. O crime aconteceu às 9h35. Segundo a Polícia Militar informou ao CORREIO, policiais da 59ª Companhia Independente (Vila de Abrantes) foram informados sobre um corpo de homem que tinha sido vítima de arma de fogo. Ao chegar no local, a PM informou que isolou a área e solicitou a remoção do corpo ao DPT. Aos policiais, familiares que estiveram no local disseram que Anderson tinha sido sequestrado por suspeitos que estavam em um Ford Focus preto.

Garota de 19 anos assassinada

Uma jovem de 19 anos foi assassinada de forma covarde neste sábado (06/07), na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador. O crime aconteceu por volta das 19h30, no Conjunto Algaroba II, na Rua Santa Maria, próximo a um cemitério. De acordo com a fonte do Informe Baiano, Vanessa de Souza Santos estava sentada na porta do prédio em que morava quando foi surpreendida por quatro bandidos em um carro Voyage Prata. Os assassinos dispararam vários tiros na vítima e ainda a golpearam com facãozadas nas costas. A jovem foi socorrida por familiares para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), onde foi constatado o óbito. Ainda de acordo com a fonte do IB, os criminosos são envolvidos com o tráfico de drogas e foram identificados por populares como “Guga”, “Emerson”, “Galego” e “Gá”. A Polícia Civil investiga o crime.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook