O objetivo principal das ações de Comando e Controle é utilizar de forma racional, rápida e eficiente os recursos operacionais disponíveis (humanos e materiais) para o cumprimento da missão institucional.

Câmeras de monitoramento estão interligadas na Sala de Operações do C3R, que permitem acompanhar em tempo real às ocorrências relevantes, com segurança, precisão e velocidade, de forma a subsidiar a cadeia de comando com todas as informações possíveis para que a tomada de decisão seja a mais eficiente e acertada.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

 

O espaço abriga também computadores, software de pesquisas, recursos tecnológicos de informação e comunicação. Mas todo esse aparato só funciona efetivamente graças ao trabalho desempenhado por profissionais que foram escalados com perfil adequado e especializados em coordenar o fluxo das informações e controlar situações esperadas e inesperadas, monitorando de forma contínua todas às ameaças e riscos identificados, de forma a reduzir o tempo de resposta.

Durante o torneio da Copa América, além das atribuições ordinárias e regimentais do Centro de Comando e Controle Regional (C3R), os policiais executam atividades de monitoramento, prestam apoio às áreas temáticas, efetuam a consolidação de dados e emitem relatórios diário com os resultados das operações.

Registram e classificam as ocorrências relevantes. Realizam consultas em tempo real de veículos, condutores e indivíduos, podendo identificar veículos roubados, clonados e pessoas com mandado de prisão em aberto, apenas, para citar algumas das atividades do setor.

A unidade funciona de forma ininterrupta, prestando todo o auxílio necessário para o bom andamento das atividades operacionais e está alinhada com as perspectivas estratégicas do órgão. A gestão do C3R está baseada em consciência situacional, que se apoia em tecnologia, protocolos, capacidade operacional de gestão da informação e conhecimento, otimizando processos de preparação, resposta a incidentes, atividades de regeneração e identificação de tendências.

Centro Integrado de Comando e Controle

O CICCR-BA está instalado no Parque Tecnológico da Bahia, na avenida Paralela e reúne profissionais das forças policiais da segurança pública, de proteção civil e atendimento de emergências.

Neste evento da Copa América, a estrutura do centro está sendo utilizada por inúmeras instituições, que em conjunto desenvolvem atividades de monitoramento e controle, prestando apoio operacional e técnico com um amplo leque de informações, a fim de subsidiar os gestores nas decisões de comando.

A PRF conta com equipes no CICC que executam ações de gestão e monitoramento das escoltas, das chegadas e partidas das delegações, além de acompanharem em tempo real o status de cada ocorrência, minimizando situações que poderiam colocar em risco o evento, a segurança e a imagem da instituição.

“Todas as instituições conectadas e trabalhando juntas facilita o processo decisório. É crucial para sucesso da missão responder rapidamente a qualquer tipo de incidente, como mudanças no trânsito, quedas de energia, climatologia e até obras, situações que poderiam comprometer, por exemplo, a escolta de uma delegação para o jogo”, explica a PRF Neila Cardoso, coordenadora das equipes.

De acordo com a coordenadora o aparato tecnológico como: dispositivos móveis, câmeras de videomonitoramento, equipamentos de radiocomunicação e demais tecnologias são importantes para alertar as áreas envolvidas sobre a movimentação na cidade. “É com base nas informações em tempo real que as coordenações avaliam a melhor logística para a decisão mais acertada”, completou Neila.

PRF: nosso time joga em sua DEFESA.

 

Confira mais fotos no link: https://photos.app.goo.gl/iSWDsfmaLV2k4raF9

Imagens: PRF Flávio Vasconcelos e PRF Monalisa Pires.