Um homem que é surdo e mudo foi morto a tiros pela polícia depois de tentar se comunicar com os policiais usando a linguagem de sinais.

Daniel Kevin Harris, 29, foi parado por uma infração de excesso de velocidade na Carolina do Norte na quinta-feira, quando ele estava dirigindo em direção a sua casa.

Oficiais tentaram parar o homem, mas ele continuou a conduzir o veículo até chegar ao seu endereço, envolvendo a polícia em uma breve perseguição.

Ao sair do carro, ele começou a gesticular para o policial estadual Jermaine Saunders. O agente deu um tiro em Harris, que estava desarmado e morreu no local.

Testemunhas relataram que ele tentou se comunicar com a polícia sem sucesso. Também foi dito que ele foi baleado ‘quase imediatamente’ após sair do carro.

Saunders disse que ele tinha atirado em Harris, porque ele não estava seguindo as ordens e “avançou” sobre os oficiais, de acordo com informações da WCCB.

O irmão de Harris, Jay, disse: “Ele estava desarmado – e ele é um indivíduo surdo-mudo, e eu acho que ele estava apenas com medo.

“Ele não podia ouvir suas advertências. Ele não podia ouvir seus comandos para parar ou ficar longe deles.” O caso está sendo investigado.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook