Katiane foi presa preventivamente em Itabuna || Imagem PC-BA

A Polícia Civil prendeu a mulher suspeita de tentativa de latrocínio no Bairro de Fátima, há cerca de duas semanas, quando atirou na vítima ao assaltá-la ao lado da Igreja de Jesus Cristo dos Últimos Dias (Mórmons). Katiane Nascimento da Silva foi presa em cumprimento a mandado de prisão preventiva.

Katiane foi reconhecida pela vítima, o que gerou a ordem de prisão. Anderson Silva, uma das vítimas de Katiane, levou um tiro no peito, porque não deu o celular em assalto ocorrido no dia 11 de maio. À época, chegou-se a divulgar que a identidade da assaltante era a de uma menor, também autora de vários crimes no município.

A assaltante presa ontem à tarde, assim como a menor, sempre age em dupla e utilizando moto. Em março, Tiago Argolo Ramos Santos pilotava uma moto e Katiane, armada com um revólver, atacava pedestres no Alto Maron. A polícia prendeu Katiane, mas a Justiça soltou dias depois. Tiago ficou preso (relembre aqui).

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Com Informações Pimenta Blog