Adilson e Tainá foram mortos na madrugada desta terça-feira

Quatro homens armados assassinaram um casal na comunidade Beira-mar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na madrugada desta terça-feira. Os atiradores entraram encapuzados na casa após arrombarem o portão. As vítimas foram identificadas como Tainá Souza do Nascimento, de 23 anos, e Adilson dos Santos Portela, de 37. Os três filhos da jovem  presenciaram toda a ação.

De acordo com o avô das crianças, Ricardo Almeida, de 46 anos, e ex-sogro da jovem, Tainá era uma excelente mãe: “Ela cuidava muito bem dos filhos. Só Deus mesmo que eles não mataram meus netos”, contou.

Ele diz que o mais velho, ao assistir a ação dos bandidos, correu em direção à casa da mãe de Tainá, que fica próxima: “Ele pulou o muro e conseguiu chamar a avó. Os mais novos ficaram parados olhando a mãe, mas ela já estava morta”, disse.

Ainda segundo o avô, as crianças ainda não sabem sobre a morte da mãe. Ricardo diz que quando o mais novo pergunta sobre ela, ele diz que Tainá está no hospital: “Eles estão em choque. Os dois mais velhos repetem com frequência que homens mascarados atiraram na mãe”, relatou. Ele pede ajuda para conseguir auxílio psicológico para as crianças lidarem com o trauma.

Ricardo conta que a família não conhecia o companheiro da vítima. Eles estariam juntos há cerca de um mês. Adilson já havia sido preso quatro vezes por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte de arma de fogo. Ele estava em liberdade desde 2016. O avô das crianças acredita que o homem foi morto por algum acerto de contas e Tainá para não dar detalhes sobre o crime ou identificar os autores.

De acordo com a Polícia Militar, homens do 15ºBPM (Duque de Caxias) foram acionados para a ação, ao chegarem ao local encontraram os corpos das vítimas e acionaram a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). Fonte: O Dia

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook