Foto: Valter Campanato/ ABr

Uma megaoperação foi deflagrada nesta quinta-feira (9) pela Polícia Civil em oito estados e no Distrito Federal para prender suspeitos de desviar aproximadamente R$ 30 milhões do Banco do Brasil entre 2017 e 2018.

De acordo com o G1, são cumpridos 17 mandados de prisão temporária e 28 de busca e apreensão em Pernambuco, Goiás, Pernambuco, Minas Gerais, Mato Grosso, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e no DF. Entre os alvos, estão dois ex-funcionários da instituição financeira e empresários de 11 terceirizadas que tinham contrato com o banco para cobrança de dívidas de clientes.

Conforme as investigações, quando o cliente da instituição financeira quitava a dívida após contato com a terceirizada, o Banco do Brasil, automaticamente, pagava uma comissão. Entretanto, em alguns casos, o sistema apresentava inconsistência – uma espécie de erro técnico – e o pagamento tinha que ser realizado manualmente por um servidor. Assim, o Banco do Brasil pagava um valor a mais para a prestadora de serviços e “recebia de volta um valor de propina”, segundo a polícia

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook