Motoboys de Vitória da Conquista voltaram a se reunir em protesto ontem (sábado) após a morte do jovem Paulo Henrique, que foi atingido por um carro de passeio guiado por um jovem alcoolizado na Rua 10 de Novembro na última semana. Ele morreu na hora.

Com uma faixa os amigos e colegas de trabalho afirmavam: “Não foi acidente, foi assassinato. Quem matou Paulo Henrique?”, informava a faixa.

Segundo informações obtidas pela nossa reportagem, nenhum dos jovens que estava no carro tinha carteira de habilitação.Um de 25 anos e o outro de 17. Ambos foram liberados.

Com informações do Blog do Rodrigo Ferraz

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook