Morreu no fim da tarde desta quinta-feira no Hospital Santa Isabel a mulher que foi baleada durante um tiroteio no Aeroporto Regional de Blumenau. Edivania Maria de Oliveira, de 22 anos, estava no refeitório da empresa onde trabalha quando foi atingida no abdômen. A vítima foi socorrida no local e estava inconsciente no momento da chegada dos socorristas e não resistiu aos ferimentos. Outros dois homens também foram baleados, mas não há informação sobre o estado de saúde deles.

De acordo com a Polícia Civil, os criminosos teriam entrado por um hangar e acessado a pista onde estava o carro-forte e um avião que faz o transporte de dinheiro. Eles fugiram do local em uma caminhonete e ainda não foram localizados. A PM faz busca pelos criminosos e monitora as rodovias federais na região. Um tiroteio por volta das 15h15min desta quinta-feira (14) em um hangar do Aeroporto Regional de Blumenau, o Quero-Quero, deixou três pessoas feridas. Segundo o Corpo de Bombeiros, entre os baleados está uma mulher, que teve a morte confirmada por volta das 17h30min.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Três ambulâncias, um caminhão, uma caminhonete e o helicóptero Arcanjo foram deslocados para o local. À reportagem do Santa, um diretor de uma confecção de fica próxima ao aeroporto disse que uma de suas funcionárias foi baleada. De acordo com o vice-presidente do Aeroclube de Blumenau, Andrey Tomazi, a troca de tiros aconteceu perto de um avião que faz o transporte de dinheiro. Imagens divulgadas pela Polícia Militar (PM) mostram ao menos 10 tiros no lado direito de um carro-forte.

Testemunhas ainda relataram aos policiais que uma bomba caseira teria sido jogada embaixo da aeronave, instantes antes da troca de tiros. Informações preliminares dão conta de que os bandidos teriam se apresentado como policiais. Uma testemunha relatou à reportagem que os criminosos estavam trajados de forma “semelhante a policiais”. Eles teriam entrado no aeroporto por um outro hangar. O grupo estava em dois veículos e fortemente armados. A Polícia Militar procura pelos criminosos e monitora as rodovias federais. Há a suspeita de que os bandidos tenham se deslocado no sentido da BR-470. Polícia Civil suspeita que os bandidos portavam fuzis AK-47 — rifle automático produzido na Rússia. Ao menos oito bandidos participaram do crime, quatro em cada carro que acessou o Quero-Quero. Equipes das polícias Civil e Militar estão em operação à procura dos criminosos. Informações podem ser repassadas ao telefone 190.

­

A imagem pode conter: 1 pessoa