WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: 5/mar/2019 . 22:46

Veja as principais manchetes dos jornais desta quarta-feira (06)

A Tarde
Mais de 11 mil bebidas são apreendidas no Carnaval

:: LEIA MAIS »

Luto em Poções: Desaparecido, jovem Vinícius Brito é encontrado morto em Boa Nova

Horas após a Polícia ser notificada pelo desaparecimento do jovem Vinícius Brito, de 20 anos, o mesmo foi encontrado morto, vítima de afogamento. Vini, como assim era conhecido pelos amigos, saiu em uma excursão para as cachoeiras do Valentim, distrito de Boa Nova/BA. Por volta das 11h desta segunda-feira (4), os amigos que estavam em uma das cachoeiras resolveram se deslocar para outro local, foi quando notaram a falta de Vinicius. Todos foram procurar, a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Jequié foram acionados e começou então as buscas pelo rapaz.

Houve uma grande divulgação nas redes sócias em busca do Jovem, porém, na manhã desta terça (05), ele foi encontrado 5 km depois de Valentim já sem os sinais vitais. Uma equipe da Polícia Militar, DPT e Polícia Civil se deslocaram até o local para fazer o levantamento cadavérico do corpo. Vinicius Brito, era morador de Poções, na Rua Pedro Alves Cabral, bairro do Tigre, onde residia com a família. Segundo o Portal Panorama Geral, o corpo da vítima foi encaminhado para IML de Jequié e posteriormente para Poções. Ainda não há informações sobre o local do velório e sepultamento. É a segunda morte trágica de um jovem pocoense em menos de 24 horas. Também na segunda (4), outro jovem morreu afogado na região de Ilhéus.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Notícia boa: Carnaval Cultural tem zero de ocorrência policial em Vitória da Conquista

O Carnaval Cultural de Vitória da Conquista, realizado pela primeira vez no estacionamento do Bolevuard Shopping, não registrou nenhuma ocorrência policial durante os três dias de festa. A Polícia Militar aprovou o novo formato do evento.Segundo o Major Leite, a boa segurança do evento foi resultado de um trabalho sério e bem planejado. ” A juventude estava aqui, as famílias estavam aqui. O evento está aprovado pela Polícia Militar”, disse.O Major explicou que o estacionamento do Shopping, por ser um espaço amplo e com entrada e saída segura, facilita o policiamento. “O formato está aprovado. Vamos fazer um relatório apontando o que precisa ser ajustado para que no ano que vem fique melhor ainda”, disse. Fonte: Blog do Sena

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Horror: Briga entre vizinhos por sinal de wi-fi termina em morte

Um funcionário público de 47 anos morreu esfaqueado durante uma briga com o vizinho por causa do sinal de internet, na noite deste domingo (3), em Ourinhos (SP). De acordo com a polícia, a vítima Alexandre Vita compartilhava o sinal de wi-fi com o vizinho, Evandro Leonardo de Paula, de 31 anos, mas teria desligado. Evandro teria ficado nervoso, foi até a casa do funcionário público e o esfaqueou. Alexandre não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Uma equipe foi acionada e o suspeito foi preso em flagrante na casa dele, onde também foi encontrada a chave da casa da vítima. Ainda de acordo com a polícia, o vizinho confessou o crime à polícia e ainda contou que limpou o chão e lavou as roupas que ficaram sujas de sangue. Ele foi autuado por homicídio qualificado e ficou à disposição da Justiça. O corpo de Alexandre Vita foi enterrado nesta segunda-feira (4) no cemitério da Saudade, em Ourinhos. Ele deixou a namorada e dois filhos. Informações do G1

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Tragédia em Olivença: Identificado motoqueiro morto após ser atingido por ônibus da Rota

O pastor Leandro Daneu, mais conhecido como Léo, morador do Condomínio Sol e Mar, morreu em um trágico acidente por volta das 6h da manhã desta terça-feira (5), em Olivença, no trecho da rodovia Ilhéus/Canavieiras, próximo à praia de Biritiba. A vítima que atuava no ramo de refrigeração estava a caminho do trabalho, quando foi violentamente colhido por um ônibus da empresa Rota Transportes, nas proximidades da Cabana de Neguinho, no Cai N’Água.

O corpo da vítima foi parar no pneu do ônibus. Leandro trabalhava no Hotel Canabrava. Peritos do DPT de Ilhéus realizaram levantamento cadavérico e removeram o corpo para necrópsia. A ocorrência foi registrada por agentes da PRE.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Raio atinge pizzaria no distrito de Humildes, em Feira de Santana

Uma pizzaria foi atingida por um raio no distrito de Humildes em Feira de Santana, na tarde de segunda-feira (5). A descarga elétrica destruiu parte da estrutura do estabelecimento, principalmente o telhado. Não havia ninguém no local. O proprietário da pizzaria Carlos Agripino de Jesus disse ao Acorda Cidade que estava na praia quando recebeu o vídeo de um amigo comunicando o fato.

“Eu estava viajando e ligaram param. No momento em que eu estava em Cabuçu vi o vídeo e imediatamente retornei e chegando aqui o pessoal me informou que um raio caiu. Aqui também é minha residência e derrubou toda a estrutura da frente da casa. Uma moto que estava embaixo ficou um pouco danificada, mas graças a Deus não aconteceu mais nada, já estou recuperando a frente da minha residência. As crianças do colégio vem lanchar aqui na minha pizzaria e graças a Deus não tinha ninguém”, relatou.

A parte destruída pelo raio foi justamente onde Carlos coloca as mesas. Ele disse que o prejuízo está em torno de seis mil reais e que a pizzaria funciona há 12 anos.

Na oportunidade, Carlos reclamou de uma árvore que segundo ele está prestes a cair. “Aqui tem muitas árvores altas, que podem ter atraído o raio, e já mandei várias solicitações para a prefeitura e para os vereadores locais para retirar essa árvore que está com o pé podre e pode cair a qualquer momento sobre a fiação. Um fiscal já veio aqui, já olhou, mas até agora nada foi feito. É preciso que eles tomem providências sobre isso”, destacou.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

PFC-Cajazeiras deixa Salvador e adota Cachoeira como casa para a Série B do Baiano

Antes do início da Série B do Campeonato Baiano, um dos seis participantes mudou de casa. O PFC-Cajazeiras optou por deixar Salvador.

O clube, que mandava seus jogos em Pituaçu, adotou como nova casa a cidade de Cachoeira. Para tentar conquistar o acesso, o Cajazeiras terá seu mando de campo no Estádio 25 de Junho.

A estreia na nova casa será no dia 17 de março, contra o Canaã, às 15h. Antes, no próximo domingo (10), o clube larga na competição fora de casa, contra a Unirb, às 17h, no Antônio Carneiro, em Alagoinhas.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Horror: Quatro pessoas da mesma família morrem em colisão de carro com carreta na BR-158

Quatro pessoas da mesma família morreram em um acidente na BR-158, na tarde deste domingo (3), entre os municípios de Paranaíba e Cassilândia, região leste do estado. Um homem de 47 anos, duas irmãs e um jovem de 18 anos vinham de Iturama (MG). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o carro teria batido de frente com um caminhão. Três, dos quatro ocupantes, morreram no local. A quarta vítima ficou presa às ferragens, foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa de Paranaíba.

Segundo os bombeiros, as vítimas foram identificadas como Genásio Nunes de Oliveira, 47 anos, Lauriane Nunes de Oliveira, 40 anos, Lucilene Nunes de Oliveira, 44 anos, e João Vitor Nunes dos Santos, 18 anos. O motorista do caminhão ficou preso às ferragens e sofreu algumas escoriações. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo de passeio teria invadido a pista contrária e bateu de frente com a carreta, que após a colisão, saiu da pista e caiu em um barranco.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Distribuição de autoteste de HIV é suspensa devido a falhas nos resultados

O Ministério da Saúde suspendeu temporariamente a distribuição de kits de autoteste de HIV no SUS devido à imprecisão de diagnóstico detectada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em dois lotes do produto – cada lote tem 4 mil testes, em média.

Por meio de nota, a Anvisa informou que prosseguirá com a investigação de amostras representativas de outros lotes dos kit de autoteste.

O teste funciona nos moldes de um teste de gravidez, mas, em vez de urina, o dispositivo deve ser colocado em contato com uma pequena quantidade de sangue. O resultado positivo ou negativo é manifestado por meio do surgimento de uma ou mais linhas de controle.

A maioria dos testes dos lotes com defeito havia ausência de linhas, o que impedia a interpretação dos resultados.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Registro de agrotóxicos no Brasil cresce e atinge maior marca em 2018

Em meio à pressão por mudança nas regras do setor, o total de agrotóxicos liberados para venda no mercado ou para uso industrial têm crescido nos últimos anos.

Só em 2018 foram aprovados 450 registros desse tipo de produto, o maior número em ao menos 13 anos, de acordo com dados do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Para comparação, em 2005, foram 91 registros, e em 2015, 139.

O avanço, que ganhou impulso nos últimos dois anos, no governo Michel Temer (MDB), tem chamado a atenção de especialistas, que veem a possibilidade de novo aumento na gestão Jair Bolsonaro (PSL).

Isso porque representantes do novo governo têm se posicionado de forma mais favorável às demandas do agronegócio e intensificado críticas a algumas políticas ambientais.

Nos dois primeiros meses deste ano, o governo aprovou o registro de 74 produtos ligados a agrotóxicos, pouco mais de um ao dia. Destes, 58 já tiveram o aval formalizado no Diário Oficial da União.

Hoje, a análise para liberação de agrotóxicos é dividida entre três órgãos: Agricultura, que avalia a eficácia dos produtos; Anvisa, que avalia a toxicidade; e Ibama, que analisa riscos ao ambiente.

Questionado, o Mapa diz que o aumento nos registros se deve a uma maior agilidade da Anvisa nas análises toxicológicas e que as recentes liberações não envolvem novos ingredientes ativos, mas produtos conhecidos do consumidor.

O ministério informa ainda que o aumento nos registros não indica um maior uso, mas novas opções para diferentes culturas.

Em nota, a Anvisa afirma que uma reorganização de processos de trabalho permitiu maior rapidez nas análises, mas que o volume de pedidos acumulados ainda inviabiliza que o prazo previsto em lei para registro, de até 120 dias, seja cumprido.

Já o Ibama atribui o recorde a pressões judiciais e a maior demanda das empresas por registro nos últimos anos. Só neste ano, em um mês, ao menos 31 novos pedidos foram incluídos na fila.

Comemorado por ruralistas, o aumento na liberação de produtos para venda no mercado preocupa movimentos que defendem maior rigor aos agrotóxicos.

Em 2018, o recorde no aval aos produtos ocorreu ao mesmo tempo em que um projeto que flexibiliza as regras de registro avançou no Congresso.

O texto, aprovado em comissão especial, tem sido alvo de críticas da Anvisa e do Ibama por retirar atribuições que hoje competem aos dois órgãos.

A comissão era presidida pela deputada federal Tereza Cristina (DEM), hoje ministra da Agricultura.
Em audiência no Senado na semana passada, ela voltou a defender mudanças na lei e rebateu críticas sobre o aumento na liberação dos produtos.

“Eles [pedidos] estavam estagnados, e agora a Anvisa resolveu trabalhar esse assunto, liberando aí várias moléculas nos últimos dois meses que estavam paradas em uma fila”, afirmou.

“Era a grande reclamação: dez anos para se liberar uma molécula”, disse Cristina.

O consultor da CNA (Confederação de Agricultura e Pecuária) Reginaldo Minaré diz que a pressão por mudanças na lei pode ter colaborado para o aumento nos registros. Para ele, no entanto, o processo ainda é lento.

Estimativas do Mapa apontam prazos de espera que variam de oito meses, para produtos biológicos, até cinco anos, para novas marcas de produtos já existentes no mercado, e dez anos, para novos ingredientes ativos.

“Há mais de uma década o setor vem enfrentando dificuldades no sistema de registro dos defensivos [agrotóxicos]. Sempre o volume é aquém do que seria interessante para melhorar a concorrência”, diz o consultor.

O problema é que o aumento na aprovação de agrotóxicos não vem acompanhado de ações de controle, afirma o agrônomo Luiz Cláudio Meirelles, pesquisador da Fiocruz e ex-coordenador de avaliação toxicológica da Anvisa.

“Temos uma imensa carência no país de dados de monitoramento do impacto dos agrotóxicos, principalmente na saúde do trabalhador”, diz.

Dos 58 produtos aprovados neste ano e que já tiveram dados divulgados no Diário Oficial da União, 21 são considerados extremamente tóxicos; 11, altamente; 19, mediamente; e 7, pouco tóxicos.

Já em relação ao perigo ao ambiente, um aparece como altamente perigoso, 31 como muito perigosos, 24 como perigosos e apenas dois como pouco. Os dados dos outros 16 produtos aprovados ainda não foram informados.

“Já existe uma recomendação pela ONU [Organização das Nações Unidas] a nível internacional para que agrotóxicos altamente perigosos sejam retirados do mercado”, diz Meirelles.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia