“Pior dia da minha vida”. Com essas palavras e uma foto em preto e branco, a jornalista Veruska Seibel lamentou a morte do marido, o âncora Ricardo Boechat, que estava em um helicóptero que caiu nesta segunda-feira (11) no Rodoanel, em São Paulo, ao voltar de um evento em Campinas. Os dois se casaram em 2005 e tiveram juntos duas filhas, Valentina, 12, e Catarina, 10. O jornalista tinha ainda quatro filhos do primeiro casamento. Muito abalada, Veruska falou com a TV Globo e contou que Boechat tinha planos de almoçar com ela hoje.

“Ele queria almoçar em casa”, contou. O helicóptero deveria pousar no heliponto da própria Band às 12h15, no horário de Brasília. Ainda hoje, o apresentador participaria do “Jornal da Band”. A Band esperou mais de uma hora após ter a confirmação da morte de Boechat para noticiar que seu principal âncora estava no acidente fatal em seus canais. O motivo foi por respeito a Veruska, também jornalista do grupo, que ainda não sabia da morte. A notícia do acidente com dois mortos no Rodoanel, em São Paulo, foi dada pela rádio Band News, antes da confirmação de que Boechat estava envolvido.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceb

View this post on Instagram

Pior dia da minha vida.?

A post shared by Veruska Seibel Boechat (@doceveruska) on 

Fernando Mitre, diretor de Jornalismo da Band, foi quem contou a Veruska sobre a morte de Boechat. Pouco antes do acidente, ela tinha usado o Instagram para postar uma foto da rapper Cardi B, celebrando o fato dela ser a primeira mulher a ganhar o Grammy por Melhor Álbum de Rap. O acidente aconteceu por volta de meio-dia e desde então circulava nas redes sociais a informação de que Boechat estaria na aeronave. O presidente do gurpo Bandeirantes, Johnny Saad, determinou que a notícia só poderia ser dada após a família do âncora ser informada.

Resultado de imagem para veruska boechat