Policiais da Delegacia de Homicídio de Feira de Santana iniciaram os trabalhos de identificação da vítima do homicídio registrado na noite de ontem (10), no bairro Lagoa Salgada. A vítima foi encontrada carbonizada no banco traseiro de um veículo Gol, que também foi incendiado. Segundo a polícia, familiares, que moram em Feira, informaram que ele residia em Salvador no bairro São Cristóvão e que o nome dele é Wellington Andrade Rodrigues Junior, de 24 anos.Assista a reportagem:

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceboo

Próximo ao carro foi encontrada uma placa queimada com com tarja de Salvador e letras e números (HIT-5013) de uma motocicleta CG/Titan 150 preta com licença de Bom Jesus da Penha (MG), que provavelmente se soltou do veículo durante o incêndio. A polícia disse ao Acorda Cidade que a vítima estava com Igor Rodrigues da Silva, que foi espancado e está internado no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Igor, que também reside em Salvador, no bairro Itinga, conversou com policiais e informou que ele e Wellington vieram para Feira de Santana na noite de ontem trazer uma mulher.

Ele contou que estavam retornando para a capital e pararam em um posto de gasolina para abastecer o carro. Depois teriam ligado para um homem chamado ‘Júnior Cabeça’ dizendo que não tinham dinheiro para pagar o pedágio. Então eles retornaram para Feira e seguiram para a casa de Junior. Lá, Wellington foi baleado enquanto Igor foi espancado e desmaiou. O carro foi levado para o bairro Lagoa Salgada, onde foi incendiado. Segundo o site Acorda Cidade, com dados da Polícia, Wellington foi preso em fevereiro de 2017 por tráfico de drogas em Feira. A polícia está investigando para saber o que motivou o assassinato.
Como o corpo foi carbonizado, os restos mortais só serão liberados após exame de DNA, mesmo a família da vítima e Igor ter confirmando que se trata de Wellington. Com imagens do Berimbau e Boca de Zeronove.