WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: 11/jan/2019 . 10:40

Sucuri de 3,5 m de comprimento é resgatada em praça de Salvador

Duas cobras foram resgatadas em Salvador, na manhã de ontem (10). Os animais, uma jiboia e uma sucuri, foram encontrados nos bairros de Trobogy e Stella Maris, respectivamente. Agentes da Guarda Civil Municipal foram acionados por populares e fizeram a captura dos répteis.

A primeira cobra resgatada foi a jiboia, com pouco mais de um metro de comprimento, em uma rua do bairro do Trobogy. Em seguida, os agentes capturaram a sucuri, que tinha 3,5 metros e estava na Praça Central de Stella Maris.

As cobras foram encaminhadas para o Núcleo Regional de Ofiologia e Animais Peçonhentos da UFBA. A Guarda Civil recomenda que, caso o cidadão encontre um animal silvestre, ele não deve tocá-lo, e sim acionar o órgão através do número 3202-5312.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceboo

Bahia se torna líder em setor de energia eólica do país ainda neste semestre

A Bahia vai assumir a liderança na geração de energia eólica em todo o país ainda no no primeiro semestre deste ano. Atualmente, o primeiro lugar no ranking é ocupado pelo Rio Grande do Norte.

De acordo com dados da Agência Nacional de Energia Elétrica publicado nesta semana, a Bahia possui 138 parques eólicos em funcionamento e tem capacidade total para gerar 3.547 MW de potência.

Já o líder atual conta com 146 parques (3.910 MW) e, até junho, deve receber mais oito (180 MW). Por sua vez, a Bahia tem 56 parques eólicos em construção (942 MW), sendo que 30 vão ficar prontos antes de julho deste ano.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceboo

Santos insiste na contratação de Ramires e deve fazer proposta de R$ 21 milhões mais dois atletas

A maior revelação do Bahia em 2018 segue sendo o principal alvo do Santos para a atual temporada. De acordo com o site UOL, o Peixe pretende aumentar ainda mais a proposta para ter o jovem, já que a primeira de R$ 12,8 milhões foi recusada.

Desta vez o time alvinegro pretende oferecer R$ 21,3 milhões e ainda disponibilizar dois jogadores do elenco santista. Ainda de acordo com o site, Jean Mota, Alison, Daniel Guedes e Vladimir foram colocados na lista para o Bahia.

Para a diretoria do Santos, Ramires é a maior prioridade de reforço da equipe nesse início de ano, estando à frente de jogadores como Pablo Pérez, do Boca Juniors-ARG.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceboo

Tamanho exagerado de porções em restaurantes contribui para obesidade

tamanho das porções de comida servidas em restaurantes populares contribui para o aumento da obesidade. A conclusão é de um estudo que pesou e mediu o valor calórico de uma refeição completa, em cinco países: Brasil, China, Finlândia, Gana e Índia. Excetuando a refeição chinesa, o volume calórico por prato feito (PF), como se diz no Brasil, chega a ser, em média, 33% maior do que a de um lanche de fast food (comida rápida).

O consumo das porções servidas em restaurante populares fornece entre 70% e 120% das necessidades calóricas diárias para uma mulher sedentária, cerca de 2 mil quilocalorias (kcal).

“Os profissionais da área da saúde que lidam com pessoas obesas estão muito preocupados em orientar a população para não comer fast food, mas, na hora que vai ver a refeição completa, ela também está exagerada”, afirma a pesquisadora brasileira Vivian Suen, do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP).

O trabalho, coordenado pela Tufts University e com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), foi publicado no British Medical Journal.

Na média, os fast foods ofereciam refeições com 809 calorias, enquanto as servidas à la carte (que constam do cardápio), 1.317 kcal. A pesquisadora alerta que o resultado não indica que o fast food é uma refeição mais saudável, pois não foi analisado cada nutriente, mas chama a atenção para o PF, que poderia ser uma refeição equilibrada e que, na verdade, está contribuindo para o ganho de peso.

Além da quantidade de comida oferecida pelos restaurantes em uma única refeição, também foram percebidos preparos que fazem aumentar o ganho calórico. Vivian cita como exemplo o arroz, que comumente está brilhante, indicando cozimento com excesso de óleo.

“O estudo não focou na qualidade, mas podemos dizer que tanto no aspecto quantitativo quanto no qualitativo, essa alimentação não é saudável. Precisa prestar atenção nesse prato feito, que é uma refeição completa, mas que não está sendo saudável”, alertou. Os dados mostram que 94% os pratos à la carte e 72% dos servidos em fast foods continham mais de 600 kcal, mais que o consumo energético por refeição recomendado pelo Sistema de Saúde Pública da Inglaterra (NHS).

O estudo mediu as calorias de 223 amostras de pratos populares e de 111 refeições escolhidas aleatoriamente à la carte e de fast foods de restaurantes de Ribeirão Perto (Brasil), Pequim (China), Kuopio (Finlândia), Acra (Gana) e Bangalore (Índia). Eram considerados restaurantes que ficam a um raio 25 qiuilômetros de cada centros de pesquisa.

Conforme as medições, o tradicional PF brasileiro, com arroz, feijão, frango, mandioca, salada e pão, tem 841 gramas e 1.656 kcal. O clássico ganês fufu, com carne de bode e sopa, tem 1.105 gramas e 1.151 kcal. O típico prato indiano biryani de carneiro tem 1.012 gramas e 1.463 kcal.

Organismo resiste
A obesidade é considerada uma epidemia global pela OMS. Estima-se que 1,9 bilhão de adultos tenham sobrepeso, dos quais 600 milhões estão obesos. “Diabetes, colesterol aumentado, aumento do triglicerídeos, pressão alta, tudo isso que a gente sabe que acompanha a obesidade quando ela se torna uma doença crônica”, destaca Vivian.

A pesquisadora explica que as porções exageradas têm efeito no chamado mecanismo compensatório. “São pessoas que não conseguem compensar numa refeição seguinte o que ela comeu antes. O organismo do obeso desenvolve defesas contra perda de peso.” Segundo Vivian, a pessoa obesa perderia a percepção para regular a quantidade de comida necessária para a refeição subsequente.

Outro problema é que o organismo de pessoas obesas cria resistência à perda de peso. De acordo com a pesquisadora, que há casos descritos na literatura médica em que, à medida que se reduz a ingestão calórica, a pessoa em tratamento começa a gastar menos calorias. “Parece que o organismo, a partir de certo peso, tenta manter o peso que tinha antes. Ninguém sabe explicar ainda como é que isso realmente funciona.”

Vivian diz que o melhor é prevenir o ganho de peso. “Se você vai a um desses restaurantes em que a porção é excessiva, divida. Não coma tudo. E tente, dentro daquilo que existe disponível, escolher as opções mais saudáveis. Depois que a pessoa ganha peso é muito difícil perder”, recomenda a pesquisadora, que aconselha ainda mudanças no ato de comer, como mastigar devagar e dar mordidas menores na comida.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceboo

Cursinho da Ufba abre 160 vagas para alunos da rede pública de ensino

O Pré-Vestibular Social da Universidade Federal da Bahia (Ufba) abriu inscrições para alunos da rede pública de ensino que queiram participar dos cursos extensivos deste ano focados no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Estão sendo ofertadas 110 vagas com ingresso imediato e outras 50 para cadastro reserva. A aplicação deve ser feita até a próxima terça-feira (15) no site da Sympla. Apesar da gratuidade do curso, existe uma taxa de inscrição no valor de R$ 12.

Após a aplicação, é preciso comparecer ao Instituto de Letras da Ufba, em Ondina, nos dias 14 e 15 deste mês, das 8h às 18h, para entregar os documentos necessários e passar por entrevista presencial. O resultado final será divulgado no dia 11 de fevereiro pelo site.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceboo

Ceará transfere mais 15 presos para Penitenciária Federal em Mossoró

Mais 15 presos do sistema penal do Ceará foram transferidos na madrugada de hoje (11) para o Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

A operação, concluída às 6h30 da manhã, contou com a participação de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e de equipes do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e do governo do estado.

De acordo com o Ministério da Justiça, foram removidos até o momento 35 detentos. Na quarta-feira (9), 20 haviam sido levados para Mossoró. De lá, eles poderão ser distribuídos para outros presídios federais localizados em outros estados.

Novos ataques
A noite de ontem em Fortaleza foi de novos ataques. Uma bomba explodiu no viaduto da Rua Dr. Joaquim Bento, no trecho que passa pela Avenida Washington Soares, na região de Messejana.

Policiais militares e uma equipe do Corpo de Bombeiros estiveram no local. Eles verificaram que havia mais um artefato explosivo e isolaram o local até a chegada do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate).

Quase ao mesmo tempo, no viaduto localizado no Conjunto Esperança, a polícia encontrou explosivos que não chegaram a ser detonados.

Na atualização divulgada ontem (10), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social contabiliza 287 suspeitos presos ou apreendidos em razão da onda de ataques no estado.

Os ataques, promovidos por facções criminosas, tiveram início na semana passada e deixaram em alerta todo o estado.

Prédios públicos, viadutos, estradas, ônibus e locais com veículos foram incendiados ou atingidos de alguma forma por grupos criminosos.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará disponibilizou o número 181, o Disque Denúncia do órgão, e um número de WhatsApp (98969-0182) para receber denúncias de atos criminosas ou atitudes suspeitas.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceboo

Bizarro: Homem morre após segurar peidos na casa da namorada

Jorge M. foi visitar sua namorada ao meio-dia, almoçou com ela e sua mãe. Infelizmente para ele, a comida foi pesada demais do que estava habituado a comer. Pouco depois seu corpo começou a pedir-lhe para lançar gás, mas Jorge não queria passar uma vergonha, para que ele suportou.

Cerca de oito horas da noite, Jorge caiu no chão segurando o estômago. Sua namorada chamou a ambulância e levou-o para o hospital. Infelizmente, eles não podiam fazer nada por ele e morreu uma hora depois.

A razão? Segundo o Dr. Jesus Cazares, que recebeu Jorge na sala de emergência, o jovem tinha divertículos no intestino grosso, que são causados por retenção de gases por longos períodos de tempo, este por sua vez, causou uma peritonite, e, posteriormente, a morte.

:: LEIA MAIS »

blog do marcelo




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia