A Justiça da Suíça autorizou, na manhã de hoje (10) o envio de informações bancárias ao Brasil para auxiliar na investigação que apura supostos repasses, por meio de instituições financeiras, para campanhas do PSDB e do senador José Serra.

De acordo com o Estadão, consta nos documentos que nos anos de 2006, 2007 e 2009, foram identificadas movimentações de R$ 10,8 milhões, por meio da instituição Corner Bank, da cidade de Lugano.

A decisão da Justiça foi tomada após os suíços rejeitarem um recurso que pedia que não houvesse mais cooperação entre as procuradorias dos dois países. A ação tinha o intuito de impedir que dados bancários anteriores a 2010 chegassem às mãos da Justiça brasileira.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Faceboo