Na primeira semana de governo, a primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, emplacou nomes na Esplanada como Priscila Gaspar na Secretaria Nacional da Pessoa com Deficiência, subordinada ao Ministério dos Direitos Humanos.

Segundo informações do jornal O Globo, Priscila é surda e ativista da causa. Ela foi escolhida pela primeira-dama como tradutora da língua de libras na campanha do capitão reformado. Além dela, outros surdos do mesmo ciclo foram indicados por Michelle e ocuparão postos no Ministério da Educação.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook