Das 8.517 vagas deixadas por cubanos no programa Mais Médicos, 44% foram efetivamente preenchidas por médicos brasileiros, que se inscreveram e se apresentaram para trabalhar, segundo levantamento do Ministério da Saúde desta quinta-feira (6/12).

Os médicos têm até 14 de dezembro para assumir os postos de trabalho em 2.824 cidades e 34 distritos indígenas em todo Brasil.

Segundo a pasta, ainda restam 123 vagas disponíveis no programa Mais Médicos — postos de trabalho para os quais nenhum médico manifestou interesse no cadastro online. Ainda não foi divulgado onde estão esses postos ociosos. As inscrições online terminam na próxima sexta-feira (7).

Na última terça-feira (4), 200 médicos inscritos no programa federal acabaram desistindo de trabalhar e entregaram as vagas, que foram reabertas.

Os profissionais receberão uma bolsa de R$ 11,8 mil e, em alguns municípios, oferece-se auxílio moradia. O edital do governo oferece 8.517 postos em 2.824 cidades e 34 distritos indígenas em todo Brasil.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook