Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 54%; Haddad, 46%, enquanto o Datafolha apresentou votos válidos: Bolsonaro, 55%; Haddad, 45%.

Em suas últimas pesquisas do 2º turno, lançadas simultaneamente, o Ibope e o Datafolha apresentaram números parecidos nas intenções de voto para o cargo de presidente da República, entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Segundo o Ibope, Jair Bolsonaro (PSL) venceria se eleição fosse hoje. Mas a distância dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu. Vamos ver agora a pesquisa com os votos válidos, que excluem os brancos, nulos e o percentual de eleitores indecisos. Um candidato é eleito no segundo turno se conseguir cinquenta por cento dos votos válidos mais um voto.

Pesquisa Ibope - 27-10 - Votos válidos no segundo turno da eleição presidencial â?? Foto: Arte/G1

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de noventa e cinco por cento, com margem de erro de dois pontos – para mais ou para menos. Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 54%; Fernando Haddad (PT): 46% Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 57% e Haddad, 43% dos votos válidos. Nos votos totais, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 47%; Fernando Haddad (PT): 41%; Em branco/nulo: 10%; Não sabe: 2%. Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 50% e Haddad, 37%.

Datafolha

O levantamento do Datafolha foi realizado na sexta-feira (26) e no sábado (27) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos. O instituto afirma que, um dia antes da eleição, Jair Bolsonaro (PSL), mantém o favoritismo, mas a diferença dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu de 18 para 10 pontos percentuais, em nove dias, nos votos válidos.

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95%, com margem de erro de dois pontos, para mais ou para menos. Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 55%; Fernando Haddad (PT): 45%. No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 56% e Haddad, 44%. Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. Nos votos totais, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 47%; Fernando Haddad (PT): 39%; Em branco/nulo/nenhum: 8%. Não sabe: 5%. No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 48%, Haddad tinha 38%, os brancos e nulos somavam 8% e os eleitores que não sabiam eram 6%

.