Situação ocorreu no RJ. Procurada, jovem de 24 anos revelou que motivo do desabafo foi a mágoa, não pelo ex-noivo, mas pela traição de sua melhor amiga.

Uma estudante de Direito, de 24 anos, viralizou nas redes sociais após uma atitude inesperada durante uma cerimônia de formatura organizada pelos próprios alunos do curso da Universidade Estácio de Sá, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Com o fim de um relacionamento de cinco anos e com a suspeita de ter sido traída por uma amiga, a formanda fez um “adendo” ao juramento e mandou um recado para o ex-noivo e para a amiga: “E juro não pegar o noivo da coleguinha”. O ex-noivo nega a traição e diz que o caso foi uma retaliação. Ele diz que a ex-noiva estaria “inconformada com o término do relacionamento”. Assista:

A atitude da estudante causou surpresa nos alunos e familiares e foi aplaudida por quem estava no local. Em um postagem, ela publicou o vídeo e uma mensagem para o ex-noivo e para a amiga. A publicação já foi curtida por 24 mil pessoas e compartilhada por 4 mil. “Minha “amiga” estava se formando junto comigo e meu “ex noivo” não é da faculdade, por isso achei essa forma de expor a situação. Ela não aparece na filmagem, pois estava mais atrás. Desejo que eles sejam muito felizes”, escreveu. A estudante contou que já conhecia o namorado antes de começar o curso de Direito e de conhecer a “amiga”. Ela diz que há cerca de um ano saiu com o noivo, a amiga — suspeita da traição —, e um outro amigo para um encontro. Ela diz que não tomou a atitude por causa do ex-noivo.

— Não fiz isso por causa de homem, porque terminamos. Fiz por causa dela. Éramos amigas e me senti traída por ela — contou a estudante. Segundo a formanda, em novembro de 2017, o noivo decidiu terminar o relacionamento de cinco anos. Dois meses depois, em janeiro, a estudante conta que o ex-noivo anunciou que estava namorando a amiga dela. O ex-noivo da estudante contesta a versão da ex e diz que “terminou o relacionamento em novembro de 2017, ressaltou que não houve traição e que somente iniciou o seu novo relacionamento em março de 2018, sendo assim os fatos alegados pela ex-noiva não condizem com a verdade”. Ele diz que a atitude da formanda foi uma retaliação por ele ter ido à formatura com a atual namorada e também formanda. Segundo ele, a situação não foi surpresa uma vez que o casal já vinha recebendo inúmeras retaliações da ex-noiva, que ficou inconformada com o término do relacionamento”.

— Não existindo motivo para tamanha vingança. Uma vez que desrespeitou os formandos, a banca de professores e todos os familiares presentes — disse. Segundo ele, a família da ex-noiva tentou agredir o casal durante a festa a família da formanda. Ele afirma também que vem sofrendo inúmeras mensagens com criticas em sua rede social e ressalta que deseja “apenas seguir sua vida normalmente, uma vez que tem o pleno direito de escolher com quem deseja se relacionar”. Em nota, a Universidade Estácio de Sá esclarece que a “cerimônia que não estava sob a responsabilidade da Estácio, contratada de forma independente pelos formandos”. Segundo a instituição, o curso de Direito do campus Nova Iguaçu teve a sua colação oficial no dia 24 de março deste ano, às 15h . De toda forma, nossa instituição não incentiva manifestações que saiam do roteiro de uma cerimônia de formatura, momento tão especial para alunos, familiares e docentes”, disse em nota.