Segundo a Polícia Civil, tanto ela quanto o marido tinham sinais de embriaguez. Vítima empurrava carrinho de verduras quando foi atingida pelo automóvel da médica.

Uma médica dermatologista foi detida na noite desse sábado (14) suspeita de ter atropelado e matado um pedestre, na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá. De acordo com as polícias Militar e Civil, Letícia Bortolini, de 37 anos, estava com o marido em um carro, modelo SUV, quando atropelou Francisco Lúcio Maia, de 48 anos. A reportagem não conseguiu localizar o advogado da médica. A Polícia Civil não divulgou se ela confessou ou negou o atropelamento.

Francisco empurrava um carrinho de verdura para o canteiro da avenida quando foi atingido pelo automóvel. Letícia e o marido não prestaram socorro e fugiram do local. Ela foi detida momentos depois em um condomínio. Segundo a polícia, o acidente ocorreu na frente de um banco, no Bairro Cidade Verde. Letícia era a motorista do veículo, um Jeep Compass. Ainda conforme a polícia, eles fugiram do local ao atropelarem Francisco, que terminava de atravessar a avenida e tentava subir com o carrinho no canteiro.

Uma testemunha viu a cena e seguiu o carro da médica, que entrou em um condomínio no Bairro Jardim Itália, em Cuiabá. A Polícia Civil informou que apenas Letícia foi localizada. O carro também foi apreendido. Ela foi autuada por omissão de socorro, homicídio culposo na direção de veículo e por conduzir o veículo sob efeito de álcool. A médica é proprietária de uma clínica particular, no Bairro Bosque da Saúde, e atua como dermatologista. Sem direito à fiança, Letícia será encaminhada para audiência de custódia no Fórum de Cuiabá.Blog do Marcelo.