Foto: Guilherme Reis

O secretário da Saúde de Salvador, José Antônio Rodrigues, informou a imprensa durante a coletiva de balanço do Carnaval de Salvador neste quinto dia, terça-feira (13), que informes chegados por médicos que prestaram atendimento ao jovem Kaique Abreu, agredido na última sexta-feira (9) no bairro da Graça, davam conta da morte cerebral do rapaz.

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

De acordo com o titular da pasta, o único informe oficial da SMS foi o de identificação e encaminhamento do jovem ao Hospital Português, unidade mais próxima da rua Manoel Barreto, local onde aconteceu a agressão.

“Ele tinha plano de Saúde e foi encaminhado para o hospital mais próximo que era o Hospital Português, foi atendido lá e informes de médicos nos informaram que ele deu entrada já com morte cerebral, mas nada como o boletim oficial.O nosso boletim oficial é de que identificamos a vítima, a causa, temos a gravação da pessoa pedindo apoio, ele aparentemente desenvolvendo um quadro de parada cariorespiratória, mas foi atendido pelo SAMU, entregue no Hospital Português e cabe ao hospital estabelecer a situação do paciente”, explicou.

Apesar da veiculação da notícia da morte cerebral, familiares ouvidos pelo BNews não confirmam o ocorrido. Com Informações do Site Bocão News